Andre Drummond

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Andre Drummond
Andre Drummond vs Wizards 2014.jpg
Informações pessoais
Nome completo Andre Jamal Drummond
Data de nasc. 10 de agosto de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Nova Iorque, Estados Unidos Estados Unidos
Altura 6 ft 10 in (2.08 m)
Peso 279 lb (127 kg)
Apelido Big Penguin
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Detroit Pistons
Número 0
Posição Pivô
Clubes de juventude
2011–2012 Estados Unidos Connecticut
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2012–Presente Estados Unidos Detroit Pistons 000 553 (7.884)
Seleção nacional
Estados Unidos Estados Unidos
Medalhas
Campeonatos Mundiais
Ouro Espanha 2014 Equipe

Andre Jamal Drummond (Nova Iorque, 10 de agosto de 1993) é um jogador profissional de basquetebol norte-americano que atualmente joga pelo Detroit Pistons da National Basketball Association (NBA).[1]

Ele jogou basquete universitário na Universidade de Connecticut e foi selecionado pelos Pistons como a 9° escolha geral no Draft da NBA de 2012. Sendo selecionado para o All-Star da NBA por duas vezes, ele liderou a liga em rebote por três temporadas e também foi nomeado para a Terceira Equipe All-NBA.

Carreira no ensino médio[editar | editar código-fonte]

Nascido em Mount Vernon, Nova York, filho de pais jamaicanos,[2] Drummond mudou-se para Middletown, Connecticut, aos 7 anos de idade com sua mãe e irmã.

Ele começou o ensino médio na Capital Preparatory Magnet School em Hartford, Connecticut.[3] Durante seu primeiro ano, ele teve uma média de 12,7 pontos, 11,9 rebotes e 6,5 bloqueios por jogo. Ele melhorou durante seu segundo ano na Capital Prep e teve médias de 20,2 pontos, 16,6 rebotes, 7,2 bloqueios e 4,5 roubadas de bola por jogo.

Depois de dois anos na Capital Preparatory Magnet School, ele se transferiu para St. Thomas More. Em St. Thomas More, em Oakdale, Connecticut, Drummond era um dos pivôs mais dominantes do basquete do ensino médio.[4] Ele passou dois anos em St. Thomas More e liderou a equipe até o título do campeonato nacional em 2011. Ele se formou na primavera daquele ano.[5]

Ele foi classificado como o melhor jogador na classe de 2011 pela ESPN e NBADraft.net, enquanto foi classificado como 2° melhor jogador pela Rivals.com e pela Scout.com.[6]

No verão de 2010, Drummond foi membro da Seleção Americana que venceu o Campeonato Mundial Sub-17 de ​​2010.

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Drummond declarou inicialmente que passaria um ano de pós-graduação na Wilbraham & Monson Academy em 2011–12.[7] Duas semanas depois, em 26 de agosto de 2011, ele anunciou via Twitter que pretendia frequentar a Universidade de Connecticut.[8] Segundo a ESPN, a decisão "criou um frenesi da mídia devido à surpresa". Drummond também estava pensando em frequentar Kentucky, Louisville, Georgetown ou West Virginia.[9]

Drummond jogou em 34 jogos como calouro na UConn, sendo titular 30 vezes. Ele teve uma média de 28,4 minutos, durante o qual marcou 10,0 pontos e pegou 7,6 rebotes.[10] Ele liderou a equipe em rebotes, bloqueios (2,7) e porcentagem de arremesso certos (0,538).

Ele marcou mais de 20 pontos em 2 jogos durante a temporada, incluindo um desempenho de 24 pontos contra Holy Cross.

A carreira universitária de Drummond terminou na primeira rodada do Torneio da NCAA quando eles perderam para aUniversidade Estadual de Iowa.

Um mês depois do fim da temporada, Drummond anunciou sua decisão de participar do Draft da NBA de 2012.[11]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Detroit Pistons (2012–Presente)[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos (2012-15)[editar | editar código-fonte]

Drummond marcando Anderson Varejão em 2013

Drummond foi selecionado pelo Detroit Pistons com a nona escolha geral no Draft de 2012.[12] Em sua temporada de estreia, ele obteve uma média de 7,9 pontos, 7,6 rebotes, 1,0 roubadas de bola e 1,6 bloqueios em 20,7 minutos por jogo.[13] Em 14 de maio de 2013, ele foi nomeado para a Segunda-Equipe de Novatos da temporada de 2012-13.

Em 24 de janeiro de 2014, Drummond registrou 20 rebotes e 20 pontos na derrota para o New Orleans Pelicans.[14] Em 3 de março, ele registrou 17 pontos e 26 rebotes em uma vitória sobre o New York Knicks.[15]

Em 11 de março de 2015, Drummond registrou 22 pontos e 25 rebotes em uma derrota para o Golden State Warriors.[16] Este foi o quarto jogo dele com 20 pontos e 20 rebotes nas duas temporadas anteriores, o maior número na NBA naquele período.[17][18]

Primeira seleção All-Star (2015–16)[editar | editar código-fonte]

Drummond registrou duplos-duplos em cada um dos três primeiros jogos dos Pistons na temporada de 2015-16, ajudando a equipe a alcançar um recorde de 3-0 pela primeira vez desde a temporada de 2008-09. Ele se tornou o primeiro jogador dos Pistons a ter três duplos-duplos consecutivos no começo da temporada desde Ben Wallace na temporada de 2004-05. Posteriormente, ele foi nomeado o Jogador da Semana da Conferência Leste pela primeira semana da temporada, tornando-se o primeiro jogador dos Pistons a ganhar o prêmio desde Rodney Stuckey em dezembro de 2009.[19]

Em 3 de novembro, Drummond registrou 25 pontos e 29 rebotes em uma derrota para o Indiana Pacers, tornando-se o primeiro jogador dos Pistons com jogos consecutivos de 20/20 desde 1985.[20][21]

Em 8 de novembro, ele marcou 29 pontos e 27 rebotes em uma vitória sobre o Portland Trail Blazers,[22] juntando-se a Kareem Abdul-Jabbar e Wilt Chamberlain como os únicos jogadores com três jogos de 20/20 nos primeiros seis jogos da temporada. Posteriormente, ele foi nomeado o Jogador da Semana da Conferência Leste pela segunda semana da temporada, tornando-se o primeiro jogador dos Pistons a ganhar o prêmio em semanas consecutivas e o primeiro jogador a ganhar o prêmio nas duas primeiras semanas da temporada desde LeBron James na temporada de 2011-12.[23]

Em 21 de novembro, a série de 11 duplos-duplos consecutivos de Drummond chegou ao fim. Essa foi a sequência mais longa de um jogador dos Pistons desde que Dave DeBusschere registrou 13 duplos-duplos consecutivas na temporada de 1966-67.[24]

Em 18 de dezembro, ele registrou 21 rebotes e 33 pontos em uma vitória de 147-144 sobre o Chicago Bulls.[25] Ele se tornou o primeiro jogador dos Pistons com pelo menos 30 pontos e 20 rebotes em um jogo desde Dennis Rodman na temporada de 1990–91.[26]

Em 28 de janeiro, Drummond ganhou sua primeira seleção para o All-Star Game como reserva da Conferência Leste.[27]

Em 27 de fevereiro, ele gravou o seu 50º duplo-duplo da temporada com 15 pontos e 17 rebotes na vitória por 102-91 sobre o Milwaukee Bucks.[28] Em 2 de março, Drummond registrou nove pontos e 14 rebotes contra o San Antonio Spurs, encerrando sua sequencia de 13 duplos-duplos consecutivas.[29]

Os Pistons terminaram a temporada regular como a oitava melhor campanha na Conferência Leste com um recorde de 44-38, ganhando uma vaga nos playoffs pela primeira vez desde 2009. Eles perderam na primeira rodada para o Cleveland Cavaliers em quatro jogos.

Nessa temporada, ele obteve uma média de 16.2 pontos, 14.8 rebotes, 1.5 roubadas de bola e 1.4 bloqueios em 32.9 minutos por jogo.[30]

Temporada de 2016-17[editar | editar código-fonte]

Em 15 de julho de 2016, Drummond assinou novamente com os Pistons em um contrato de cinco anos e US $ 130 milhões.[31][32]

Em 30 de outubro, ele registrou 20 pontos e 23 rebotes em uma vitória de 98-83 sobre o Milwaukee Bucks, marcando seu 10º jogo na carreira com pelo menos 20 pontos e 20 rebotes.[33]

Com 20 pontos e 17 rebotes no dia 19 de novembro contra o Boston Celtics,[34] Drummond alcançou 4.000 rebotes na carreira. Aos 23 anos e 101 dias, ele se tornou o segundo jogador mais jovem a alcançar o marco, perdendo apenas Dwight Howard (22 anos, 129 dias).

Em 7 de dezembro, ele registrou 26 pontos e 20 rebotes e, uma derrota de 87-77 para o Charlotte Hornets.[35] Em 17 de março de 2017, ele pegou 22 rebotes em uma vitória por 87-75 sobre o Toronto Raptors.[36] Foi a 34ª vez que ele teve 20 rebotes em um jogo, incluindo sete nesse temporada.

Nessa temporada, ele obteve uma média de 13.6 pontos, 13.8 rebotes, 1.5 roubadas de bola e 1.1 bloqueios em 29.7 minutos por jogo.[37]

Temporada de 2017-18[editar | editar código-fonte]

Em 23 de outubro de 2017, Drummond registrou 14 pontos e 14 rebotes em uma derrota de 97-86 para o Philadelphia 76ers.[38] Com esses 14 rebotes, ele ficou em sexto lugar na lista de mais rebotes da franquia, passando Walter Dukes.[39] Dois dias depois, em uma vitória por 122-101 sobre o Minnesota Timberwolves, Drummond registrou seu 5.000ª rebotes na carreira , tornando-se o sexto jogador dos Pistons a atingir esse total. Aos 24 anos, 76 dias, ele se tornou o segundo jogador mais jovem a alcançar o marco, perdendo apenas para Dwight Howard (23 anos, 112 dias).[40]

Em 10 de novembro, ele marcou 16 pontos, 20 rebotes e sete assistências em uma vitória por 111-104 sobre o Atlanta Hawks,[41] levando os Pistons a um recorde de 9-3 - o melhor começo de uma temporada desde a temporada de 2005-06. Drummond se tornou o primeiro jogador a ter pelo menos 200 rebotes nos 13 primeiros jogos de duas temporadas diferentes desde que Dennis Rodman fez três vezes em três equipes diferentes nos anos 90.

Em 27 de novembro, ele registrou 26 pontos e 22 rebotes em uma vitória de 118-108 sobre o Boston Celtics.[42] Ele também teve seis assistências e quatro roubadas de bola, tornando-se o primeiro jogador com tantos pontos, rebotes, assistências e roubadas de bola desde Charles Barkley em janeiro de 1990.

Em 24 de janeiro, Drummond registrou 30 pontos, 24 rebotes, seis bloqueios, quatro assistências e três roubadas de bola em uma derrota por 98-95 na prorrogação para o Utah Jazz.[43] Ele se tornou o primeiro jogador a registrar essas estatísticas em um jogo desde a temporada de 1973-74, quando a NBA começou a registrar bloqueios e roubos de bola.[44] Durante o jogo, Drummond alcançou 2.000 rebotes ofensivos em sua carreira, tornando-se o jogador mais jovem a atingir o marco aos 24 anos, 167 dias, superando o recorde anterior de Howard aos 25 anos, 86 dias.

Em 30 de janeiro, ele foi nomeado o substituto de John Wall no All-Star Game da NBA de 2018.[45]

Em 3 de fevereiro, ele registrou 23 pontos, 20 rebotes, quatro roubadas de bola e quatro bloqueios em uma vitória por 111-107 sobre o Miami Heat.[46] Drummond fez pelo menos 20 pontos e 20 rebotes pela sexta vez nessa temporada e se tornou o primeiro jogador com pelo menos 20 pontos, 20 rebotes, quatro roubadas de bola e quatro bloqueios desde Hakeem Olajuwon em 22 de dezembro de 1989. Quatro dias depois, ele registrou 17 pontos e 27 rebotes em uma vitória de 115-106 sobre o Brooklyn Nets.[47]

Em 29 de março, ele registrou 24 pontos e 23 rebotes em uma vitória por 103-92 sobre o Washington Wizards.[48] Foi o seu 20º jogo da carreira com 20/20, o maior número de jogos de 20/20 desde que ele ingressou na liga em 2012.[49]

Drummond concluiu a temporada regular com média de 16 rebotes por jogo, tornando-se o primeiro jogador desde Rodman em 1997 a ter 16 rebotes por média em uma temporada e apenas o segundo jogador nos últimos 40 anos.[50]

Temporada de 2018-19[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro, Drummond registrou 24 pontos e 20 rebotes na vitória de 93-89 sobre o Dallas Mavericks.[51] Durante o jogo, ele se tornou o líder de todos os tempos dos Pistons em rebotes ofensivos com 2.431, superando o recorde anterior de Bill Laimbeer.

Em 8 de fevereiro, ele teve seu nono jogo da temporada com 20/20 quando fez 29 pontos e 20 rebotes em uma vitória de 120-103 sobre o New York Knicks.[52]

Em 6 de março, ele registrou 31 pontos e 15 rebotes, incluindo 20 pontos no segundo tempo, para ajudar os Pistons a superar um déficit de 16 pontos na vitória de 131-114 sobre o Minnesota Timberwolves.[53] Em 8 de março, ele registrou 20 pontos e 24 rebotes, incluindo 14 pontos e 18 rebotes no segundo tempo, para ajudar os Pistons a superar um déficit de 21 pontos na vitória por 112-104 sobre o Chicago Bulls.[54] Este foi o seu 11º jogo de 20/20 da temporada. Posteriormente, ele foi nomeado o Jogador da Semana na Conferência Leste. Ele teve uma média de 22,3 pontos, 18,0 rebotes, 2,0 assistências, 1,3 bloqueios e 1,3 roubadas de bola por jogo em três jogos.[55]

Em 11 de março contra o Brooklyn Nets, o décimo nono duplo-duplo de Drummond o empatou com Bob Lanier (1974-75) pela maior sequência de duplos-duplos na história da franquia.[56] Sua sequência foi interrompida dois dias depois, quando ele marcou cinco pontos e nove rebotes contra o Heat. No final daquele mês, ele alcançou 1.000 pontos, 1.000 rebotes, 100 bloqueios e 100 roubadas de bola pela quarta temporada de sua carreira, o maior da história da NBA desde que roubadas de bola e bloqueios foram registradas pela primeira vez na temporada de 1973-74.[57] Em abril, ele quebrou seu próprio recorde de franquia de uma temporada com seu 67º duplo-duplo.[58]

Nessa temporada, ele obteve uma média de 17.3 pontos, 15.6 rebotes, 1.7 roubadas de bola e 1.7 bloqueios em 33.5 minutos por jogo.[59]

Temporada de 2019-20[editar | editar código-fonte]

Drummond começou a temporada registrando 32 pontos e 23 rebotes na vitória sobre o Indiana Pacers, juntando-se a Charles Barkley (1992) e George McGinnis (1977) como os únicos jogadores com uma abertura de temporada de 30/20 desde a fusão da NBA com a ABA.[60]

Carreira na seleção[editar | editar código-fonte]

Drummond com a Seleção Americana no World Basketball Festival de 2014

Drummond era membro da Seleção Americana que ganhou a medalha de ouro na Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino de 2014. No decorrer do torneio, ele obteve média de 3,0 pontos e 2,5 rebotes em oito jogos.[61]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2012–13 Detroit 60 20.7 .608 .500 .371 7.6 .5 1.0 1.6 7.9
2013–14 Detroit 81 32.3 .623 .000 .418 13.2 .4 1.2 1.6 13.5
2014–15 Detroit 82 30.5 .514 .000 .389 13.5 .7 .9 1.9 13.8
2015–16 Detroit 81 32.9 .521 .333 .355 14.8 .8 1.5 1.4 16.2
2016–17 Detroit 81 29.7 .530 .286 .386 13.8 1.1 1.5 1.1 13.6
2017–18 Detroit 78 33.7 .529 .000 .605 16.0 3.0 1.5 1.6 15.0
2018–19 Detroit 79 33.5 .533 .132 .590 15.6 1.4 1.7 1.7 17.3
All-Star 2 18.0 .833 .000 .000 8.0 .0 1.0 .5 15.0
Carreira 542 30.8 .543 .147 .448 13.7 1.2 1.3 1.6 14.1

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2016 Detroit 4 32.8 .519 .000 .324 9.0 .0 .3 1.5 16.8
2019 Detroit 4 31.8 .444 .000 .429 13.0 2.3 1.5 1.3 14.3
Carreira 8 32.3 .481 .000 .364 11.0 1.1 .9 1.4 15.5

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011–12 Connecticut 34 28.4 .538 .000 .295 7.6 .4 .8 2.7 10.0

Fonte:[62][63]

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Andre Drummond». NBA Stats (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  2. «Canadians and Caribbean origin players in the NBA | caribbean-events.com». web.archive.org. 5 de junho de 2014. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  3. Pelletier, Joe (26 de junho de 2012). «Before NBA Draft, Andre Drummond finds comfort in home court». The Middletown Press. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  4. «Still questions regarding Drummond to UConn». ESPN.com (em inglês). 26 de agosto de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  5. Inquirer, Phil ChardisJournal. «UConn basketball: Drummond opts for post-graduate year». Journal Inquirer (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  6. «Louisville News, Louisville Sports | Courier-Journal». The Courier-Journal (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  7. «Collegiate Hoops: Despite The Class, Andre Drummond Will Still Be The Best Center». web.archive.org. 3 de fevereiro de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  8. AMORE, DOM. «Andre Drummond Headed To UConn». courant.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  9. AMORE, DOM. «Drummond Officially On UConn Roster; Bradley Gives Up Scholarship». courant.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  10. «2011-12 UConn Huskies Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  11. «UConn's Drummond declares for NBA draft». ESPN.com (em inglês). 12 de abril de 2012. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  12. «2012 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  13. «Andre Drummond 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  14. «New Orleans Pelicans at Detroit Pistons Box Score, January 24, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  15. «New York Knicks at Detroit Pistons Box Score, March 3, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  16. «Detroit Pistons at Golden State Warriors Box Score, March 11, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  17. «Drummond dominates glass, but Warriors pull away to spoil spirited Pistons effort». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  18. «Pistons vs. Warriors - Game Recap - March 11, 2015 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  19. «Andre Drummond Named Eastern Conference Player of the Week». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  20. «Indiana Pacers at Detroit Pistons Box Score, November 3, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  21. «Drummond's dominance can't carry Pistons to 4-0 start as bench sputters in loss to Pacers». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  22. «Detroit Pistons at Portland Trail Blazers Box Score, November 8, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  23. «Andre Drummond Named Eastern Conference Player of the Week». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  24. Foster, Terry. «Drummond's double-double streak ends in Pistons' loss». Detroit News (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  25. «Detroit Pistons at Chicago Bulls Box Score, December 18, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  26. Webster, Danny. «Pistons vs. Bulls: Score, Reaction and Highlights for 4OT Game». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  27. «Pistons' Drummond makes first All-Star Game». Detroit News (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  28. «Detroit Pistons at Milwaukee Bucks Box Score, February 27, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  29. «Detroit Pistons at San Antonio Spurs Box Score, March 2, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  30. «Andre Drummond 2015-16 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  31. «Detroit Pistons Re-Sign Center Andre Drummond». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  32. «Sources: Drummond, Pistons agree on max deal». ESPN.com (em inglês). 1 de julho de 2016. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  33. «Milwaukee Bucks at Detroit Pistons Box Score, October 30, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  34. «Boston Celtics at Detroit Pistons Box Score, November 19, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  35. «Detroit Pistons at Charlotte Hornets Box Score, December 7, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  36. «Toronto Raptors at Detroit Pistons Box Score, March 17, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  37. «Andre Drummond 2016-17 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  38. «Philadelphia 76ers at Detroit Pistons Box Score, October 23, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  39. «76ers vs. Pistons - Game Recap - October 23, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  40. «Drummond matches Howard, Chamberlain in boards». Detroit Free Press (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  41. «Atlanta Hawks at Detroit Pistons Box Score, November 10, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  42. «Detroit Pistons at Boston Celtics Box Score, November 27, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  43. «Utah Jazz at Detroit Pistons Box Score, January 24, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  44. Khan, Ansar (25 de janeiro de 2018). «Pistons' Andre Drummond on historic night: 'It just wasn't enough'». mlive (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  45. «Drummond replaces injured Wall for ASG». ESPN.com (em inglês). 31 de janeiro de 2018. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  46. «Miami Heat at Detroit Pistons Box Score, February 3, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  47. «Brooklyn Nets at Detroit Pistons Box Score, February 7, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  48. «Washington Wizards at Detroit Pistons Box Score, March 29, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  49. «Wizards vs. Pistons - Game Recap - March 29, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  50. Mickle, Shane (11 de abril de 2018). «Andre Drummond Becomes 2nd Player In Over 40 Years To Accomplish The Feat». ClutchPoints (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  51. «Dallas Mavericks at Detroit Pistons Box Score, January 31, 2019». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  52. «New York Knicks at Detroit Pistons Box Score, February 8, 2019». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  53. «Minnesota Timberwolves at Detroit Pistons Box Score, March 6, 2019». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  54. «Detroit Pistons at Chicago Bulls Box Score, March 8, 2019». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  55. «Andre Drummond Named Eastern Conference Player of the Week». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  56. «Pistons vs. Nets - Game Recap - March 11, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  57. Villanueva, Virgil (18 de março de 2019). «Andre Drummond Makes History With Impressive Feat No Other Player Has Done Before». ClutchPoints (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  58. «Hornets vs. Pistons - Game Recap - April 7, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  59. «Andre Drummond 2018-19 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  60. «Player Game Finder». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  61. «Andre DRUMMOND at the FIBA Basketball World Cup 2014». FIBA.basketball (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  62. «Andre Drummond Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
  63. «Andre Drummond College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2019 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andre Drummond