Portland Trail Blazers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portland Trail Blazers
Temporada da NBA de 2016–17
Portland Trail Blazers logo
Conferência Conferência Oeste
Divisão Divisão Noroeste
Fundado 1970 (47 anos)
História Portland Trail Blazers
(1970-presente)
Arena Moda Center
Cidade Portland, Oregon
Cores do time Vermelho, Preto, Prata e Branco [1][2]

                   

Dono(s) Paul Allen
General manager Neil Olshey
Técnico Terry Stotts
Afiliado na D-League Nenhum
Campeonatos 1 (1977)
Títulos de Conferência 3 (1977, 1990, 1992)
Títulos de Divisão 5 (1978, 1991, 1992, 1999, 2015)
Números retirados 12 (1, 13, 14, 15, 20, 22, 30, 30, 32, 36, 45, 77)

Portland Trail Blazers (também referido como "Blazers") é um time de basquete da National Basketball Association localizado na cidade de Portland, Oregon. O time foi fundado em 1970 e as cores do uniforme são vermelho, branco, prata e preto. O dono do time é Paul Allen, e o ginásio é o Moda Center. Os Blazers foram campeões da NBA em 1977. É o único time de Oregon nas ligas esportivas norte-americanas.

História[editar | editar código-fonte]

A NBA deu uma franquia para Portland em 1970. Em um concurso para nomear o time, a opção mais votada foi Pioneers, rejeitada por já ser usada pelo time da universidade Lewis & Clark College. A direção optou por Trail Blazers (marcadores de trilha). Um primo do vice-presidente do time, Harry Glickman, desenhou a logomarca que tem uma representação estilizada de um jogo de basquete com dez traços brancos e vermelhos fazendo um "cata-vento".[3] Jogando no Memorial Coliseum e sob o comando de Geoff Petrie e Sidney Wicks, ambos eleitos novatos do ano (em 1971 e 1972), o time não conseguiu se classificar para os playoffs por seis anos, mudando de técnico três vezes. No meio-tempo conseguiram duas vezes a primeira escolha no Draft, convocando LaRue Martin em 1973 e Bill Walton em 1974.

A sorte mudou em 1976, ao contratar o técnico Jack Ramsey, e conseguir Maurice Lucas depois do time deste ser dissolvido com a integração da American Basketball Association pela NBA. O Blazers não só se classificou para a segunda fase como chegou ao título, com Walton sendo eleito melhor jogador das finais. Em abril, o time começou uma sequência de 814 jogos esgotados que só se encerraria com uma mudança de arena em 1995. A temporada seguinte parecia promissora, com o Blazers terminando em primeiro da Conferência Oeste e Walton sendo eleito melhor jogador da temporada, mas uma lesão de Walton levou a uma eliminação na primeira rodada pelo rival Seattle SuperSonics. Walton não jogou a temporada seguinte se recuperando e protestando contra o Blazers não ter o trocado, e em 1979 foi para o Buffalo Braves, enquanto Lucas saiu do time em 1980.

Fora a temporada 1981-82, quando não se classificaram, os Blazers ficaram quatro temporadas consecutivas caindo na primeira rodada dos playoffs. Em 1983 começaram uma sequência de 21 anos consecutivos classificando-se para os playoffs, caindo nas semifinais do Oeste pro Los Angeles Lakers, e contrataram no draft Clyde Drexler, que se tornaria uma das maiores estrelas da liga e o maior pontuador da história do Blazers.[4] Em 1984 os Blazers tiveram o que foi considerada a decisão mais mal-sucedida da história do draft, pegando Sam Bowie com a segunda escolha do draft (a primeira foi Hakeem Olajuwon, pelo Houston Rockets) em vez de Michael Jordan, que se tornaria hexacampeão com o Chicago Bulls e é considerado o melhor jogador de basquete da história.[5] Em 1988 o time foi comprado pelo bilionário Paul Allen, co-fundador da Microsoft.[6]

Entre 1990 e 1992, com Drexler, o técnico Rick Adelman e o recém-contrato Buck Williams, o Blazers chegou a duas finais da NBA (perdendo em 1990 para o Detroit Pistons e 1992 para o Chicago Bulls) e uma final do Oeste. Em 1994, o novo presidente Bob Whitsitt decidiu reconstruir o time, incluindo mandar o envelhecido Drexler para o Rockets. No ano seguinte os Blazers se mudaram para o recém-inaugurado Rose Garden. Uma nova era dos Blazers começou com a contratação do técnico Mike Dunleavy, e montar um time a partir de jovens talentosos e temperamentais como Brian Grant, Damon Stoudamire e Rasheed Wallace, que levaram o Blazers a finais do Oeste em 1999 - quando Dunleavy foi eleito técnico do ano - e 2000.[4][7]

Problemas começaram a afetar os Blazers em 2001, quando decisões malfeitas de elenco levaram a derrotas consecutivas e uma eliminação precoce nos playoffs,[8] e diversas prisões dos jogadores levaram ao apelido "Jail Blazers",[9][10] A má reputação afetou as vendas de ingressos, mesmo que o time continuasse competitivo,[11] e Whitsitt saiu do time em 2003 para outra propriedade de Allen, o Seattle Seahawks.[12]

Cinco anos sem ir aos playoffs seguiriam, com o destaque positivo sendo a contratação no draft de 2006 de Brandon Roy, eleito novato do ano.[13] A primeira escolha no draft seguinte, Greg Oden, não deu tão certo, já perdendo sua primeira temporada por uma cirurgia no joelho e se machucando com frequência - enquanto a segunda escolha, Kevin Durant, seria eleito novato do ano pelo Sonics e após a franquia se mudar de cidade se tornaria estrela do Oklahoma City Thunder.[14] Apesar disso, Roy, Oden, LaMarcus Aldridge e o espanhol Rudy Fernández lideraram o time de volta para os playoffs em 2009,[15] e o Blazers classificou-se em mais duas temporadas.[16] Roy acabou se aposentando do basquete em 2011 por problemas no joelho,[17] e em seguida o lesionado Oden foi dispensado.[18] Com apenas Aldridge de destaque os Blazers ficaram para trás na temporada 2011-12 com apenas a 11a posição no oeste. Na temporada seguinte o ingressante Damian Lillard teve boas atuações e foi eleito novato do ano,[19] mas os Blazers repetiram sua performance como 11o.

O Time chegou aos Playoffs de 2014,contra o Houston Rockets,Lillard meteu uma bola de três para ganhar o jogo.Sendo considerada um dos maiores Game Winners da historia da NBA.

Em 2015 Lamarcus saiu do time,Com Lillard e CJ o time teve boas atuações e já figura um dos melhores 5 times do oeste e possivelmente da NBA,em 2016 Damian Lillard é um grande candidato a MVP. Sem falar com a surpresa De CJ McCollum sendo nomeado o MIP da temporada 2015-2016 da NBA.

PS:Em 2016 um dos maiores BUST da historia Greg Oden,anunciou sua aposentadoria aos 28 anos. Bust é Bennett, ele foi as lesões mesmo.

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Portland Trail Blazers
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Peso Universidade
F 8 NGANigéria Al-Farouq Aminu 81 2 06 m 98 kg Wake Forest
G 5 USAEstados Unidos Pat Connaughton 77 1 96 m 93 kg Notre Dame
F 23 USAEstados Unidos Allen Crabbe 78 1 98 m 95 kg California*
F 17 USAEstados Unidos Ed Davis 82 2 08 m 109 kg North Carolina
C 31 NGANigéria Festus Ezeli 83 2 11 m 116 kg Vanderbilt
F 4 USAEstados Unidos Maurice Harkless 81 2 06 m 98 kg St. John's
F 10 USAEstados Unidos Jake Layman 81 2 06 m 100 kg Maryland
C 11 USAEstados Unidos Meyers Leonard 85 2 16 m 111 kg Illinois
G 0 USAEstados Unidos Damian Lillard (C) 75 1 91 m 88 kg Weber State*
G 3 USAEstados Unidos C. J. McCollum (C) 76 1 93 m 91 kg Lehigh*
G 6 USAEstados Unidos Shabazz Napier 73 1 85 m 79 kg Connecticut
C 24 USAEstados Unidos Mason Plumlee 83 2 11 m 107 kg Duke
G 55 USAEstados Unidos Tim Quarterman 78 1 98 m 85 kg Louisiana State
G/F 1 USAEstados Unidos Evan Turner 79 2 01 m 100 kg Estado de Ohio
F 21 USAEstados Unidos Noah Vonleh 81 2 06 m 109 kg Indiana
Treinador
Assistente(s) Técnico(s)
Treinador(es) de atletismo
  • Geoff Clark
Técnico(s) de força e condicionamento
  • Todd Forcier
  • Ben Kenyon

Legend
  • (C) Capitão
  • (DP) Escolha de Draft sem-assinatura
  • (FA) Free agent
  • (S) Suspenso
  • (DL) Na atribuição no afiliado na D-League
  • Machucado Machucado

ElencoTransações
Última transação: 08-12-2015

Números Aposentados[editar | editar código-fonte]

9 camisas foram aposentadas no Portland Trail Blazers, são elas:

Referências

  1. «Blazers Update Logo». Portland Trail Blazers. June 3, 2002. Cópia arquivada desde o original em June 4, 2002. Consultado em June 3, 2016  Verifique data em: |access-date=, |date=, |archive-date= (ajuda)
  2. «Portland Trail Blazers Reproduction Guideline Sheet». NBA Media Central. Consultado em June 19, 2016  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  3. Birth Of The Blazers Name
  4. a b História do time
  5. http://sportsillustrated.cnn.com/multimedia/photo_gallery/2005/06/24/gallery.nbabusts/content.20.html
  6. http://query.nytimes.com/gst/fullpage.html?res=940DE4D81739F932A35755C0A96E948260
  7. «Dreadful drought: Blazers dry spell allows Lakers to take Game 7». Sports Illustrated. 5 de junho de 2000. Consultado em November 6, 2007  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  8. Dave D'Alessandro (May 21, 2001). «Blazers won't be under control until Whitsitt is». The Sporting News. Consultado em November 7, 2007  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  9. Jim Redden and Andy Giegerich (Nov 29, 2002). «'Jail Blazers' image lives on». Portland Tribune. Consultado em April 20, 2013  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  10. Robbins, Liz (December 3, 2003). «Trail Blazers Trying to Fix a Troubled Family». The New York Times. Consultado em April 1, 2008  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  11. L. Jon Wertheim (December 24, 2001). «Losing their grip». Sports Illustrated. Consultado em November 7, 2007  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  12. «Blazers President Quits, Leaving Troubled Team». New York Times. May 8, 2003. Consultado em November 7, 2007  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  13. «Roy receives 127 of 128 first-place votes as top rookie». Associated Press. espn.com. May 2, 2007  Verifique data em: |date= (ajuda)
  14. http://bleacherreport.com/articles/524014-greg-oden-and-the-top-25-nba-draft-busts-of-all-time/page/2
  15. «Yao posts double-double as Rockets rout playoff-bound Blazers». ESPN. April 5, 2009. Consultado em July 25, 2009  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  16. SportsDayDFW.com. «Turmoil for Blazers? Brandon Roy fights off tears, complains about playing time vs. Mavericks». SportsDayDFW.com. Consultado em October 23, 2011  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  17. «Blazers' Brandon Roy to retire». ESPN.com. December 10, 2011. Consultado em December 12, 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  18. Blazers waive center Greg Oden, ESPN.com. March 15, 2012. Retrieved June 6, 2012.
  19. «Damian Lillard Named Kia NBA Rookie Of The Year». Portland Trail Blazers. Consultado em 1 May 2013  Verifique data em: |access-date= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]