Brooklyn Nets

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brooklyn Nets
Temporada da NBA de 2016-17
Brooklyn Nets logo
Conferência Conferência Leste
Divisão Divisão do Atlântico
Fundado 1967 (Se juntou a NBA em 1976)
História New Jersey Americans (ABA)
1967–1968
New York Nets (ABA)
1968–1976
New York Nets (NBA)
1976–1977
New Jersey Nets
1977–2012
Brooklyn Nets
2012–presente
Arena Barclays Center
Cidade Brooklyn, Nova Iorque
Cores do time Preto e Branco
         
Dono(s) Mikhail Prokhorov

Jay-Z

Técnico Tony Brown[1]
Afiliado na D-League Springfield Armor
Campeonatos ABA: 2 (1974 e 1976)
NBA: 0
Títulos de Conferência 2 (2002 e 2003)
Títulos de Divisão ABA: 1 (1974)
NBA: 4 (2002, 2003, 2004 e 2006)
Números retirados 6 (3, 4, 23, 25, 32 e 52)
Site oficial
Kit body blacksides.png
Casa jersey
Kit shorts blacksides.png
Team colours
Casa
Kit body whitesides.png
Fora jersey
Kit shorts whitesides.png
Team colours
Fora

O Brooklyn Nets é uma equipe de basquetebol da National Basketball Association situado em Brooklyn, Nova Iorque. A franquia foi fundada em 1967, um dos membros fundadores da American Basketball Association. Já foi conhecido como New Jersey Americans (1967-1968), New York Nets (1968-1977) e New Jersey Nets (1978-2011). As cores do uniforme são preto e branco. O time nunca ganhou um campeonato da NBA, mas foi vice duas vezes (2001–02 e 2002–03).

História[editar | editar código-fonte]

A equipe foi uma das fundadoras da American Basketball Association em 1967, com o nome New York Americans, mas a pressão do time da cidade que jogava na NBA, o New York Knicks, fez o dono Arthur J. Brown relocar para Teaneck, Nova Jérsei com o nome New Jersey Americans. Jogaram uma temporada, mas não se classificaram.

Em seguida, mudaram-se para a Long Island Arena em Commack, Nova Iorque, rebatizado New York Nets tanto por ser "rede" (parte da cesta de basquete) como por rimar com New York Jets e New York Mets, dois times do estado em futebol americano e beisebol, respectivamente. Após uma primeira temporada fraca - em que Brown vendeu o time para o empresário têxtil Roy Boe - Nets foram bicampeões da ABA antes da liga fechar em 1977.

Quatro equipes da ABA, os Nets, o Denver Nuggets, o Indiana Pacers e o San Antonio Spurs, foram para a NBA. Como ocorreu um processo por invadir a área dos Knicks, Boe voltou com o time para Nova Jérsei. Jogaram quatro temporadas na Rutgers Athletic Center na Rutgers University - frustrantes e levando Boe a vender o time para sete empresários de Secaucus - antes da inauguração da Meadowlands Sports Complex em East Rutherford em 1980. Daí liderados por Darryl Dawkins, Buck Williams, Otis Birdsong, e Michael Ray Richardson , começaram a postar resultados positivos.

A melhor fase dos Nets foi entre 2001 e 2004, quando liderados por Jason Kidd chegaram a duas finais consecutivas da NBA (perdendo em 2002 para o Los Angeles Lakers e 2003 para o San Antonio Spurs). Em 2004 o time foi vendido para Bruce Ratner - com o rapper Jay-Z sendo um dos sócios - que anunciou planos para mudar o time para Nova York.

Entre 2004 e 2008 Kidd ainda teve a ajuda de Vince Carter. Após a saída de Kidd em 2008, o time enfraqueceu e se tornou um dos piores da NBA. No mesmo ano o bilionário russo Mikhail Prokhorov comprou o time, anunciando que construiria uma arena para o time no Brooklyn, o Barclays Center. Nas últimas temporadas em Jerséi jogaram no Prudential Center em Newark.

Em 2012, com a inauguração do Barclays Center próxima, foi revelado a nova logo e uniforme do rebatizado Brooklyn Nets.

Rivalidades[editar | editar código-fonte]

Boston Celtics[editar | editar código-fonte]

O Boston Celtics eram um dos rivais dos Nets durante os anos 2000. Os Nets foram liderados por Jason Kidd e Kenyon Martin, enquanto os Celtics estavam experimentando sucesso recém-descoberto atrás de Paul Pierce e Antoine Walker. A rivalidade começou a se aquecer nas 2002 finais da conferência do oeste, que foi precedida pelo Trash-Talk dos Celtics que afirmavam que Martin jogava sujo. As coisas progrediram quando a série começou, e as tensões na quadra se espelhavam também nas arquibancadas. Os fãs dos celtics repreendiam Kidd e sua família com cânticos de "Wife Beater!" [2] em resposta à acusação de abuso doméstico de Kidd de 2001. Quando a série retornou a New Jersey, os fãs de Nets responderam, com alguns sinais cântigos que diziam: "Alguém por favor esfaqueie Paul Pierce?"[3] referindo-se a um incidente de clube de noite em 2000 Pierce foi esfaqueado 11 vezes. Quando perguntado sobre as provocações, Kenyon Martin declarou: "Nossos fãs odeiam eles, seus fãs nos odeiam". Bill Walton disse na época que aquilo era "início da próxima grande rivalidade da NBA". Durante as Finais da Conferência Leste em 2002 com os Nets avançando para a NBA Finals, com New Jersey sempre varrendo Boston nos playoffs.

Em 2012, havia indícios de que a rivalidade poderia ser reavivada quando o início de confusão ocorreu na quadra em 28 de novembro, resultando na ejeção de Rajon Rondo, Gerald Wallace e Kris Humphries. Rondo foi suspenso por dois jogos, enquanto Wallace e Kevin Garnett foram multados. [14] A história foi revista em 25 de dezembro, quando Wallace pegou bermuda Garnett e os dois tiveram que ser separados pelos árbitros e jogadores.

No entanto, a rivalidade entre os Nets e os Celtics foi abrandada com as trocas de junho de 2013 que transferiram as estrelas Celtas Garnett e Paul Pierce para os Nets em troca de Wallace, Humphries e outros.[4] Sean Grande disse: "É quase como se você encontrar uma grande casa para esses caras." Esses caras estarão no mercado de Nova York, eles estarão em uma equipe competitiva, eles 'É engraçado, porque o inimigo do meu inimigo agora é meu amigo. Então, com os fãs do Celtics sentindo a maneira que eles fazem sobre o Heat, sentindo a maneira que eles fazem sobre os Knicks, os Nets vão se tornar quase a segunda equipe [Boston] agora."[5]

New York Knicks[editar | editar código-fonte]

A rivalidade Knicks-Nets tem sido historicamente geográfica, com os Knicks jogando em Madison Square Garden no bairro de Nova York de Manhattan e os Nets jogar nos subúrbios de Nova York de Long Island e em Nova Jersey e desde 2012, No Barclays Center, na cidade de Nova York, no Brooklyn. Os meios de comunicação tomaram nota da semelhança da rivalidade Knicks-Nets com os de outras equipes da Cidade de Nova York, como a Major League Baseball (MLB) entre a Liga Americana (AL) 's New York Yankees e da Liga Nacional (NL) e da National Football League (NFL) entre os New York Giants da National Football Conference (NFC) e os New York Jets da American Football Conference (AFC), resultado da proximidade dos bairros através do metrô da cidade de Nova York.

Historicamente, os bairros de Manhattan e Brooklyn viviam a rivalidade Dodgers-Giants, quando as duas equipes eram conhecidas como os Dodgers de Brooklyn e os New York Giants. Como os Knicks e os Nets, os Giants e os Dodgers jogaram em Manhattan e Brooklyn, respectivamente, e eram rivais de divisão ferozes. A rivalidade entre os New York Islanders e New York Rangers da Liga Nacional de Hóquei, a NHL, também assumiu uma dimensão semelhante desde que os Inslanders se mudaram para Barclays Center em 2015. [6] Devido aos Knicks ficarem situados em Manhattan e os Nets ficarem situados no Brooklyn, alguns meios de comunicação dubbed esta rivalidade "Duelo de Bairros".[7] [8]

Toronto Raptors[editar | editar código-fonte]

Uma rivalidade com os Toronto Raptors tinham começado em 2004, quando, então, ala Vince Carter tinha sido trocado para o então New Jersey Nets [9] [10] No entanto, as duas equipes não se encontrariam nos playoffs até 2007, quando o Nets derrotou os Raptors na série de primeira rodada, 4-2, depois de um chute de três de Richard Jefferson faltando 8 segundos pro fim no jogo 6 levou a uma vitória por 98 -97 vitória.[11] Sete anos mais tarde, as duas equipes se encontrariam novamente na Primeira Rodada, onde a série terminaria no jogo 7, depois de toco espetacular de Paul Pierce, dando aos Nets a vitória por 104-103. A série também foi notada pela controvérsia quando General Manager Toronto Raptors Masai Ujiri fez observações depreciativas do Brooklyn em um comício de fãs em Maple Leaf Square em Toronto antes do jogo 1. Ujiri mais tarde se desculpou no intervalo.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Mascote[editar | editar código-fonte]

O mascote dos New Jersey Nets era Sly a Raposa de Prata, que estreou em 31 de outubro de 1997 para a temporada 1997-98. Antes disso, o mascote dos Nets era um dragão antropomórfico chamado Duncan, o Dragão.[12]

Após a mudança dos Nets para Brooklyn, a equipe introduziu um novo mascote super-herói chamado BrooklyKnight (um trocadilho sobre o demônio "Brooklynite") em 3 de novembro de 2012. Em sua primeira aparição, ele foi abaixado do teto do Barclays Centre em meio a faíscas, com direito a fanfarra e anunciado nos microfones por David Diamante: "Aqui para defender Brooklyn, ele é o BrooklyKnight." O mascote foi co-criada pela Marvel Entertainment, uma empresa-irmã da ABC e da ESPN. O personagem também estrelou em quadrinhos de 32 páginas publicado pela Marvel intitulado BrooklyKnight # 1, escrito por Jason Aaron com arte por Mike Deodato. [13][14]Após a segunda temporada dos Nets em Brooklyn, o mascote de BrooklyKnight foi aposentado. [15]

O Hino[editar | editar código-fonte]

Em 3 de novembro de 2012, o Nets introduziu um novo hino da equipe intitulado "Brooklyn: Algo Para Lean On", escrito e gravado pelo músico John Forté, nascido e criado no Brooklyn. A canção é notável pelo seu refrão, que ficou popular durante os jogos da equipe no Barclays Center.

Homenagem a The Notorious B.I.G.[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de março de 2017 foi feita uma homenagem para The Notorious B.I.G. no pré-jogo da equipe, na vitória sobre o New York Knicks, que o denominou "The Biggie Night". O que se viu foi durante a partida, foi tocar-se clássicos da curta carreira do Rapper, que de todos era o mais identificado com bairro do Brooklyn, chegando se auto-intitular "O Rei de Nova Iorque".Foi erguida uma bandeira com o número 72, em referência ao ano de 1972, no qual ele nasceu.Esteve na cerimônia sua mãe Volleta Wallace, o Rapper e amigo Sean "Diddy" Combs, familiares e mais amigos de vida e de carreira. [16]

Números Aposentados[editar | editar código-fonte]

Plantel Atual[editar | editar código-fonte]

  • Equipa base:


Brooklyn Nets
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Peso Universidade
F 35 Estados Unidos Trevor Booker 2 03 m 109 kg Clemson
G 2 Estados Unidos Randy Foye 1 93 m 97 kg Villanova
C 41 Estados Unidos Justin Hamilton 2 11 m 120 kg Louisiana State
G 12 Estados Unidos Joe Harris 1 98 m 99 kg Virginia
F 24 Estados Unidos Rondae Hollis-Jefferson 2 01 m 100 kg Arizona
G 6 Estados Unidos Sean Kilpatrick 1 93 m 99 kg Cincinnati
G 22 Estados Unidos Caris LeVert 2 01 m 87 kg Michigan
G 7 Estados Unidos Jeremy Lin 1 91 m 91 kg Harvard*
F 1 Estados Unidos Chris McCullough 2 11 m 91 kg Syracuse
F 13 Estados Unidos Quincy Acy 2 01 m 109 kg Baylor
G 15 Estados Unidos Isaiah Whitehead 1 96 m 95 kg Seton Hall
G 1 Estados Unidos D'Angelo Russell 1 96 m 88 kg Estado de Ohio
C 20 Rússia Timofey Mozgov 2 16 m 125 kg Russia*
G 33 Estados Unidos Allen Crabbe 1 98 m 98 kg California*
F 9 Estados Unidos DeMarre Carroll 2 03 m 96 kg missouri*
C 31 Estados Unidos Jarrett Allen 2 08 m 107 kg Texas
F 41 Bulgária Aleksandar Vezenkov 2 06 m 102 kg Bulgarian*
F 14 Estados Unidos KJ McDaniels 1 98 m 98 kg Clemson
G 66 Gana Yakuba Ouattara 1 91 m 84 kg Ghanaian-French*
G 8 Estados Unidos Spencer Diwnddie 1 98 m 91 kg Colorado
Treinador
Assistente(s) Técnico(s)



Legend
  • (C) Capitão
  • (DP) Escolha de Draft sem-assinatura
  • (FA) Free agent
  • (S) Suspenso
  • (DL) Na atribuição no afiliado na D-League
  • Machucado Machucado

ElencoTransações
Última transação: 27-07-2016

Referências

  1. [1] June 12 2013
  2. Wilstein, Steve. «Celtics fans' taunts hurt Jason Kidd's wife | Amarillo.com | Amarillo Globe-News». amarillo.com. Consultado em 5 de março de 2017 
  3. «Nets, Celtics heating it up». www.enquirer.com. Consultado em 5 de março de 2017 
  4. «Bondy: Prokhorov's mentality reminiscent of The Boss». NY Daily News (em inglês) 
  5. «CSNNE.com». CSNNE.com. Consultado em 5 de março de 2017 
  6. «Breaking News, World News & Multimedia». Consultado em 5 de março de 2017 
  7. «Breaking News, World News & Multimedia». Consultado em 5 de março de 2017 
  8. «Clash of the Boroughs Resounds in Brooklyn». The Official Site of the Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 5 de março de 2017 
  9. «A Brief History Of The Nets-Raptors Rivalry». The Brooklyn Game (em inglês). 18 de abril de 2014 
  10. «It's official: Nets get Carter from the Raptors». ESPN.com. 18 de dezembro de 2004. Consultado em 5 de março de 2017 
  11. «Raptors vs. Nets - Game Recap - May 4, 2007 - ESPN». ESPN.com. Consultado em 5 de março de 2017 
  12. Curry, Jack (15 de dezembro de 1990). «PRO BASKETBALL; For Nets, Stakes Are High In Meeting With Knicks». The New York Times. ISSN 0362-4331 
  13. «Marvel & the Brooklyn Nets Unveil First Super Hero in NBA history!». The Official Site of the Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 5 de março de 2017 
  14. «Follow the History of the Hulk Pt. 52». News | Marvel.com (em inglês). Consultado em 5 de março de 2017 
  15. «A tribute to BrooklyKnight, the Nets' awful mascot». SBNation.com 
  16. «Brooklyn Nets homenageia Notorious B.I.G. - Sobe a Bola». Sobe a Bola 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Brooklyn Nets