Alonzo Mourning

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alonzo Mourning
Alonzo Mourning.jpg
Informações pessoais
Nome completo Alonzo Harding Mourning, Jr.
Data de nasc. 08 de fevereiro de 1970 (45 anos)
Local de nasc. Chesapeake, Virgínia,  Estados Unidos
Altura 2,08 m (6 ft 10 in)
Peso 118 kg (261 lb)
Apelido Zo
Informações no clube
Número 33
Posição Pivô
Clubes de juventude
(1988–1992) Georgetown
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
1992-1995
1995-2002
2003-2004
2005-2008
Estados Unidos Charlotte Hornets
Estados Unidos Miami Heat
Estados Unidos New Jersey Nets
Estados Unidos Miami Heat
215 (4.569)
407 (8.045)
30 (283)
186 (1414)
838 (14.311)
Seleção nacional
Estados Unidos Estados Unidos
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Sydney 2000 Equipe
Campeonato Mundial
Ouro Canadá 1994 Equipe
Bronze Argentina 1990 Equipe

Alonzo Harding Mourning, Jr. (nascido em 8 de Fevereiro de 1970, em Chesapeake, Virginia) é um ex-jogador profissional de basquete da NBA. É mais conhecido por Zo. Jogou como pivô, medindo 2,08 m e pesando 118 Kg. Mourning ficou famoso por sua força defensiva, sendo escolhido por duas vezes o Melhor Jogador de Defesa da NBA. Ele também ficou respeitado por superar um transplante de rim e, anos depois, retornar à NBA e conquistar o título pelo Miami Heat em 2006.

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

Universitário[editar | editar código-fonte]

Mourning jogou na tradicional equipe da Universidade de Georgetown, em Washington, uma das principais universidades americanas, com tradição no basquete e que teve diversos grandes jogadores como Patrick Ewing, Dikembe Mutombo e Allen Iverson. Em 1992 ele foi selecionado para a NBA, sendo a segunda escolha do Draft, pela equipe do Charlotte Hornets, atrás apenas de Shaquille O'Neal.

Charlotte Hornets[editar | editar código-fonte]

Mourning e o companheiro Larry Johnson levaram os Hornets à elite da NBA, alcançando a marca de 50 vitórias e chegando aos playoffs.

Miami Heat[editar | editar código-fonte]

Tensão com Johnson e problemas contratuais causaram desgaste, e após três temporadas em Charlotte, ele foi trocado para Miami, onde atuou pelo Heat por sete temporadas. Ele foi o centro da equipe de Pat Riley, obtendo aproximadamente 20 pontos e 10 rebotes por partida durante este período, além de dominar o garrafão com seu estilo intimidante e seus tocos espetaculares. Levou o troféu de Melhor Jogador de Defesa da NBA por duas vezes neste período e foi escolhido para o Primeiro Time All-NBA. Juntamente com Tim Hardaway, liderou o Heat nos playoffs, onde se iniciou a grande rivalidade com o New York Knicks.

Porém, antes do início da temporada 2000-01 da NBA, foi diagnosticada uma doença no seu rim, forçando-o a perder muitas partidas nas temporadas seguintes. Mesmo assim, Mourning ainda jogou no All-Star de 2002. Com sua condição deteriorada, Mourning não jogou na temporada 2002-03 da NBA.

New Jersey Nets[editar | editar código-fonte]

Com o passe livre, assinou em 2003 um contrato de quatro anos com o New Jersey Nets. Mas em menos de um mês, retirou-se da NBA com complicações dos seus problemas renais. Teve um transplante de sucesso no final do ano, e em 2004, voltou a treinar com o time e fez parte do elenco na temporada 2004-05. Mas como não tinha participação significativa, queixou-se na imprensa dizendo que gostaria de sair do time, especialmente após a saída de Kenyon Martin. Foi trocado para o Toronto Raptors em no final de 2004, mas acabou tendo seu contrato rescindido pois recusou-se a jogar na equipe.

De Volta ao Heat[editar | editar código-fonte]

Mourning retornou ao Heat em Março de 2005, mas com papel reduzido devido à presença de Shaquille O'Neal. Mesmo assim, substituiu Shaq com categoria quando necessário e era utilizado quando o Heat precisava de força defensiva. Desta forma, ajudou muito na campanha de 2005-06. Mesmo atuando menos de 20 minutos por jogo, Mourning foi o terceiro jogador da NBA em tocos por partida, com média de 2,66 por jogo.

Liderados por Dwyane Wade, o Miami Heat e especialmente Mourning finalmente ganharam o campeonato da NBA em 2006, superando a forte equipe do Dallas Mavericks por 4-2 nas finais. Mesmo na reserva de Shaquille O'Neal, contribuiu com 8 pontos, 6 rebotes e 5 tocos na decisiva sexta partida, em Dallas, quando o Heat fechou a série e levou o campeonato.

Após a conquista, Mourning anunciou aos seus fãs de Miami que retornará em 2006-07 para defender o título, apesar de ter recebido propostas mais lucrativas de grandes equipes, como o San Antonio Spurs.

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alonzo Mourning