Alonzo Mourning

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alonzo Harding Mourning, Jr. (nascido em 8 de Fevereiro de 1970, em Chesapeake, Virginia) é um ex-jogador profissional de basquete da NBA. É mais conhecido por "Zo". Joga como pivô, mede 2,08 m e pesa 118 Kg. Mourning é famoso por sua força defensiva, sendo escolhido por duas vezes o Melhor Jogador de Defesa da NBA. Ele também é respeitado por superar um transplante de rim e, anos depois, retornar à NBA e conquistar o título pelo Miami Heat em 2006.

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

Universitário[editar | editar código-fonte]

Mourning jogou na tradicional equipe da Universidade de Georgetown, em Washington, uma das principais universidades americanas, com tradição no basquete e que teve diversos grandes jogadores como Patrick Ewing, Dikembe Mutombo e Allen Iverson. Em 1992 ele foi selecionado para a NBA, sendo a segunda escolha do Draft, pela equipe do Charlotte Hornets, atrás apenas de Shaquille O'Neal.

Charlotte Hornets[editar | editar código-fonte]

Mourning e o companheiro Larry Johnson levaram os Hornets à elite da NBA, alcançando a marca de 50 vitórias e chegando aos playoffs.

Miami Heat[editar | editar código-fonte]

Tensão com Johnson e problemas contratuais causaram desgaste, e após três temporadas em Charlotte, ele foi trocado para Miami, onde atuou pelo Heat por sete temporadas. Ele foi o centro da equipe de Pat Riley, obtendo aproximadamente 20 pontos e 10 rebotes por partida durante este período, além de dominar o garrafão com seu estilo intimidante e seus tocos espetaculares. Levou o troféu de Melhor Jogador de Defesa da NBA por duas vezes neste período e foi escolhido para o Primeiro Time All-NBA. Juntamente com Tim Hardaway, liderou o Heat nos playoffs, onde se iniciou a grande rivalidade com o New York Knicks.

Porém, antes do início da temporada 2000-01 da NBA, foi diagnosticada uma doença no seu rim, forçando-o a perder muitas partidas nas temporadas seguintes. Mesmo assim, Mourning ainda jogou no All-Star de 2002. Com sua condição deteriorada, Mourning não jogou na temporada 2002-03 da NBA.

New Jersey Nets[editar | editar código-fonte]

Com o passe livre, assinou em 2003 um contrato de quatro anos com o New Jersey Nets. Mas em menos de um mês, retirou-se da NBA com complicações dos seus problemas renais. Teve um transplante de sucesso no final do ano, e em 2004, voltou a treinar com o time e fez parte do elenco na temporada 2004-05. Mas como não tinha participação significativa, queixou-se na imprensa dizendo que gostaria de sair do time, especialmente após a saída de Kenyon Martin. Foi trocado para o Toronto Raptors em no final de 2004, mas acabou tendo seu contrato rescindido pois recusou-se a jogar na equipe.

De Volta ao Heat[editar | editar código-fonte]

Mourning retornou ao Heat em Março de 2005, mas com papel reduzido devido à presença de Shaquille O'Neal. Mesmo assim, substituiu Shaq com categoria quando necessário e era utilizado quando o Heat precisava de força defensiva. Desta forma, ajudou muito na campanha de 2005-06. Mesmo atuando menos de 20 minutos por jogo, Mourning foi o terceiro jogador da NBA em tocos por partida, com média de 2,66 por jogo.

Liderados por Dwyane Wade, o Miami Heat e especialmente Mourning finalmente ganharam o campeonato da NBA em 2006, superando a forte equipe do Dallas Mavericks por 4-2 nas finais. Mesmo na reserva de Shaquille O'Neal, contribuiu com 8 pontos, 6 rebotes e 5 tocos na decisiva sexta partida, em Dallas, quando o Heat fechou a série e levou o campeonato.

Após a conquista, Mourning anunciou aos seus fãs de Miami que retornará em 2006-07 para defender o título, apesar de ter recebido propostas mais lucrativas de grandes equipes, como o San Antonio Spurs.

Destaques da Carreira[editar | editar código-fonte]

  • Campeão da NBA: 2006
  • Primeiro Time All-NBA: 1999
  • Segundo Time All-NBA: 2000
  • Melhor Jogador de Defesa da NBA: 1999, 2000
  • Melhor Time de Defesa da NBA: 1999, 2000
  • NBA All-Star: 1994, 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002
  • Liderou a NBA em Tocos: 3,91 tocos por jogo em 1999
  • Time de Calouros da NBA: 1993
  • Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de 2000 (Sydney)
  • Medalha de Ouro no Mundial de Basquete de 1994 (Canadá)
  • Medalha de Bronze no Mundial de Basquete em 1990 (Argentina)