Pidgin (comunicador instantâneo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Pidgin, veja Pidgin (desambiguação).
Pidgin
Logótipo
Captura de tela
Lista de contactos do Pidgin
Desenvolvedor Desenvolvedores do Pidgin
Lançamento 1999 (21–22 anos)
Versão estável 2.14.1[1] (11-06-2020)
Idioma(s) Mais de 80
Sistema operativo Multiplataforma
Gênero(s) Mensageiro instantâneo
Licença GNU GPL
Estado do desenvolvimento Ativo
Tamanho 30,9 MB (Windows)
Página oficial Pidgin.

Pidgin (conhecido anteriormente como Gaim) é um mensageiro instantâneo de código aberto, multiplataforma que suporta vários protocolos de comunicação instantânea. É um programa livre disponível sob a licença GNU General Public License.

Recursos[editar | editar código-fonte]

  • Compatibilidade com múltiplos sistemas operacionais, incluindo Windows e muitos sistemas Unix como o GNU/Linux, BSD e AmigaOS (por meio do sistema X11).
  • Suporte a múltiplos protocolos de rede.
  • Suporte a múltiplas contas de acesso.
  • Suporte a conversações áudio/vídeo.
  • Scripts automatizados para mudanças de estado.
  • Gerenciamento de conversas por abas.
  • Agrupamentos de múltiplos contatos em um só.
  • Registro de conversas.
  • Verificação ortográfica.

Protocolos compatíveis[editar | editar código-fonte]

Não são todos os protocolos que aparecem em algumas distribuições Linux quando instaladas (por exemplo: SILC não tem no pacote oficial GNU/Linux Debian) ou em outras similares.

Você pode adicionar mais protocolos através de plugins feitos por terceiros, como Telegram, Skype, Facebook Chat e etc. Ver a lista de plugins no site oficial ou o pacote da sua distribuição Linux, mas tome nota que nem todos plugins de protocolos são estáveis e alguns estão abandonados sem suporte (whatsapp-purple por exemplo).

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente escrito por Mark Spencer (que também é criador do Asterisk) para sistemas operativos Unix, atualmente funciona em várias plataformas, incluindo Microsoft Windows, Linux, Mac OS X - através da biblioteca libgaim e sob o nome de Adium, SkyOS, Qtopia.

Gaim[editar | editar código-fonte]

O termo "instant messenger" (inglês para mensageiro instantâneo) e o acrônimo "AIM" é uma marca de serviço (SM) possuído pela AOL Time Warner, portanto o Gaim não os pode utilizar. A partir de abril de 2007, o programa passou a se chamar Pidgin devido ao processo movido pela AOL que registrou a marca AIM (AOL Instant Messenger).

PhoneGaim[editar | editar código-fonte]

PhoneGaim é um software baseado no Gaim e também disponível sob a licença GPL, e utiliza o protocolo SIP para ser possível a comunicação por voz através da internet via VoIP.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kramlich, Gary (11 de junho de 2020). «Pidgin 2.14.1 Has been released!». lists.pidgin.im. Consultado em 12 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.