Internet Relay Chat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de IRC)
Ir para: navegação, pesquisa
Out of date clock icon.svg
Esta página pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes.

NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se foi redirecionado(a) para esta página e não é a que procura, consulte: IRC (desambiguação).
Uma captura de ecrã do XChat, a multiplataforma do IRC.

Internet Relay Chat (IRC) é um protocolo de comunicação utilizado na Internet. Ele é utilizado basicamente como bate-papo (chat) e troca de arquivos, permitindo a conversa em grupo ou privada. Foi documentado formalmente pela primeira vez em 1993, com a RFC 1459.

História[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O IRC foi escrito pelo programador finlandês Jarkko Oikarinen em 1988 na Universidade de Oulu na Finlândia.[1] O trabalho começou em agosto daquele ano e o objetivo era criar um sistema de teletexto comunitário que utilizasse TCP/IP com recursos avançados como conversa pública massiva entre milhares de usuários separados por canais e com mensagens privadas entre eles. Eles diziam que o IRC seria um complemento e até um avanço da Usenet pois permitiria encontro maciço de grupos em tempo real. Os amigos de Jarkko, Markku Järvinen e Vijay Subramaniam ajudaram na concepção dos clientes e servidores.

As primeiras redes surgiram na Finlândia e rodavam em servidores de Universidades. Logo se espalharam por instituições em toda Escandinávia. Em 1989 já existiam mais de 40 servidores espalhados por todo o mundo. Em 1993 durante a Guerra da Golfo o IRC foi usado para noticiar eventos em tempo real[2] entre usuários que tinham acesso à Internet em Universidades do Oriente Médio.

Expansão[editar | editar código-fonte]

Com a abertura comercial da Internet ao grande público em 1993, ao longo dos anos 1990 grandes redes de IRC começaram a surgir como EFnet e Undernet possibilitando que qualquer pessoa assinante de um provedor de acesso pudesse se conectar a essas redes. Muitas das novas redes que surgiam eram separações de grupos de usuários que não concordavam com regras dos servidores. Foi assim que em 1995 as primeiras redes de IRC no Brasil nasceram sendo fundadas por usuários brasileiros que já se conectavam às redes estrangeiras.

Popularidade[editar | editar código-fonte]

O IRC se tornou o principal meio de bate-papo na Internet no final dos anos 1990 e início dos anos 2000, concentrando milhares de usuários todos os dias. Tentaram recriar o mesmo sistema na Web e em Java, mas o IRC era insuperável pela capacidade de gerenciamento e o modo como os usuários interagiam. Por exemplo, os OPs (Operadores) cuidavam do bom andamento do canal expulsando usuários mal educados e que provocassem confusão.

O mIRC, cliente de IRC para Windows foi com certeza o mais popular e largamente utilizado, era fácil de usar e apresentava uma interface clara e agradável aos olhos dos iniciantes. Também possuía uma linguagem de scripts que permitiu que muitos programadores criassem variações do mIRC traduzidas para o português e com muitos recursos que facilitavam o seu uso. Surgiram também muitos jogos em canais, de enquetes e até xadrez por computador foi portado para o sistema que lidava apenas com texto ditando as notações do tabuleiro. O ápice do IRC no Brasil foi em 2001 onde ambas BrasIRC e BrasNET registraram recordes de usuários conectados.

Decadência[editar | editar código-fonte]

Xaric, um console baseado no IRC. São mostrados dois canais de IRC e uma conversa privada com o autor do software.

A decadência do IRC começou por volta de 2003 quando os mensageiros instantâneos se tornavam ainda mais populares, permitindo bate-papo com amigos sem ser importunado por desconhecidos e uma série de recursos que o IRC não permitia. Primeiramente o ICQ chamou a atenção dos usuários, pela praticidade e simplicidade na comunicação direta entre estes. Posteriormente o MSN Messenger foi ganhando espaço pois permitia conversas em vídeo por webcams e voz, além de integração com e-mail do Hotmail, jogos do portal MSN e salas de chat comunitárias que eram tão eficientes como o IRC em controle de usuários. Apesar de o bate-papo comunitário nos mensageiros não ter prosperado, eles permitiam conexões com sites de namoro aumentando a eficiência em conhecer gente nova como acontecia no IRC.

O lançamento da rede social Orkut foi o golpe final para as redes de IRC brasileiras. Os usuários do Orkut se reúnem em comunidades que possuem fóruns e neles organizam sistemas de chat nos tópicos. Com o auxílio do MSN, o Orkut sepultou de vez o IRC no Brasil e desde 2004 é restrito a encontro de saudosistas e subculturas.

No exterior, o IRC teve uma queda mais branda: apesar de perder muitos usuários, ainda mantinha uma boa taxa de conexões. O sistema de fóruns baseados em PHP foi também um dos grandes responsáveis pela queda do IRC por lá. Os usuários passaram a se organizar nesses fóruns e mantinham conversas em tempo real no MSN.

Reascensão[editar | editar código-fonte]

Em dias atuais o IRC está disponível por meio da plataforma web IRC, que permite que usuários adentrem ao sistema IRC por meio de acesso à web, que pode ser incorporada a sites via iframe, o que vem aumentando gradativamente usuários no IRC. Redes brasileiras como a BrasChat, BrasIRC, vIRCio, VirtuaLife, entre outras, tem feito uso dessa plataforma fornecendo webchat para diversos sites. Exemplo são algumas rádios web, que chegam a ter picos elevados de pessoas participando destes chats, usando o protocolo IRC. Muito sites usam essa plataforma, web IRC, oferecendo um chat semelhante aos conhecidos como: Terra; UOL, dividido por: temas; estados; cidades, idades; classes; gêneros musicais, etc. Podem existir redes de IRC com fusão entre países, como é o caso do Brasil com Portugal, rede BrasPort.

Referências

  1. "History of IRC (Internet Relay Chat)". daniel.haxx.se. Consult. 19 de fevereiro de 2011. 
  2. "Index of /pub/academic/communications/logs/Gulf-War". www.ibiblio.org. Consult. 19 de fevereiro de 2011. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Direct Connect - rede de troca de arquivos que foi influenciada pelo IRC.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Internet Relay Chat
Wikilivros
O Wikilivros tem um livro chamado Internet Relay Chat