Pornogrind

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pornogrind, também chamado de Porngrind, é um subgênero musical do Grindcore e Death metal que incorpora letras sobre temas sexuais adversos em sua música.[1][2] Várias bandas de Porngrind usa-se efeitos no Pig Squeal, igual em bandas de Goregrind.  Normalmente a bateria tem uma linha super acelerada e depois vai para uma linha mais tranquila. Porngrind retrata temáticas como sexo, estupro e afins.[3][4]

Alguns exemplos incluem: Cock and Ball Torture, Spasm, Gut e Rompeprop.

Referências

  1. Brown, Jonathon (6 de setembro de 2007). «Everything you ever wanted to know about pop (but were too old to ask)». London: The Independent. Consultado em 16 de junho de 2009. Arquivado do original em 14 de junho de 2008 
  2. Purcell, Natalie J. (2003). Death Metal Music: The Passion and Politics of a Subculture. [S.l.]: McFarland. p. 24. ISBN 0-7864-1585-1. Consultado em 28 de novembro de 2007 
  3. Anderson, Vicki. «Running the musical gauntlet». The Press. Consultado em 16 de junho de 2009 
  4. Hess, Amanda. «Brick and Mordor: A record store heavy on the metal spins its last gloom and doom». Washington City Paper. Consultado em 16 de junho de 2009. Arquivado do original em 19 de maio de 2008 
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.