Depressive suicidal black metal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Depressive suicidal black metal
Origens estilísticas Black metal
Dark ambient
Contexto cultural Final da década de 1990 na Escandinávia e Europa
Instrumentos típicos Bateria, baixo, guitarra, vocal, Teclado
Popularidade Underground
Outros tópicos
Depressão (humor)

Depressive black metal, também conhecido como depressive suicidal black metal (pela sigla DSBM), é o estilo mais depressivo do black metal. Contém harmonia simples e agressiva, porém, muito profunda e triste, uma melodia quase que inerte, entretanto, impactante. Suas letras abordam temas como suicídio, sofrimento, dor, automutilação, desespero, depressão entre outros temas sentimentais. Este estilo possui semelhanças com o dark ambient, porém é muito mais sombrio, pesado e mórbido. As bandas de black metal que mais inspiraram o DSBM em termos de sonoridade são as bandas Silencer e Darkthrone.[1]

Existem algumas músicas que são rápidas e agressivas, mas em geral, as músicas são lentas e com um vocal desesperado refletindo todos seus alicerces suicidas e depressivos. Também ligado à misantropia, o depressive black metal faz de si mesmo um estilo agressivo e ao mesmo tempo depressivo. O estilo não retrata em primeiro plano a religião, como se vê no black metal, ele normalmente fala sobre sentimentos como a tristeza e solidão, não abordando na maioria das vezes o satanismo. Porém, existem diversas bandas como Nocturnal Depression que retratam abertamente os temas paganismo e/ou satanismo em suas composições musicais, normalmente fazendo uma conexão filosófica e reflexiva sobre a coercividade da religião sobre o individuo ou mesmo em uma esfera coletiva.

Em geral, o depressive black metal tem vocais rasgados como se observa no black metal, porém, alternando entre um grito desesperado e um tipo de choro. O seu isolamento, sua dor, decepções, perdas, visões pessimistas e/ou realistas do mundo geram seus sentimentos mais depressivos e a atmosfera de perturbação de espírito transmitidos em suas letras e sonoridade.

Algumas bandas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Black Metal History: A brief history of a complex genre Arquivado em 30 de abril de 2013, no Wayback Machine. Anus.com. Visitado em 16/1/2013