Goregrind

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Goregrind
Origens estilísticas
Instrumentos típicos Bateria, Baixo, Guitarra, Vocal extremamente gutural ou com efeitos
Popularidade Underground
Formas derivadas Goregrind Splatter
Gêneros de fusão
Gorestep[1][2][3]

Goregrind é um tipo específico de grindcore cujas bandas adotam uma temática "gore", ou seja, as letras falam sobre doenças ou sobre violência de forma explícita, ou então são inspiradas em filmes com a mesma temática.[4] As capas dos álbuns de Goregrind muitas vezes trazem imagens extremamente chocantes e perturbadoras para a maioria das pessoas, como fotos de sexo, sangue, pessoas mortas, cadáveres mutilados e desfigurados, etc.[5]

Bandas notáveis do gênero[editar | editar código-fonte]

Banda País Formação Notas
Carcass Reino Unido 1985 [6][7][8]
The County Medical Examiners EUA 2001 [7][8]
Dead Infection Polônia 1990 [7][9]
Exhumed EUA 1990 [6][9]
General Surgery Suécia 1988 [6][7][8]
Haemorrhage Espanha 1990 [7][9]
Holocausto Canibal Portugal 1997 [7][9]
Impetigo EUA 1987 [7][8]
Inhume Países Baixos 1994 [7]
Last Days of Humanity Países Baixos 1989 [6][7][8]
Machetazo Espanha 1994 [10]
Pathologist República Tcheca 1990 [9]
[egurgitate Suécia 1990 [6][8]
Xysma Finlândia 1988 [9]

Referências

  1. Vox Magazine, ed. (1 de diciembre de 2011). «Borgore brings 'Gorestep' to The Blue Notework». Joanna Demkiewicz. Consultado em 25 de agosto de 2018. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda); |urlarchivo= e |arquivourl= redundantes (ajuda); Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. EDM Red, ed. (3 de diciembre de 2015). «Borgore en Madrid con Zoológico Club». Ramón Vicente  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. What is Gorestep?
  4. «Goregrind Music». OnlineRadioStations.com. Consultado em 6 de setembro de 2012. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  5. «Goregrind». rateyourmusic.com. Consultado em 6 de setembro de 2012 
  6. a b c d e Purcell, Natalie J. (2003). Death Metal Music: The Passion and Politics of a Subculture. [S.l.]: McFarland. pp. 23–24. ISBN 0-7864-1585-1. Consultado em 28 de novembro de 2007 
  7. a b c d e f g h i Badin, Olivier (2009). "Goregrind". Terrorizer, 181, p.41.
  8. a b c d e f "Grind Prix" (2005). Zero Tolerance #004, p. 46.
  9. a b c d e f Widener, Matthew. Carcass Clones. Decibel Magazine. [S.l.: s.n.] Consultado em 27 de fevereiro de 2009 
  10. «Machetazo biography @ MusicMight». Consultado em 18 de setembro de 2015. Arquivado do original em 5 de julho de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.