Quiá Rodrigues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Quiá Rodrigues (Minas Gerais) é um criador, construtor, manipulador de bonecos e diretor de cinema de animação brasileiro. Desde 1990, mora no Rio de Janeiro .

Ele é sócio da Oficina de Bonecos Animados e sua produtora, Janela Filmes, presta serviços de animação com bonecos, objetos e massinha.

Trabalhou criando, confeccionando ou dando vida a bonecos em programas de televisão, como: TV Colosso, Angel Mix, Flora Encantada, Bambuluá, TV Xuxa, Mundo da Imaginação, Morde e Assopra, Cavalinhos do Fantástico (Rede Globo), Mão e Giz, Paio e Dongo (Canal Futura), Animania (Tv Brasil). Também participou das edições do Projeto XSPB: 8,9,10 e 13.

Em animação, Quiá começou como assistente do animador Marcos Magalhães em clipe "Dos Margaritas" do Paralamas do Sucesso e na animação do ratinho de massinha do "Castelo Rá-Tim-Bum".

Em 1999, concluiu seu primeiro filme autoral, o De Janela Para o Cinema, em que usa bonecos animados na técnica stop-motion, também construídos por ele. O curta ganhou mais de trinta prêmios, entre eles, foi eleito o melhor filme brasileiro de animação no Anima Mundi 1999. O filme também foi indicado para a Mostra Cinefóndation do Festival de Cannes 2000.

Em 2013 concluiu seu recente curta de animação: Cabeça Papelão, baseado em conto de João do Rio. O curta foi eleito o melhor filme de animação no Grande Prêmio Cinema Brasil de 2013.

Em 2015 Quiá criou, co-roteirizou e dirigiu a série infantil com boneco "Paio & Dongo" para o Canal Futura, no ar de segunda a domingo as 08h da manhã e as 18hrs.

Desde 2014 ele e seu sócio Renato Spinelli dão vozes e vidas aos bonecos do quadro Cavalinhos do Brasileirão, durante o campeonato, todo domingo à noite, no programa Fantástico, da TV Globo.