Rio Itabapoana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Itabapoana
Rio Itabapoana na divisa entre Rio de Janeiro e Espírito Santo
Comprimento 250 km
Nascente Serra do Caparaó
Caudal médio 49,3 m³/s
Foz Oceano Atlântico
Área da bacia 4 875 km²
Afluentes
principais
Rio Calçado, Rio Barra Alegre, Rio Muqui do Sul
País(es)  Brasil

O rio Itabapoana é um rio que banha os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, no Brasil.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo "Itabapoana" deriva do termo tupi y-kûabapûana, que significa "correnteza de água (no rio ou no mar)".[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

As cabeceiras do rio Itabapoana localizam-se na serra do Caparaó. É formado pelo encontro do rio Preto com o Rio São João, na divisa dos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A partir daí, se estende por aproximadamente 250 km, servindo de limite entre o Espírito Santo e o Rio de Janeiro até desaguar no oceano Atlântico, próximo à cidade de São Francisco de Itabapoana.

Apresenta vazão média de 49,3 m³/s e tem, como alguns de seus afluentes, os rios Calçado, Barra Alegre e Muqui do Sul[2]. Sua bacia está inserida na região hidrográfica do Atlântico Sudeste. O rio Itabapoana apresenta 5 hidrelétricas e inúmeras cachoeiras e planícies em seu percurso.

Referências

  1. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 013. p. 71.
  2. «Região Hidrográfica do Rio Itabapoana». Instituto Estadual de Meio Ambiente (IEMA). Consultado em 21 de agosto de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.