Sabri Lamouchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sabri Lamouchi
صبري لاموشي
Sabri Lamouchi صبري لاموشي
Lamouchi em 2022
Informações pessoais
Nome completo Sabri Lamouchi
Data de nasc. 9 de novembro de 1971 (51 anos)
Local de nasc. Lyon, França
Nacionalidade francês
tunisiano
Altura 1,75 m
destro
Informações profissionais
Clube atual sem clube
Posição ex-volante
Função treinador
Clubes de juventude
1977–1981
1982–1989
Lyon-Duchère
Cascol Oullins
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1990–1994
1994–1998
1998–2000
2000–2003
2003–2004
2004–2005
2005–2006
2006–2007
2007–2008
2009
Alès
Auxerre
Monaco
Parma
Internazionale
Genoa (emp.)
Olympique de Marseille
Al-Rayyan
Umm-Salal
Al-Kharaitiyat
0129 000(30)
0176 000(25)
0072 0000(7)
0123 000(10)
0026 0000(0)
0020 0000(1)
0055 0000(6)
0007 0000(6)
0019 0000(0)
0010 0000(1)
Seleção nacional
1996–2001 França 0012 0000(1)
Times/clubes que treinou
2012–2014
2014–2017
2017–2018
2019–2020
2020–2021
Costa do Marfim
El-Jaish
Rennes
Nottingham Forest
Al-Duhail
Última atualização: 18 de fevereiro de 2022

Sabri Lamouchi (em árabe: صبري لاموشي; Lyon, 9 de novembro de 1971) é um treinador e ex-futebolista francês de ascendência tunisiana que atuava como volante. Atualmente está sem clube.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Após defender Lyon-Duchère e Cascol Oullins nas categorias de base, Lamouchi iniciou sua carreira profissional em 1990, no Alès, realizando 129 jogos e marcando 30 gols até 1994. Chamou a atenção do Auxerre, onde se destacou e atuou até 1998, conquistando dois títulos da Ligue 1 (Campeonato Francês) e da Copa da França, ambos na temporada 1995–96. Pelo clube borgonhês, foram 176 partidas e 25 gols.

Ainda teve boas passagens por Mônaco (72 jogos e sete gols marcados) e Parma (123 partidas e 10 gols), tendo conquistado mais dois títulos: a Copa da França de 1999–00, com a equipe do principado, e a Copa da Itália de 2001–02 pelo clube italiano.

Lamouchi jogou pela Internazionale na temporada 2003–04, atuando em 26 partidas, e pelo Genoa na temporada 2004–05 por empréstimo (20 jogos e um gol), sem agradar. Voltou ao futebol francês em julho de 2005, sendo anunciado pelo Olympique de Marseille.[1]

Atraído pelo "petrodólares" do Catar, Lamouchi foi contratado pelo Al-Rayyan em 2006, marcando um gol logo em sua estreia. Defenderia ainda Umm-Salal e Al-Kharitiyath, onde encerraria a carreira em 2009, quatro meses antes de completar 38 anos.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Estreou pela Seleção Francesa em 1996, fazendo parte do elenco que foi semifinalista da Eurocopa. Jogou apenas uma partida, contra a República Tcheca, pela semifinal da competição - os Bleus perderam nos pênaltis.

Incluído por Aimé Jacquet na pré-lista de 28 jogadores que disputariam a Copa do Mundo FIFA de 1998, Lamouchi foi um dos seis atletas cortados do elenco que sagrou-se campeão (os outros foram o goleiro Lionel Letizi, o zagueiro Martin Djetou, os meias Pierre Laigle e Ibrahim Ba e o atacante Nicolas Anelka).[2] Perdeu ainda a chance de disputar a Eurocopa de 2000 e Copa das Confederações FIFA de 2001, onde a França levaria o título nas duas competições. Em cinco anos de Seleção, Lamouchi atuou em 12 partidas e marcou um gol.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção Marfinense[editar | editar código-fonte]

Com a carreira de jogador encerrada, Lamouchi virou comentarista esportivo, exercendo a função até maio de 2012, quando foi contratado para treinar a Costa do Marfim, substituindo o demitido François Zahoui.[3] Com os Elefantes classificados para a Copa do Mundo FIFA de 2014, o ex-meio-campista, enfim, fez sua estreia em Copas como técnico de uma Seleção Nacional. No dia 14 de junho de 2014, a Costa do Marfim estreou no Mundial vencendo o Japão por 2 a 1, em jogo realizado na Arena de Pernambuco.[4] Lamouchi deixou o comando técnico no dia 24 de junho, após a participação marfinense no torneio, quando o selecionado amargou a eliminação na fase de grupos.[5][6]

Al-Jaish[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2014 assinou com o Al-Jaish, do Catar.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Auxerre
Mônaco
Parma
Olympique de Marseille

Como treinador[editar | editar código-fonte]

El Jaish
  • Copa do Catar: 2016

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Treinador do Mês da Championship: setembro de 2019 e janeiro de 2020

Referências

  1. «Olympique de Marselha apresenta mais dois reforços». Trivela. 13 de julho de 2005. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  2. «FRANCE AXE ANELKA; Gunners kid out of this world» (em inglês). The Free Library. 24 de maio de 1998. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  3. «Costa do Marfim precisa ser um time para cumprir expectativas». Trivela. 16 de novembro de 2013. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  4. Francisco De Laurentiis (14 de junho de 2014). «Craque é craque: Drogba entra, incendeia o jogo, e Costa do Marfim vira sobre o Japão». ESPN Brasil. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  5. Juscelino Filho e Thaís Jorge (24 de junho de 2014). «"Minha história com a Costa do Marfim acaba aqui", lamenta Lamouchi». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  6. «Ivory Coast coach Sabri Lamouchi steps down» (em inglês). BBC Sport. 25 de junho de 2014. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]