Jocelyn Angloma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jocelyn Angloma
Informações pessoais
Nome completo Jocelyn Angloma
Data de nasc. 7 de agosto de 1965 (53 anos)
Local de nasc. Les Abymes, Guadalupe
Nacionalidade francês / guadalupense
Altura 1,80 m
Apelido Anglomator
Informações profissionais
Equipa atual Guadalupe Guadalupe
Posição Treinador (Ex-volante e lateral-direito)
Clubes de juventude
1978–1985 Guadalupe L'Étoile de Morne-à-l'Eau
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1985–1987
1987–1990
1990–1991
1991–1994
1994–1996
1996–1997
1997–2002
2003–2007
França Rennes
França Lille
França Paris Saint-Germain
França Marseille
Itália Torino
Itália Internazionale
Espanha Valencia
Guadalupe L'Étoile de Morne-à-l'Eau
37 (1)
92 (13)
36 (6)
85 (3)
60 (7)
30 (1)
120 (5)
Seleção nacional
1990–1996
2006–2007
França França
Guadalupe Guadalupe
37 (1)
14 (4)
Times/Equipas que treinou
2009–2015
2017–
Guadalupe L'Étoile de Morne-à-l'Eau
Guadalupe Guadalupe

Jocelyn Angloma (Les Abymes, 7 de agosto de 1965) é um ex-futebolista e treinador de futebol guadalupinoque atuou como lateral e volante. Atualmente é treinador da Seleção de Guadalupe[1].

Carreira[editar | editar código-fonte]

A carreira de Angloma começa em 1978, quando ele tinha 13 anos. Sua primeira aparição em clubes foi em 1985, aos vinte anos, quando saiu do L'Étoile de Morne-à-l'Eau para jogar na França. Seu primeiro clube profissional foi o Rennes, onde fez 37 partidas e 1 gol.

Passou ainda por Lille e Paris Saint-Germain antes de chegar ao Olympique de Marseille, onde viveu sua melhor fase, sendo campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93 e do Campeonato Francês.

Curta passagem pela Itália[editar | editar código-fonte]

Na Itália, Angloma não teve muito sucesso, tendo feito 90 partidas na "Velha Bota", e marcando 8 gols (sete pelo Torino e um pela Inter de Milão).

Espanha e primeira aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Na Espanha, Angloma assinou com o Valencia em 1997. Lá, ele fez 120 jogos e 5 gols. Foi campeão do Campeonato Espanhol, da Copa da Espanha e da Supercopa da Espanha. Foi ainda duas vezes vice-campeão da Liga dos Campeões da UEFA. Em 2002, aos 36 anos, aposentou-se pela primeira vez dos gramados.

Volta à terra natal e aposentadoria definitiva[editar | editar código-fonte]

Após 18 anos, Angloma retornou a Guadalupe para jogar no clube que o revelou, o L'Étoile de Morne-à-l'Eau. Encerrou definitivamente a carreira de jogador em 2007, com 42 anos de idade.

Carreira internacional[editar | editar código-fonte]

Seleção Francesa[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Francesa, Angloma fez sua estreia em 1990, contra a Tchecoslováquia. Jogou as Eurocopas de 1992 e 1996, e atuou em 37 partidas pelos Bleus. Seu único gol pela seleção foi justamente em 1996, num amistoso contra a Armênia, às vésperas da Eurocopa disputada na Inglaterra.

Seleção de Guadalupe[editar | editar código-fonte]

Depois de uma década aposentado do futebol de seleções, o lateral passou a defender a Seleção de Guadalupe, que não é filiada à FIFA. Na Copa Ouro da CONCACAF de 2007, virou o articulador de jogadas da equipe[2], que surpreendeu ao chegar até a semifinal, onde perdeu para o México pelo placar de 1 a 0. Na competição, marcou 2 gols. Angloma jogou 14 vezes pelos Gwada Boys.

Carreira de técnico[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Angloma voltou novamente ao L'Étoile de Morne-à-l'Eau, desta vez para assumir o comando técnico da equipe, onde permaneceria até 2015. Após 2 anos parado, retomou a carreira de treinador em 2017, substituindo Gérard Andy.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Olympique de Marseille
Internazionale
Valencia
L'Etoile

Referências

  1. Angloma appointed Guadeloupe head coach (CONCACAF.com)
  2. "Digicel confirms full schedule for Digicel International Matches" Arquivado em 4 de julho de 2007[Erro data trocada] no Wayback Machine., www.digicelfootball.com, 21 de março de 2007, acessada em 1 de junho de 2007.