Bernard Lama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bernard Lama
Bernard Lama.jpg
Informações pessoais
Nome completo Bernard Pascal Maurice Lama
Data de nasc. 7 de abril de 1963 (54 anos)
Local de nasc. Saint-Symphorien, França
Altura 1,83 m
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1982-1983
1983-1984
1984-1989
1989-1990
1990-1991
1991-1992
1992-1997
1997-1998
1998-2000
2000-2001
França Abbeville
França Besançon
França Lille
França Metz
França Stade Brestois
França Lens
França PSG
Inglaterra West Ham
França PSG
França Rennes
0 (0)
23 (0)
103 (1)
38 (0)
38 (0)
36 (1)
221 (0)
12 (0)
65 (0)
32 (0)
Seleção nacional
1993-2000 Bandeira da França França 44 (0)
Times/Equipas que treinou
2006 Flag of Kenya.svg Quénia

Bernard Pascal Maurice Lama (Saint-Symphorien, 7 de abril de 1963) é um ex-goleiro francês e ex-treinador da Seleção Queniana de Futebol.

A origem da família de Bernard, contudo, é da Guiana Francesa, onde ele passou a sua juventude.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Lama veio da Guiana Francesa para os juvenis do Lille. Como profissional, jogou pelo pequeno Abbeville, sem atuar, e pelo Besançon, antes de voltar ao Lille em 1984. Em 1989, transferiu-se para o Metz, onde passou uma temporada, seguida de mais temporadas pontuais por Stade Brestois e Lens, antes de se transferir ao PSG, em 1992. Lá, jogou por cinco anos, destacando-se no gol da equipe parisiense. Foi vendido em 97 ao West Ham, onde durou apenas uma temporada. Voltou ao PSG e lá ficou por dois anos antes de se mudar para o Rennes, onde encerrou a carreira em 2001, aos 38 anos.

Durante sua longa carreira, fez 568 jogos e marcou dois gols: um pelo Lille e outro pelo Lens.

A carreira pela Seleção[editar | editar código-fonte]

Bernard estreou pela Seleção Francesa de Futebol em 17 de fevereiro de 1993, aos 29 anos de idade, contra Israel, jogo vencido pelos gauleses por 4 a 0. Já era titular na Eurocopa de 96, na qual a França foi eliminada na semifinal pela República Tcheca. Lama foi poupado do Torneio da França, em 1997, e nesse torneio viu crescer a sombra de Fabien Barthez. Em 1998, Lama recebeu dois meses de suspensão do futebol por antidoping positivo para maconha. Isto lhe custou a posição no gol da Seleção Francesa, perdendo para sempre o posto de titular para Barthez. Lama foi à Copa de 1998 como primeiro reserva, mas não jogou um minuto sequer, pois Barthez não largaria a posição até 2006. Ele também foi para a Euro 2000, contabilizando dois títulos pela Seleção, mesmo sem atuar. No total, fez 44 jogos pela seleção nacional.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Em 21 de julho de 2006, Bernard Lama foi nomeado técnico do Quênia. Sua estréia foi marcada pela derrota para a Eritréia pelo qualificatório para a Copa das Nações Africanas. Lama durou dois meses no cargo antes de pedir demissão e ser substituído por Tom Olaba.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Paris Saint-Germain


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bernard Lama