Marcel Desailly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marcel Desailly
MarcelDesailly.JPG
Informações pessoais
Nome completo Marcel Desailly
Data de nasc. 7 de setembro de 1968 (54 anos)
Local de nasc. Accra, Gana
Altura 1,88 m
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1986-1992
1992-1993
1993-1998
1998-2004
2004-2005
2005-2006
França Nantes
França Olympique Marseille
Itália Milan
Inglaterra Chelsea
Catar Al-Gharafa
Catar Qatar Sports Club
0178 0000(5)
0060 0000(2)
0186 0000(7)
0222 0000(7)
0028 0000(6)
0007 0000(0)
Seleção nacional
1993-2004 França França 0116 0000(3)

Marcel Desailly (Acra, Gana, 7 de setembro de 1968) é um ex-jogador de futebol ganês naturalizado francês, que atuava como defensor. Desailly é conhecido pela sua participação na Copa do Mundo de 1998, ajudando seu país a vencer em casa o Campeonato Mundial. Apelidado de The Rock, devido à sua consistência, força e estilo de jogo duro, Desailly é considerado um dos jogadores mais talentosos de sua geração e um dos melhores zagueiros de todos os tempos, que se destacou por sua liderança carismática e capacidade de organizar a linha de defesa de sua equipe e quebrar as jogadas de ataque ao longo de sua carreira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Gana (seu nome original é Adonke Abbey) mas obteve cidadania francesa ao ser adotado por um diplomata francês.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nantes[editar | editar código-fonte]

Marcel começou no Nantes, tornando-se profissional em 1986.

Olympique de Marseille[editar | editar código-fonte]

Em 1992, transferiu-se para o Olympique de Marseille, a primeira edição da renovada a UEFA Champions League, na final em Munique contra o Milan.

Ao chegar, porém, passou três meses jogando no time reserva que disputava a 3ª divisão ao lado de Fabien Barthez, o que pouco interessava ao treinador. Porém o presidente Bernard Tapieem intervém e seguida, dão-lhe três jogos para provar a si mesmo. Magoado ao máximo, Marcel conseguiu mostrar seu valor jogando no mais alto nível e voo na estreia do OM na Liga dos Campeões contra o Glasgow Rangers, assim torna-se titular indiscutível. [2]

Milan[editar | editar código-fonte]

Em 1993 foi contratado pelo Milan por 10,7 milhões de lira[3], sua estreia aconteceu no dia 21 de novembro contra o Napoli, derrotado por 2 a 1 no San Siro em jogo da Série A. Poucas semanas depois, Desailly jogou a partida da final do Mundial Interclubes daquele ano, contra o São Paulo.[4]

Após cinco temporadas Desailly encerrou sua passagem por Milão onde jogou 186 jogos, todos como titular (7 gols), dos quais 137 na Série A (5 gols).

Chelsea[editar | editar código-fonte]

Depois mudou-se para o Chelsea em 1998 por £ 4,6 milhões[5], onde foi capitão do time e jogou como líbero e zagueiro até o final da temporada 2003-04[6]. Célebre pela excelente marcação, Desailly atingiu o auge da carreira no Chelsea, ajudando no amadurecimento de um dos zagueiros mais respeitados do mundo, John Terry.

Em julho de 2004, com a chegada do técnico José Mourinho, Desailly deixou o Chelsea com um recorde de 222 jogos, incluindo 94 com a braçadeira de capitão.[7]

Al-Gharafa[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Desailly, de 36 anos, transferiu-se para o clube catariano Al-Gharafa, onde se tornou capitão da equipe. Liderados pelo técnico francês Bruno Metsu, eles venceram o Campeonato do Catar em 2005.[8][9]

Qatar Sports Club[editar | editar código-fonte]

Desailly se mudou para o Qatar SC em 2005 e anunciou sua aposentadoria em 2006, depois de levar a equipe ao segundo lugar na liga.[10]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Ganhou a Copa do Mundo de 1998 se tornando campeão em seu país, que era a sede do torneio. Também conquistou o Campeonato Europeu de 2000 e dois títulos da Copa das Confederações com a França, sendo um dos principais jogadores da equipe.

TV[editar | editar código-fonte]

Desailly se tornou comentarista esportivo durante a disputa da Copa do Mundo de 2006, onde a França se tornou vice-campeã, perdendo para a Itália na final. Atualmente, tenta manter o seu aprendizado como treinador de futebol.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Olympique Marseille

Milan

Chelsea

Al-Gharafa

Seleção Francesa

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Equipe Ideal da Eurocopa: 1996 e 2000[11]
  • Seleção da FIFA: 1996[12]
  • Seleção da Copa do Mundo: 1998[13]
  • Ordem Nacional da Legião de Honra: 1998[14]
  • Equipe da Década de 1990 da Premier League: 2003[15]
  • FIFA 100: 2004[16]
  • Troféu de Honra da UNFP: 2005[17]
  • Hall da Fama do Milan: 2015[18]
  • Lendas do Golden Foot: 2017[19]

Referências

  1. «Marcel Desailly» (em inglês). BBC. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  2. Gettliffe, Nicolas. Saga : Marcel Desailly, taille partron. [S.l.: s.n.] p. 14 à 23. ISSN 0995-6921 
  3. Calciatori ‒ La raccolta completa Panini 1961-2012 (em italiano). [S.l.]: Panini. p. 10 
  4. «São Paulo x Milan 1993: escalações, gols e tudo sobre a final do mundial». Goal. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  5. «Desailly plans to join Lazio next summer» (em inglês). The Independent. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  6. «Toujours le capitaine» (em francês). UEFA. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  7. «Davids está perto da Inter de Milão; Desailly deixa o Chelsea». UOL. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  8. «Desailly moves to Qatar» (em inglês). skysports. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  9. «From Batistuta and Desailly to Xavi and Sneijder: Qatari football's highest-profile signings ever» (em inglês). ESPN. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  10. «Desailly confirms his retirement» (em inglês). BBC. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  11. UEFA.com (1 de janeiro de 2020). «EURO 1996 Team of the Tournament». UEFA.com (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2022 
  12. «Matches of FIFA XI». www.rsssf.com. Consultado em 5 de junho de 2022 
  13. «FIFA Technical Study Group designates MasterCard All-Star Team - FIFA.com». web.archive.org. 29 de novembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2022 
  14. «The National Order of Merit | La grande chancellerie». www.legiondhonneur.fr. Consultado em 5 de junho de 2022 
  15. «The Premiership elite selection 1993-2003». www.telegraph.co.uk. Consultado em 5 de junho de 2022 
  16. «Pele's list of the greatest» (em inglês). 4 de março de 2004. Consultado em 5 de junho de 2022 
  17. «France - Footballer of the Year». web.archive.org. 5 de setembro de 2015. Consultado em 5 de junho de 2022 
  18. «Marcel Desailly: stats and matches». AC Milan (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2022 
  19. «Marcel Desailly nel gotha del calcio mondiale, suo il Golden Foot Hublot Legends - Riviera24 Sport». web.archive.org. 9 de novembro de 2017. Consultado em 5 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]