Marcel Desailly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcel Desailly
MarcelDesailly.JPG
Informações pessoais
Nome completo Marcel Desailly
Data de nasc. 7 de setembro de 1968 (50 anos)
Local de nasc. Accra, Gana
Altura 1,88 m
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1986-1992
1992-1993
1993-1998
1998-2004
2004-2005
2005-2006
França Nantes
França Olympique Marseille
Itália Milan
Inglaterra Chelsea
Catar Al-Gharafa
Catar Qatar Sports Club
0164 0000(5)
0058 0000(2)
0164 0000(7)
0191 0000(6)
0028 000(15)
0007 0000(0)
Seleção nacional
1993-2004 França França 0116 0000(3)

Marcel Desailly (Acra, Gana, 7 de setembro de 1968) é um ex-jogador de futebol francês de origem ganesa, que atuava como defensor. Desailly é conhecido pela sua participação na Copa de 98, ajudando seu país a vencer em casa a primeira Copa.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nantes[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Gana (seu nome original é Adonke Abbey) mas obteve cidadania francesa ao ser adotado por um diplomata francês. Marcel começou no Nantes, tornando-se profissional em 1986.

Marseille[editar | editar código-fonte]

Em 1992, se mudou para o Olympique de Marseille, ganhando a UEFA Champions League.

Milan[editar | editar código-fonte]

Em 1994, se mudou para o Milan, ganhando dois títulos italianos. Depois mudou-se para o Chelsea, onde terminou sua carreira no nível mais alto.

Chelsea[editar | editar código-fonte]

Célebre pela excelente marcação, Desailly atingiu o auge da carreira no Chelsea, ajudando no amadurecimento de um dos zagueiros mais respeitados do mundo, John Terry.

Qatar[editar | editar código-fonte]

Durante parte da temporada de 2005/06 ele ainda jogou no Qatar, mas anunciou sua aposentadoria em definitivo. ao fim da temporada de 2006.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Disputou a Copa das Confederações de 2001, na qual a seleção de seu país foi campeã. Na campanha do título, disputou apenas um jogo, contra a Austrália, que foi também a única vez que Née disputou uma partida oficial pelos Bleus.

TV[editar | editar código-fonte]

Nesse mesmo ano, ele se tornou comentarista esportivo durante a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2006, onde a França se tornou vice-campeã, perdendo para a Itália na final. Atualmente, Desailly tenta manter o seu aprendizado como treinador de futebol.

Títulos[editar | editar código-fonte]

França

Referências

  1. «France Champions». Consultado em 5 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]