Salve-se Quem Puder - Rally da Juventude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Salve-se quem puder - Rally da Juventude
 Brasil
1972 •  cor •  92 min 
Direção J.B.Tanko
Roteiro Gilvan Pereira
J.B.Tanko
Elenco Navarro Puppin
Jorge Cherques
Norma Sueli
Género comédia
Idioma português

Salve-se quem puder - Rally da juventude ou simplesmente Rally da Juventude é um filme de comédia brasileiro de 1972, dirigido por J.B.Tanko. Trilha musical de Zé Rodrix.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Participação especial:

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O milionário solteirão Aníbal resolve promover a competição "Rally da Juventude" que acaba causando uma discussão entre a sobrinha Helena e o namorado dela, Fernando. O motivo é que o rapaz e sua turma querem participar da competição sem a companhia das namoradas. Helena então resolve pedir ao tio que a deixe utilizar Boddy II, um calhambeque de corrida que parece ter vida própria e é muito malandro. Marieta, a eterna namorada de Aníbal também resolve competir, sob a promessa de que o milionário se casará com ela se disputasse o rally. Ela e a fiel e atrapalhada empregada Geralda vão pilotar Jaqueline, outro carro que também ganha vida própria. Enquanto a competição se desenvolve, um trio de bandidos planeja roubar o troféu oferecido por Aníbal aos vencedores: o "Garoto de Ouro", uma estatueta de ouro de cinco quilos.

Referências