Scott McCloud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scott McCloud
Scott McLeod
Scott McCloud.Making Comics Tour.RISD.gk.JPG

Nascimento 10 de junho de 1960 (55 anos)
Local Boston, Massachusetts, EUA
Nacionalidade estadunidense
Área(s) de atuação desenhista, escritor, teórico
Trabalhos de destaque Zot!, Desvendando os Quadrinhos, Reinventando os Quadrinhos, Desenhando Quadrinhos

Scott McCloud (nascido Scott McLeod, Boston, Massachusetts, 10 de junho de 1960) é um quadrinista americano e defensor dos quadrinhos como uma forma literária e de arte autônoma.

Scott McCloud em Montreal, Quebec, 2006. (Imagem:Simon Law)

Biografia[editar | editar código-fonte]

McCloud começou a destacar-se como autor de quadrinhos com a série de ficção científica "Zot!", publicada entre 1984 e 1990 pela Eclipse Comics.[1]

Sua popularidade, no entanto, é maior como teórico dos quadrinhos, devido aos seus livros "Desvendando os Quadrinhos" (Understanding Comics: The Invisible Art), de 1993 e "Reinventando os Quadrinhos" (Reinventing Comics: How Imagination and Technology Are Revolutionizing an Art Form), de 2000. Em 2006, ele publicou "Desenhando Quadrinhos" (Making Comics: Storytelling Secrets of Comics, Manga and Graphic Novels). Nessas obras, todas apresentadas como história em quadrinhos, McCloud aborda todo processo de criação de histórias nesse formato, analisando-o tanto pelos aspectos conceitual e artístico como também pelo técnico e comercial.

Soctt McCloud foi também um dos pioneiros na produção de Webcomics e idealizador do conceito de 24 horas de quadrinhos (24-hour comic), em que um único artista trabalha durante 24 horas ininterruptas criando uma história de 24 páginas.[2] [1] A idéia, que surgiu de um desafio pessoal com o cartunista Stephen Bissette, desde então angariou um número significativo de adeptos.[3]

Em 1º de setembro de 2008, para divulgar o lançamento do navegador Google Chrome, a Google publicou na Internet um press release em formato de quadrinhos desenhado por McCloud.[4]

Recepção e legado[editar | editar código-fonte]

McCloud tem sido chamado de "Marshall McLuhan dos quadrinhos".[1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Understanding Comics: The Invisible Art (1993)
  • Reinventing Comics: How Imagination and Technology Are Revolutionizing an Art Form (2000)
  • Making Comics: Storytelling Secrets of Comics, Manga and Graphic Novels (2006)

Referências


Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Scott McCloud