She's So Unusual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

She's So Unusual é o primeiro álbum solo de estúdio da cantora americana Cyndi Lauper, lançado em 14 de outubro de 1983 pela Portrait Records.

She's So Unusual
Álbum de estúdio de Cyndi Lauper
Lançamento 14 de Outubro de 1983
Gravação 1983; Record Plant Studios
(Nova York)[1]
Gênero(s) New wave, pop rock
Duração 38:42
Gravadora(s) Portrait Records Epic Records
Produção Rick Chertoff, William Wittman, Cyndi Lauper
Cronologia de Cyndi Lauper
True Colors
(1986)
Singles de She's So Unusual
  1. "Girls Just Want to Have Fun"
    Lançamento: 6 de Setembro de 1983
  2. "Time After Time"
    Lançamento: 27 de Janeiro de 1984
  3. "She Bop"
    Lançamento: 2 de Julho de 1984
  4. "Money Changes Everything"
    Lançamento: 20 de Julho de 1984
  5. "All Through the Night"
    Lançamento: Setembro de 1984
  6. "I'll Kiss You"
    Lançamento: 11 de Agosto de 1984
  7. "When You Were Mine"
    Lançamento: 31 de Janeiro de 1985

Em 1982, após sua passagem pela banda Blue Angel, Cyndi Lauper recebeu um convite de sua gravadora para gravar seu primeiro álbum solo, intitulado She's so Unusual. O disco, gravado no verão de 1983 em Nova York, possui gêneros new wave e pop rock, e obteve grande sucesso comercial, tendo seu pico em #4 na Billboard 200, principal parada de álbuns dos Estados Unidos. O álbum foi condecorado com seis certificados de platina, atribuídas pela Recording Industry Association of America, por vendas superiores a 6 milhões de cópias no país. She's so Unusual vendeu mais de 22 milhões de cópias mundialmente[2], se tornando um dos discos mais vendidos por uma artista feminina nos anos 80. Além de obter grande êxito comercial, o álbum foi muito bem recebido pelos críticos especializados, entrando em listas das revistas americanas Rolling Stone e Slant Magazine, como The 500 Greatest Albums of All Time[3] , Women Who Rock: The 50 Greatest Albums of All Time[4] e The 100 Best Albums of the 1980s[5].

Com She's So Unusual, Cyndi Lauper recebeu inúmeras nomeações e prêmios, incluindo cinco nomeações ao Grammy Awards, sendo essas nas categorias "Album of the Year", "Best Female Pop Vocal Performance" e "Record of the Year" por "Girls Just Want to Have Fun", "Song of the Year" por "Time After Time" e "Best New Artist", categoria cujo qual saiu vencedora. Além de ganhar o Grammy Awards, Cyndi Lauper também recebeu o MTV Video Music Award na categoria "Best Female Video" por "Girls Just Want to Have Fun", o American Music Awards nas categorias "Favorite Pop/Rock Female Video Artist" e "Favorite Pop/Rock Female Artist", entre outros.

O álbum contou com seis singles para divulgação. O primeiro, "Girls Just Want to Have Fun", lançado em 6 de setembro de 1983, chegou ao número #2 na Billboard Hot 100[6], principal parada de singles dos Estados Unidos, tornando-se uma das canções mais populares daquele ano em nível mundial. "Time After Time" foi lançado como o segundo single do álbum, chegando ao número #1 da Billboard Hot 100[7], sendo a primeira canção de Cyndi Lauper a chegar ao topo da parada. "She Bop" e "All Through the Night", foram outros dois grandes sucessos, chegando respectivamente ao #3 e #5 na Billboard Hot 100. O quinto e sexto singles, "Money Changes Everything" e "When You Were Mine", obtiveram um sucesso moderado.

Para ajudar na comercialização do disco, Cyndi Lauper iniciou sua primeira turnê mundial, intitulada The Fun Tour, uma série de shows que contou com 111 apresentações em países como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Suiça, Japão, entre outros. Além da turnê, a cantora realizou diversas apresentações ao vivo em programas televisivos, como também em premiações, como o Grammy Awards e o American Music Awards.

Com She's so Unusual, Cyndi Lauper explodiu no mercado fonográfico mundial, se consagrando como uma das maiores artistas dos anos 80. Ditou tendências que iam muito além da música, como também moda, comportamento e empoderamento, influenciando toda uma geração.

Crítica[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Alternative Press (favorável)[8]
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[9]
Slant Magazine 4.5 de 5 estrelas.[10]
Rolling Stone 4.0 de 5 estrelas.[11]
Robert Christgau (A)[12]

Stephen Thomas Erlewine da Allmusic deu ao álbum 3,5 estrelas, chamando-o de "Uma mistura de auto-confiança, sentimentalismo descarado e um humor inteligente". Sal Cinquemani da Slant Magazine chamou o álbum de "Um clássico dos anos 80s."

Faixas[editar | editar código-fonte]

She's So Unusual – Edição padrão
N.º Título Compositor(es) Editor(es) Duração
1. "Money Changes Everything"   Tom Gray Gray Matter Music/ATV Music Corp. 5:06
2. "Girls Just Want to Have Fun"   Robert Hazard Heroic Music 3:58
3. "When You Were Mine"   Prince Ecnirp Music 5:06
4. "Time After Time"   Rob Hyman, Cyndi Lauper Dub Notes, Rella Music 4:03
5. "She Bop"   Rick Chertoff, Gary Corbett, Lauper, Stephen Broughton Lunt Rellla Music Co., Noyb Music Co., Wall to Wall Music Co. & Hobbler Music 3:51
6. "All Through the Night"   Jules Shear Funzalo Music/Juters Music Co. 4:33
7. "Witness"   Lauper, John Turi Turalaura Music and Turi Music 3:40
8. "I'll Kiss You"   Lauper, Shear Rellla Music Co., Funzalo Music / Juters Music Co. 4:12
9. "He's So Unusual"   Al Sherman, Al Lewis, Abner Silver Shapiro, Bernstein & Co. Inc 0:45
10. "Yeah Yeah"   Hasse Huss, Mikael Rickfors Stainless Music Corp. 3:18


She's So Unusual: A 30th Anniversary Celebration
Edição comemorativa de 30 anos do álbum, lançado em 1 de abril de 2014.[13]

Paradas musicais e certificações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cyndi Lauper – She's So Unusual». Discogs 
  2. [1]
  3. Women Who Rock: The 50 Greatest Albums of All Time
  4. «Women Who Rock: The 50 Greatest Albums of All Time». Rolling Stone. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  5. «The 100 Best Albums of the 1980s | Feature | Slant Magazine». Slant Magazine (em inglês) 
  6. «Cyndi Lauper Girls Just Want To Have Fun Chart History». Billboard 
  7. «Cyndi Lauper Time After Time Chart History». Billboard 
  8. «Alternative Press - She's So Unusual». Alternative Press. Cleveland, Ohio: Alternative Magazines. p. 84. ISSN 1065-1667. There are some fine tunes here 
  9. Erlewine, Stephen Thomas. "Cyndi Lauper: She's So Unusual > Review" (em inglês) no Allmusic
  10. Cinquemani, Sal. «Cyndi Lauper: She's So Unusual». Slant Magazine 
  11. Loder, Kurt. «Cyndi Lauper: She's So Unusual». Straight Arrow. Rolling Stone. ISSN 0035-791X 
  12. Christgau, Robert. «Cyndi Lauper». RobertChristgau.com 
  13. «Cyndi Lauper ‎– She's So Unusual (A 30th Anniversary Celebration)». Discogs. Consultado em 10 de setembro de 2016 
  14. «Charts-Surfer». Charts-surfer.de 
  15. Kent, David (1993). Kent Music Report. St Ives, New South Wales: Australian Chart Book. ISBN 0-646-11917-6  Texto "Australian Chart Book 1970-1992" ignorado (ajuda); Texto "St Ives, N.S.W." ignorado (ajuda);
  16. Hung, Steffen. «Austria Top 40 - Hitparade Österreich». austriancharts.at 
  17. «RPM 100 Albums». archived at Library and Archives Canada. RPM (Volume 40, No. 14) 
  18. a-シンディ・ローパー «- Yamachan Land (Archives of the Japanese record charts) - Albums Chart Daijiten - Cyndi Lauper» Verifique valor |url= (ajuda) (em Japanese). 30 de dezembro de 2007. Consultado em 8 de julho de 2011 
  19. Hung, Steffen. «Norwegian charts portal». norwegiancharts.com 
  20. Hung, Steffen. «New Zealand charts portal». charts.org.nz 
  21. Hung, Steffen. «Die Offizielle Schweizer Hitparade und Music Community». swisscharts.com 
  22. Hung, Steffen. «Swedish Charts Portal». swedishcharts.com 
  23. «UK Singles & Albums Chart Archive». Chart Stats 
  24. «Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music». Billboard.com 
  25. Germany - She's So Unusual Gold
  26. France - She's So Unusual Gold
  27. Hong Kong - She's So Unusual Gold
  28. Canadian - She's So Unusual platinum
  29. Swiss - She's So Unusual
  30. UK - She's So Unusual Gold
  31. RIAA - EUA/ She's So Unusual Platinum
  32. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome independent.co.uk