Stefano Tamburini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Stefano Tamburini (Roma, Itália, 18 de agosto de 1955 - Roma, Itália, abril de 1986) foi um quadrinista italiano. Ele criou diversas revistas alternativas importantes dos quadrinhos italianos, como Combinazioni (1974), Cannibale (1977) e Frigidaire (1980).[1] [2] [3] [4] [5]

Junto com o desenhista Tanino Liberatore, criou o personagem RanXerox, que ganhou o prêmio Alfred Presse no Festival de Angoulême em 1983. O personagem também foi publicado no Brasil em 1988 (pela editora VHD Diffusion) e em 2010 pela Conrad Editora.[6]

Tamburini foi encontrado morto por overdose em seu apartamento, em Roma, no mês de abril de 1986. Não se sabe a data certa em que a morte ocorreu.[7]

Referências

  1. Michele Mordente e Giuseppe Marano (a cura di), Una matita a serramanico, Millelire, Viterbo, Stampa Alternativa, 1997
  2. Stefano Peppoloni e Michele Mordente (a cura di), Stefano Tamburini, Flit n.5, Perugia, Edizioni Art Core, 1998
  3. Michele Mordente (a cura di), Stefano Tamburini: Ranxerox - le sceneggiature originali, Viterbo, Stampa Alternativa, 2002
  4. Filippo Scòzzari, Prima pagare poi ricordare. Da «Cannibale» a «Frigidaire». Storia di un manipolo di ragazzi geniali, Roma, Coniglio Editore, 2004. ISBN 88-88833-13-7
  5. Michele Mordente (a cura di), Banana Meccanica, Coniglio Editore. 2006. ISBN 978-88-6063-010-0
  6. CODESPOTI, Sérgio. Glénat lançará encadernado de RanXerox Universo HQ
  7. Frigidaire - Intervista a Vincenzo Sparagna.