O Incal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Incal
Coleção
Imagem ilustrativa padrão; esse artigo não possui imagem.
País de origem  França
Língua de origem Francês
Editora(s) Dupuis
Número de álbuns 6 + 1
Género(s) ficção científica
Autor(es) Alejandro Jodorowsky
Moebius
Argumento Alejandro Jodorowsky
Desenho Moebius
Personagens principais John Difool
Título(s) em português Uma Aventura de John Difool
Editora(s) lusófona(s) Editorial Futura
Meribérica
Devir

O Incal é uma saga de ficção científica em quadrinhos escrita por Alejandro Jodorowsky e ilustrada por Moebius.

Em um distante futuro imaginário, o detetive particular John Difool recebe um cristal muito poderoso, o Incal Branco, das mãos de um alienígena moribundo. O Incal é disputado por diversas facções: os alienígenas, o governo, os rebeldes e uma seita tecnológica que adora o Incal Escuro.

Em fuga, John Difool e seu pássaro de estimação, uma "gaivota do concreto", são forçados a juntar forças com outras pessoas que também procuram o Incal: o Metabarão, as irmãs Animah e Tanatah, Solune (um messias andrógino) e Kill, um mercenário com cabeça de cachorro.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Atualmente encontram-se 4 compilados com série no Brasil; sendo três contendo 2 tomos cada e um com a série completa, todos lançados pela editora Devir.

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Fora de série : Les Mystères de l'Incal 1989 (Não editado em Portugal)

Séries derivadas[editar | editar código-fonte]

Antes do Incal[editar | editar código-fonte]

  1. Avant L'Incal (O nome foi posteriormente alterado para Adieu le père), 1988
  2. Detective privé de classe "R", 1990
  3. Croot, 1991
  4. Anarcho psychotiques, 1992
  5. Ouisky, SPV, et homéoputes, 1993
  6. Suicide allée, 1995

Depois do Incal[editar | editar código-fonte]

  1. Le nouveau reve, 2000

Abandonada a seguir ao primeiro volume.

Incal Final[editar | editar código-fonte]

  1. Les Quatre John Difool, 2008
  2. L'Androgyne Capricieux, ainda por lançar.

Programados dois volumes finais.

A Casta dos Meta-barões[editar | editar código-fonte]

  1. Othon le Trisaïeul, 1992
  2. Honorata la Trisaïeule, 1993
  3. Aghnar le Bisaïeul, 1995
  4. Oda la Bisaïeule, 1997
  5. Tête d'acier l'Aïeul, 1998
  6. Doña Vicenta Gabriela de Rhoka l'Aïeule, 1999
  7. Aghora, le père-mère, 2002
  8. Sans nom, le dernier des Métabarons, 2003
Fora de série:
La Maison des ancêtres, Setembro de 2008
Les Armes du Méta-Baron, Setembro de 2008

Os Técno-padres[editar | editar código-fonte]

  1. La Pré-école Techno, 1998
  2. L'École pénitentiaire de Nohope, 1999
  3. Planeta Games, 2000
  4. Halkattrazz, l'étoile des Bourreaux, 2002
  5. La secte des Techno-évêques, 2003
  6. Les secrets du Techno-Vatican, 2004
  7. Le Jeu parfait, 2005
  8. La Galaxie Promise, 2006

Megalex[editar | editar código-fonte]

  1. L'anomalie, 1999
  2. L'Ange bossu, 2002
  3. Le cœur de Kavatah, 2008
Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.