Stripped (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Stripped"
Single de Depeche Mode
do álbum Black Celebration
Lado B "But Not Tonight", "Black Day", "Breathing in Fumes"
Lançamento 10 de fevereiro de 1986
Formato(s) Vinil, CD Single
Gravação Final de 1985
Gênero(s) Synth-pop, dark wave
Duração 3:47 (7"/single version)
6:41 (12" version)
4:16 (album version)
Gravadora(s) Mute Records
Composição Martin L. Gore
Produção Depeche Mode, Daniel Miller, Gareth Jones
Cronologia de singles de Depeche Mode
"It's Called a Heart"
(1985)
"A Question of Lust"
(1986)
"But Not Tonight"
Single de Depeche Mode
do álbum Black Celebration
Lado B "Stripped", "Black Day", "Breathing in Fumes"
Lançamento 22 de outubro de 1986
Formato(s) CD, 7", 12"
Gravação 1985-1986
Gênero(s) Synth-pop, new wave, alternative dance
Duração 4:15 (7"/Single version)
6:18 (USA 12" Version)
5:16 (UK 12"/Album Version)
Gravadora(s) Mute Records, Sire Records
Composição Martin L. Gore
Produção Depeche Mode, Daniel Miller, Gareth Jones
Cronologia de singles de Depeche Mode
"A Question of Time"
(1985)
"Strangelove"
(1987)

"Stripped" é o décimo quinto single do Depeche Mode, lançado no dia 10 de fevereiro de 1986. Foi o primeiro single do álbum Black Celebration, e o décimo terceiro single consecutivo total e sexto da banda a bater no Top 20 do Reino Unido, chegando na posição #15.

A gravadora americana Sire Records, contudo, decidiu usar o lado b "But Not Tonight" na trilha sonora do filme Modern Girls e incluíram a canção na edição americana do Black Celebration. Por conseguinte, o single foi lançado como "But Not Tonight" nos Estados Unidos. O single não traçou um gráfico. A banda não ficou feliz com esta decisão, vendo "But Not Tonight" como uma canção pop inútil gravada a menos de um dia.

Outros dois lados b são "Breathing in Fumes" e "Black Day". "Breathing in Fumes" é uma nova canção usando samples de "Stripped", mixado pela banda e Thomas Stiehler. "Black Day" é um acústico, uma versão alternativa de "Black Celebration" cantada por Martin Gore, e é co-escrito por ele, Alan Wilder, e o produtor Daniel Miller - a única canção do Depeche Mode onde Miller recebe um crédito de composição.

A "Highland Mix" de "Stripped" foi remixada por Mark Ellis (conhecido como Flood), quem no futuro produziria os dois álbuns da banda, Violator e Songs of Faith and Devotion. A edição britânica do CD de Black Celebration incluem um extended remix de "But Not Tonight" junto com "Black Day", e "Breathing in Fumes" como faixa bônus.

Sobre a produção[editar | editar código-fonte]

"Stripped" é bem conhecido pelo seu uso inovador de sampling. O início é um som alterado e baixo reduzido a velocidade de uma gerência de motor de motocicleta, enquanto a melodia principal inicia com o começo de ignição de um carro, e os sons de usos de fim de fogos de artifício.[1]

Sobre o videoclipe[editar | editar código-fonte]

O vídeoclipe de "Stripped" foi o último da banda a ser dirigido por Peter Care e foi filmado do lado de fora dos Estúdios Hansa. O vídeoclipe "But Not Tonight" foi dirigido por Tamra Davis e está disponível em múltiplas versões.

Faixas de "Stripped"[editar | editar código-fonte]

7": Mute / Bong10 (GBR)

  1. "Stripped" – 3:47
  2. "But Not Tonight" – 4:15

12": Mute / 12Bong10 (GBR)

  1. "Stripped (Highland Mix)" – 6:40
  2. "But Not Tonight (Extended Remix)" – 5:11
  3. "Breathing in Fumes" – 6:04
  4. "Fly on the Windscreen (Quiet Mix)" – 4:23
  5. "Black Day" – 2:34

CD: Mute / CDBong10 (GBR)

  1. "Stripped" – 3:53
  2. "But Not Tonight" – 4:17
  3. "Stripped (Highland Mix)" – 6:42
  4. "But Not Tonight (Extended Remix)" – 5:14
  5. "Breathing in Fumes" – 6:06
  6. "Fly on the Windscreen (Quiet Mix)" – 4:25
  7. "Black Day" – 2:37
  • O CD single foi lançado em 1991 como parte da compilação singles box set.

CD: Intercord / INT 826.835 (Alemanha)

  1. "Stripped (Highland Mix)" – 6:40
  2. "But Not Tonight (Extended Remix)" – 5:11
  3. "Breathing in Fumes" – 6:04
  4. "Fly on the Windscreen (Quiet Mix)" – 4:23
  5. "Black Day" – 2:34

Faixas de "But Not Tonight"[editar | editar código-fonte]

7": Sire / 7-28564 (EUA)

  1. "But Not Tonight" A – 3:54
  2. "Stripped" – 3:59

12": Sire / 0-20578 (EUA)

  1. "But Not Tonight (Extended Mix)" A – 6:17
  2. "Breathing in Fumes" – 6:04
  3. "Stripped (Highland Mix)" – 6:41
  4. "Black Day" – 2:35

A As versões 7" e 12" nos EUA de "But Not Tonight" são diferentes do que usado nos singles britânicos - eles foram remixados por Robert Margouleff. O 12" apareceu depois no quarto disco raro da compilação de remixes da banda, Remixes 81-04, como Margouleff Dance Mix.

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

País Posição mais alta
Alemanha 4
Suíça 8
Suécia 9
Reino Unido 15
Nova Zelândia 41

Versão de Rammstein[editar | editar código-fonte]

"Stripped"
Single de Rammstein
do álbum For the Masses
Lançamento 27 de julho de 1998
Formato(s) CD
Gravação 1998
Gênero(s) Neue Deutsche Härte
Synth Pop
Música Eletrônica
Duração 28:23
Gravadora(s) Motor Music
Produção Jacob Hellner
Rammstein
Cronologia de singles de Rammstein
"Du riechst so gut '98"
(1998)
"Asche zu Asche"
(1999)

Stripped é o sétimo single da banda alemã Rammstein, lançado em 27 de julho de 1998. É um cover da música do Depeche Mode. A música foi originalmente lançada no álbum For the Masses, um tributo ao Depeche Mode. Mas posteriormente foi lançada nas versões americana e canadense do álbum Sehnsucht. É a primeira música inteiramente em inglês do Rammstein.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Stripped"   4:25
2. "Stripped" (Psilonaut Mix por Johan Edlund - Tiamat) 4:28
3. "Stripped" (Heavy Mental Mix por Charlie Clouser) 5:12
4. "Stripped" (Tribute to Düsseldorf Mix por Charlie Clouser) 5:10
5. "Stripped" (FKK Mix por Günter Schulz - KMFDM) 4:35
6. "Wollt ihr das Bett in Flammen sehen" (Video - Live Arena, Berlin '96) 5:01
Duração total:
28:23

Posição nas paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas (1998) Melhor posição
Áustria (Ö3 Austria Top 75)[2] 27
Alemanha (Media Control AG)[3] 14
Suíça (Schweizer Hitparade)[4] 42

Fontes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Recoil.co.uk. «A Recoil Retrospective - Depeche Mode special part 1: Black Celebration». Consultado em 24 de novembro de 2010. Arquivado do original em 16 de julho de 2011 
  2. «Rammstein – Stripped Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien. Consultado em 7 January 2019.
  3. «Rammstein - Stripped» (em alemão). Charts.de. Media Control. Consultado em 7 January 2019.
  4. «Rammstein – Stripped swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em 7 January 2019.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]