The Black Keys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Black Keys
Blackkeys022011.jpg
Patrick e Dan em um concerto em 2011
Informação geral
Origem Akron, Ohio
País  Estados Unidos
Gênero(s) Blues-rock
Punk de garagem
Rock alternativo
Indie rock
Período em atividade 2001 - presente
Gravadora(s) Alive Records
Fat Possum Records
Nonesuch Records
Página oficial Site oficial
Integrantes
Dan Auerbach (guitarra)
Patrick Carney (bateria)

The Black Keys é uma dupla estadunidense de blues-rock formada pelo vocalista/guitarrista Dan Auerbach e pelo baterista/produtor Patrick Carney no ano de 2001 em Akron, Ohio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início com o álbum The Big Come Up (2001—02)[editar | editar código-fonte]

The Black Keys foi formado em 2001 e no início da carreira já era bastante ativo na cena underground de Akron, Ohio. A banda lançou seu álbum de estréia The Big Come Up em 2002 e fez muito sucesso para uma banda de rock independente. The Big Come Up bem como o álbum seguinte Thickfreakness (lançado em 2003), foram gravados no porão da casa de Patrick, sendo utilizado um gravador de fita cassete dos anos 80. O álbum gerou dois singles lançados em um EP, Leavin' Trunk e She Said, She Said no qual ambas as músicas são regravadas de outros artistas. Leavin Trunk é um blues tradicional e She Said, She Said foi gravado originalmente pelos Beatles. I'll Be Your Man é o tema da série americana Hung do canal HBO.

Thickfreakness (2003)[editar | editar código-fonte]

A banda lançou Thickfreakness em Abril de 2003 que juntamente com The Big Come Up, foi gravado no porão da casa de Patrick. O álbum foi favorecido pelos críticos e três singles foram lançados desse álbum: Set You free, Hard Row que apareçe na séria da FX Sons of Anarchy, e uma regravação de Have Love Will Travel. Set You Free foi trilha sonora do filme School of Rock bem como na comédia I Love You, Man de 2009.

Em 16 de setembro de 2003 lançaram um EP dividido com a banda The Six Parts Seven intitulado The Six Parts Seven/The Black Keys EP que contou com uma música do The Six Parts Seven e três músicas do The Black Keys.

Rubber Factory e o primeiro álbum ao vivo (2004—05)[editar | editar código-fonte]

Rubber Factory, o terceiro álbum da banda, foi lançado em 2004. Com Thickfreakness e Rubber Factory a banda ganhou reconhecimento e popularidade, alavancando a carreira. Rubber Factory foi gravado em uma fábrica abandonada em Akron no início de 2004. De acordo com Patrick, esta fábrica foi demolida no início de 2010. Os destaques do álbum são 10 A.M. Automatic, 'Til I Get My Way e Girl Is On My Mind que foram lançados em um EP. When The Lights Go Out foi usado em trailers para o filme Black Snake Moan. 10 A.M. Automatic foi usado no Live Free or Die, The Go Getter, como trilha sonora para o MLB '06: The Show e para um comercial da American Express. The Go Getter também destacou Keep Me. Grown So Ugly foi destaque no filme Cloverfield e Girl Is On My Mind nos comerciais da Sony Ericsson e Victoria's Secret. Durante este tempo eles também abriram show para bandas como Pearl Jam, Beck, Radiohead e Sleater-Kinney.

Durante este tempo, a banda lançou também seu primeiro álbum ao vivo: Live, lançado em 2005 gravado no The Metro Theatre em Sydney, Australia.

The Moan é um EP que foi lançado em 19 de janeiro de 2004, destacando Have Love Will Travel como uma versão alternativa de Heavy Soul e duas regravações.

Magic Potion e outros lançamentos (2006—07)[editar | editar código-fonte]

Os Black Keys lançaram Chulahoma: The Songs of Junior Kimbrough, um EP com regravações da Fat Possum Records da qual Junior Kimbrough é o fundador. Kimbrough e sua banda anteriormente haviam regravado The Big Come Up. O EP foi lançado em 2 de maio de 2006. Quatro dias depois, os Black Keys lançaram seu segundo álbum ao vivo: Live in Austin também conhecido como Thickfreakness in Austin. Foi gravado em 24 de outubro de 2003 e lançado em 6 de maio de 2006. Logo após, eles lançaram seu quarto álbum: Magic Potion que foi o primeiro álbum com a gravadora Nonesuch Records. O álbum destacou três singles: You’re the One, Your Touch e Just Got To Be. Your Touch foi destaque no filme de 2009 Zombieland, Just Got To Be faz parte da trilha sonora do jogo de vídeo game NHL 08. Os Black Keys regravaram uma versão de “The Wicked Messenger” da trilha sonora de I’m Not There e também gravaram "If You Ever Slip”, uma música escrita por Jesse Harris para a trilha sonora de The Hottest State.

Attack & Release e o projeto Blakroc (2008—09)[editar | editar código-fonte]

Attack & Release, o quinto álbum da banda, foi produzido por Danger Mouse e lançado em 1 de abril de 2008 tendo “vazado” na internet em 4 de março. Attack & Release estreou em 14º na Billboard Top 200. Os singles deste álbum foram ‘’Strange Times’’, ‘’I Got Mine’’ e ‘’Same Old Thing’’. ‘’Strange Times’’ foi destaque nos jogo Grand Theft Auto IV e NASCAR 09. ‘’I Got Mine’’ foi nomeada a 23ª melhor música pela revista Rolling Stone na lista das 100 melhores músicas de 2008. ‘’Lies’’ foi utilizada em episódios de Big Love, Lie to Me e foi cantada por Kelly Clarkson ao vivo em sua turnê All I Ever Wanted Tour. ‘’So He Won’t Break’’ foi destaque em um episódio de One Tree Hill. De acordo com uma entrevista para a Pitchfork Media, a banda colaborou em um álbum com Ike Turner, para ser produzido por Danger Mouse e lançado em 2007, mas a idéia se tornou impossível com a morte de Turner em dezembro de 2007. “’’Algumas gravações que finalizamos, ficaram bem parecidas com Screamin’ Jay Hawkins” disse Patrick para a revista ‘’Flaunt’’ em abril de 2008.

Live at the Crystal Ballroom é um vídeo álbum lançado em 18 de novembro de 2008. Foi filmado em 4 de abril de 2008 em Portland no Crystal Ballroom.

Em 17 de outubro de 2008, a banda abriu um show para seus conterrâneos da banda Devo em um show beneficente em ‘’The Akron Civic Theater’’ para o candidato a presidência Barack Obama. Chrissie Hynde do The Pretenders, também nativa de Akron que estudou na Firestone High School seguiu a mesma linha. Em novembro eles fizeram uma turnê pela Europa junto com Liam Finn. Em 6 de julho de 2009, os Black Keys realizaram juntamente com os The Roots, TV on the Radio, Public Enemy, Antibalas e outros artistas, a ‘’2nd Annual Roots Picnic’’ no ‘’Festival Pier ‘’ na Philadelphia. Os Black Keys também se juntaram à 9º edição do Independent Music Awards como jurados para músicos independentes que queriam seguir carreira.

Em 10 de fevereiro de 2009, o vocalista e guitarrista Dan Auerbach lançou seu álbum solo de estréia: Keep It Hid. Durante este tempo, o baterista Patrick Carney formou uma banda chamada Drummer que atualmente assinou contrato com a gravadora de Carney, a Áudio Eagle Records. Drummer lançou seu álbum de estréia, Feel Good Together em setembro de 2009.

Blakroc é um álbum coletivo, destacando The Black Keys e muitos artistas de hip hop lançados na Black Friday. O projeto foi apoiado e reunido por Damon Dash, que é um grande fã dos Black Keys. O álbum conta com rappers como Mos Def, RZA, Raekdown, Ludacris, Pharoahe Monch, Q-Tip, NOE, Jim Jones, Nicole Wray, M.O.P. e Ol’ Dirty Bastard. O álbum foi gravado em Brooklyn, Nova York. Dan Auerbach escreveu no site oficial do Blakroc “Patrick e eu nos preparamos para essa gravação desde quando tínhamos 16 anos de idade.”

Brothers (2010—2011)[editar | editar código-fonte]

Black Keys at MOG.jpg
The Black Keys em concerto no SXSW em 2010
The Black Keys em concerto no SXSW em 2010

Brothers foi lançado a 18 de Maio de 2010, apresentando uma lista de 15 faixas. O álbum foi priduzido pelos Black Keys e Mark Neill,[1] e masterizado por Tchad Blake.[2]

A Revista Rolling Stone colocou Brothers na posição número 2 nos Melhores Álbuns de 2010[3] e "Everlasting Light" em 11º na lista de Melhores Singles de 2010.[4] A 14 de Dezembro de 2010, a Spin nomeiam os The Black Keys como Artista do Ano para 2010.[5]

Os The Black Keys foram nomeados para três prémios da Billboard Music Awards: Melhor Artista Alternativo, Melhor Álbum de Rock e Melhor Álbum Alternativo, para o álbum Brothers.[6]

El Camino (2011-presente)[editar | editar código-fonte]

Os Black Keys iniciaram as gravações para o seu sétimo álbum de estúdio por volta de Março de 2011.[7] Eles supostamente gravaram no novo estúdio de Dan em Nashville, no Tennessee.[8]

A 14 de Julho de 2011, os Black Keys, numa entrevista com a Spin revelaram que eles tinham terminado o álbum, comparando as influências sonoras a The Clash e The Cramps. O álbum foi lançado a 6 de Dezembro de 2011.

A Revista Rolling Stone colocou El Camino como número 12 na lista dos 50 melhores álbuns do ano. E "Little Black Submarines" foi número 18 na lista dos 50 melhores singles.

No dia 11 de Fevereiro de 2013, Os Black Keys ganharem três Grammys, um pelo melhor álbum rock, com o El Camino e outros pela melhor musica rock e a melhor performance rock com a musica "Lonely Boy".

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

A banda era frequentemente comparada aos The White Stripes (por ser um dueto usando apenas bateria e guitarra) e ao estilo de Jimi Hendrix Experience. Robert Plant do Led Zeppelin, Josh Homme do Queens of the Stone Age, Billy Gibbons do ZZ Top e Thom Yorke e Jonny Greenwood do Radiohead são fãs da banda. O guitarrista do Metallica Kirk Hammett também afirmou que gosta de escutá-los. O baterista do Arctic Monkeys, Matt Helders pode ser visto com uma camisa dos Black Keys durante uma entrevista para a ‘’MTV’s RAW’’, além de diversas oportunidades em concertos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. ''The Black Keys Fan Lounge'' online. Theblackkeysfanlounge.com (2010-05-18). Página visitada em 2010-12-12.
  2. ''The Black Keys Fan Lounge'' online. Theblackkeysfanlounge.com (2010-04-01). Página visitada em 2010-12-12.
  3. Rolling Stone's Best Albums of 2010. Rolling Stone. Página visitada em 2010-12-08.
  4. Rolling Stone's Best Singles of 2010. Rolling Stone. Página visitada em 2010-12-08.
  5. Artist of the Year: The Black Keys. Spin. Página visitada em 2010-08-15.
  6. http://www.billboard.com/#/features/maf-1005127722.story
  7. Find New Music (2011-02-16). Arcade Fire, The Black Keys to begin work on new material « Consequence of Sound. Consequenceofsound.net. Página visitada em 2011-08-18.
  8. John Soeder, The Plain Dealer. For the Black Keys, a big red-letter year leads to the Grammy Awards. cleveland.com. Página visitada em 2011-08-18.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]