The Golden Compass

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Golden Compass
No Brasil A Bússola de Ouro
Em Portugal A Bússola Dourada
 Reino Unido
 Estados Unidos
2007 •  cor •  114 min 
Direção Chris Weitz
Produção Bill Carraro
Deborah Forte
Roteiro Chris Weitz
Baseado em Northern Lights, de Philip Pullman
Elenco Nicole Kidman
Dakota Blue Richards
Daniel Craig
Eva Green
Sam Elliott
Ian McKellen
Ian McShane
Género ação
aventura
fantasia
Música Alexandre Desplat
Cinematografia Henry Braham
Edição Anne V. Coates
Peter Honess
Kevin Tent
Companhia(s) produtora(s) New Line Cinema
Distribuição New Line Cinema (Estados Unidos)
Entertainment Film Distributors (Reino Unido)
Lançamento
  • 27 de novembro de 2007 (2007-11-27) (Londres)
  • 5 de dezembro de 2007 (2007-12-05) (Reino Unido)
  • 6 de dezembro de 2007 (2007-12-06) (Portugal)[1]
  • 7 de dezembro de 2007 (2007-12-07) (Estados Unidos)
  • 25 de dezembro de 2007 (2007-12-25) (Brasil)[2]
Idioma inglês
Orçamento US$ 180 milhões[3]
Receita US$ 372 milhões[3]

The Golden Compass (bra: A Bússola de Ouro[2]; prt: A Bússola Dourada[1]) é um filme britânico-estadunidense de 2007 dirigido por Chris Weitz. O roteiro, também escrito por Weitz, é baseado no livro Northern Lights, primeiro volume da trilogia His Dark Materials de Philip Pullman.[4] O filme ganhou um Oscar de melhores efeitos visuais e foi indicado a melhor direção de arte.[5][6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após ter seu amigo sequestrado por seres conhecidos como Gobblers, Lyra, que vive em um mundo no qual os humanos tem suas almas representadas aos seus lados por animais (os daemons), decide embarcar em uma viagem para tentar reecontra-lo.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Nicole Kidman no lançamento do filme
Ator Papel
Dakota Blue Richards Lyra Belacqua
Nicole Kidman Marisa Coulter
Daniel Craig Lorde Asriel
Eva Green Serafina Pekkala
Ben Walker Roger
Jim Carter Lord John Faa
Tom Courtenay Farder Coram
Charlie Rowe Billy Costa
Clare Higgins Ma Costa
Steven Loton Tony Costa
Sam Elliott Lee Scoresby
Simon McBurney Fra Pavel
Jack Shepherd Mestre
John Bett Thorold
Christopher Lee Lorde Boreal
Kathy Bates Hester (voz)
Ian McKellen Iorek Byrnison (voz)
Ian McShane Ragner Sturlusson (voz)
Freddie Highmore Pantalaimon (voz)

Dublagem brasileira[editar | editar código-fonte]

  • Marisa Coulter: Miriam Ficher[8]
  • Lorde Asriel: Ronaldo Júlio[8]
  • Lyra Belacqua: Jussara Marques[8]
  • Roger: Daniel Garcia[8]
  • Pantalaimon – Voz: Bruno Marçal[8]
  • Iorek Byrnison – Voz: Jonas Mello[8]
  • Serafina Pekkala: Angelica Santos[8]
  • John Faa: Reinaldo Pimenta[8]
  • Farder Cordam: Renato Márcio[8]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em 6 de julho de 2008, ganhou $ 302.127.136 internacionalmente, totalizando $ 372.234.864 em todo o mundo.[3] Os direitos do filme no exterior foram vendidos para financiar o orçamento de produção de US$ 180 milhões, então a maioria desses lucros não foi para a New Line.[9] Isso foi citado como uma possível "última gota" na decisão da Time Warner de fundir a New Line Cinema na Warner Bros. Pictures.[10]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme tem uma taxa de aprovação de 42% com base em 192 opiniões. O consenso crítico do site diz: "Sem um pouco da polêmica do material de origem, The Golden Compass é reduzido a recursos visuais impressionantes mais compensadores para contar histórias frouxas".[7] No Metacritic, o filme tem uma pontuação média de 51 em 100, com base em 33 críticos, indicando "avaliações médias ois mistas".[11]

Público[editar | editar código-fonte]

O público consultado pelo CinemaScore deu ao filme uma nota média de "B" em uma escala de A+ a F. [12]

Instituições católicas[editar | editar código-fonte]

Dias próximos ao lançamento do filme, a Liga Católica nos Estados Unidos iniciou uma campanha de boicote acusando o filme de "conduzir as crianças ao ateísmo". O presidente da instituição, Bill Donohue, explicou que o filme promove o ateísmo e busca "denegrir a cristandade, aos olhos das crianças".[13] Em resposta às acusações, a Associação Humanista Americana manifestou-se, por meio de uma nota oficial, a favor do filme "A Bússola de Ouro". Fred Edwords, diretor de comunicação da instituição, afirmou que a posição da Liga Católica está equivocada e que, após assistir o filme, o que fica em questão é o problema de certas posturas das autoridades religiosas.[14]

Referências

  1. a b «A Bússola Dourada». SAPO Mag. Portugal: SAPO. Consultado em 21 de junho de 2022 
  2. a b «A Bússola de Ouro». AdoroCinema. Brasil: Webedia. Consultado em 21 de junho de 2022 
  3. a b c «The Golden Compass (2007)». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  4. «Bless the Beasts and Children». The New York Times (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  5. «Estadão». Consultado em 22 de junho de 2022 
  6. «Confira a lista completa dos indicados ao Oscar 2008». G1. 22 de janeiro de 2008. Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  7. a b «The Golden Compass» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 29 de janeiro de 2014 
  8. a b c d e f g h i «Programação». Rede Globo. 24 de junho de 2022. Consultado em 22 de junho de 2022. Arquivado do original em 24 de junho de 2022 
  9. «Jobs to go as New Line Cinema merged into Warner Bros». The Guardian (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  10. «New Line merged with Warner Bros Pictures». The Guardian (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2022 
  11. «The Golden Compass» (em inglês). Metacritic. Consultado em 31 de março de 2015 
  12. «CinemaScor e» (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  13. «Campanha contra "A Bússola Dourada", filme que promove ateísmo entre crianças (Rádio Vaticano)» (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022 
  14. «Golden Compass' Anti-clerical Message Loud and Clear, Humanists Say» (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2022