Thiago de Lima Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Thiago de Lima Santos
Informações
Nascimento 7 de janeiro de 1984 (36 anos)
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Outros nomes Marreta
Altura 1,88 m[1]
Peso 93 kg
Divisão Peso-meio-pesado
Peso-médio
Envergadura 193 cm
Modalidade Muay Thai
Capoeira
Luta por Rio de Janeiro-RJ
Equipe American Top Team

Tata Fight Team

Período em
atividade
2010–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 28
Vitórias 21
Por nocaute 15
Por finalização 1
Por decisão 5
Derrotas 7
Por nocaute 3
Por finalização 2
Por decisão 2
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 7 de março de 2020

Thiago de Lima Santos, mais conhecido como Marreta (Rio de Janeiro, 7 de janeiro de 1984) é um lutador profissional de artes marciais mistas que atualmente compete pelo UFC na categoria dos meio-pesados. Marreta treina na Tata Fight Team e é professor de Muay Thai. Ele também é Auxiliar de Precursor Paraquedista do Exército Brasileiro da reserva não-remunerada.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Marreta garantiu o cartel de 8 vitórias e 2 derrotas, sendo assim 4 vitórias por nocaute, 1 por finalização e 3 por decisão e uma derrota por nocaute técnico, e uma por finalização antes de entrar no The Ultimate Fighter: Brasil 2.

WOCS - Watch Out Combat Show[editar | editar código-fonte]

Marreta fez sua estreia no MMA no WOCS 10 contra lutador Guilherme Benedito Nunes e ganhou por decisão unânime.[2]

WOCS 14 Marreta lutou contra Mauricio Chueke e ganhou também por decisão unânime.[3]

WOCS 17 Thiago lutou contra o brasileiro Eneas Souza e ganhou por finalização aplicando um mata-leão.[4]

WOCS 17 Marreta lutou contra o brasileiro Junior Vidal e ganhou por nocaute técnico.[5]

WOCS 20 Thiago lutou contra Denis Figueira da Silva e ganhou por nocaute técnico após acertar um chute na cabeça e dar vários socos.[6]

The Ultimate Fighter Brasil 2[editar | editar código-fonte]

Thiago foi um dos participantes dos The Ultimate Fighter: Brasil 2, Marreta fez 3 lutas dentro da casa, a sua primeira luta foi contra William Patolino mas Marreta perdeu por decisão unânime.[7]

Sua segunda luta foi na repescagem contra Pedro Iriê e Marreta ganhou decisão unânime.[8]

Sua terceira luta foi nas quartas de final contra Leonardo Santos mas marreta perdeu também por decisão unânime.[9]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Marreta substituiu o lesionado Clint Hester e lutou contra Cézar Ferreira no dia 3 de Agosto de 2013 no UFC 163[10] e perdeu por finalização no primeiro round com menos de um minuto de luta.

Marreta fez sua segunda luta no UFC em 23 de Março de 2014 no UFC Fight Night: Shogun vs. Henderson II, contra o também brasileiro Ronny Markes. Marreta venceu a luta por nocaute técnico no primeiro round, o que foi considerado uma grande zebra.

Marreta foi derrotado pelo membro do TUF Uriah Hall em 5 de Julho de 2014 no UFC 175 por decisão unânime.

Marreta enfrentou Andy Enz em 31 de Janeiro de 2015 no UFC 183.[11] Ele venceu a luta por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Marreta enfrentou o canadense Steve Bossé em 27 de Junho de 2015 no UFC Fight Night: Machida vs. Romero. Thiago venceu a luta por nocaute com um chute na cabeça espetacular no começo do primeiro round.

Marreta enfrentou o campeão do TUF Nations Elias Theodorou em 10 de Dezembro de 2015 no UFC Fight Night: Namajunas vs. VanZant. Ele venceu a luta por decisão unânime.

Marreta enfrentou o veterano Nate Marquardt em 14 de Maio de 2016 no UFC 198. Marreta venceu por nocaute no primeiro round.

Marreta foi escalado para o combate contra Gegard Mousasi substituindo o americano Derek Brunson em 09 de Julho de 2016 no UFC 200: Comier vs. Jones II

Marreta alcança a segunda vitória seguida no UFC, após dois reveses consecutivos também, e, ao mesmo tempo, interrompe a série de sete lutas invictas de Gerald Meerschaert em 8 de julho de 2017 no UFC 213.

Em seguida, Marreta enfrentou o norueguês Jack Hermansson no UFC Fight Night: Brunson vs. Machida, ocorrido na cidade de São Paulo. Marreta venceu o combate com um nocaute técnico no final do primeiro round.

No primeiro evento do UFC realizado na região norte do Brasil, o UFC Fight Night: Machida vs. Anders, ocorrido em Belém, Marreta derrotou Anthony Smith por nocaute técnico no segundo round. Foi sua quarta vitória seguida por nocaute no evento e interrompeu a sequência de três vitórias do adversário.[12] Marreta ganhou o prêmio de Luta da Noite, arrecadando uma premiação extra de US$50 mil.[13]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 21-7 Estados Unidos Jon Jones Decisão (dividida) UFC 239: Jones vs. Santos 06/07/2019 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Meio Pesado do UFC.
Vitória 21-6 Polónia Jan Blachowicz Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Blachowicz vs. Santos 23/02/2019 3 0:39 Chéquia Praga Performance da Noite.
Vitória 20-6 Inglaterra Jimi Manuwa Nocaute (soco) UFC 231: Holloway vs. Ortega 08/12/2018 2 0:41 Canadá Toronto, Ontario Performance da Noite.
Vitória 19-6 Estados Unidos Eryk Anders Nocaute Técnico (interrupção do árbitro) UFC Fight Night: Santos vs. Anders 22/09/2018 3 5:00 Brasil São Paulo Estreia nos Meios Pesados; Luta da Noite.
Vitória 18-6 Estados Unidos Kevin Holland Decisão (unânime) UFC 227: Dillashaw vs. Garbrandt II 04/08/2018 3 5:00 Estados Unidos Los Angeles, Califórnia
Derrota 17-6 Estados Unidos David Branch Nocaute (socos) UFC Fight Night: Barboza vs. Lee 21/04/2018 1 2:30 Estados Unidos Atlantic City, New Jersey
Vitória 17-5 Estados Unidos Anthony Smith Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC Fight Night: Machida vs. Anders 03/02/2018 2 1:03 Brasil Belém Luta da Noite; Igualou o recorde de nocautes no Peso Médio (8).
Vitória 16-5 Suécia Jack Hermansson Nocaute Técnico (chute voador no corpo e socos) UFC Fight Night: Brunson vs. Machida 28/10/2017 1 4:59 Brasil São Paulo
Vitória 15-5 Estados Unidos Gerald Meerschaert Nocaute Técnico (socos) UFC 213: Romero vs. Whittaker 08/07/2017 2 2:04 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 14-5 País de Gales Jack Marshman Nocaute Técnico (chute rodado e socos) UFC Fight Night: Lewis vs. Browne 19/02/2017 2 2:58 Canadá Halifax, Nova Scotia Performance da Noite.
Derrota 13-5 Estados Unidos Eric Spicely Finalização (mata-leão) UFC Fight Night: Cyborg vs. Lansberg 24/09/2016 1 2:58 Brasil Brasília
Derrota 13-4 Arménia Gegard Mousasi Nocaute (socos) UFC 200: Tate vs. Nunes 09/07/2016 1 4:32 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 13-3 Estados Unidos Nate Marquardt Nocaute (soco) UFC 198: Werdum vs. Miocic 14/05/2016 1 3:39 Brasil Curitiba
Vitória 12-3 Canadá Elias Theodorou Decisão (unânime) UFC Fight Night: Namajunas vs. VanZant 10/12/2015 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 11-3 Canadá Steve Bossé Nocaute (chute na cabeça) UFC Fight Night: Machida vs. Romero 27/06/2015 1 0:29 Estados Unidos Hollywood, Flórida Performance da Noite.
Vitória 10-3 Estados Unidos Andy Enz Nocaute Técnico (socos) UFC 183: Silva vs. Diaz 31/01/2015 1 1:56 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 9-3 Jamaica Uriah Hall Decisão (unânime) UFC 175: Weidman vs. Machida 05/07/2014 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 9-2 Brasil Ronny Markes Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC Fight Night: Shogun vs. Henderson II 23/03/2014 1 0:53 Brasil Natal
Derrota 8-2 Brasil Cezar Mutante Finalização (guilhotina) UFC 163: Aldo vs. Korean Zombie 03/08/2013 1 0:47 Brasil Rio de Janeiro Estreia no UFC.
Vitória 8-1 Brasil Denis Figueira da Silva Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) WOCS 20 27/07/2012 1 4:15 Brasil Rio de Janeiro
Derrota 7-1 Brasil Vicente Luque Nocaute Técnico (socos) Spartan MMA 2012 28/04/2012 1 N/A Brasil São Luís
Vitória 7-0 Brasil Junior Vidal Nocaute Técnico (socos) WOCS 18 03/03/2012 1 2:00 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 6-0 Brasil Eneas Souza Finalização (mata-leão) WOCS 17 17/12/2011 3 2:50 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 5-0 Brasil Marcos Viggiani Decisão (unânime) Spartan MMA 2011 26/11/2011 3 5:00 Brasil São Luís
Vitória 4-0 Brasil Rafael Braga Nocaute Técnico (socos) Explosion Fight 13/08/2011 1 N/A Brasil Rio de Janeiro
Vitória 3-0 Brasil Mauricio Chueke Decisão (unânime) WOCS 14 23/07/2011 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 2-0 Brasil Gabriel Barreiro Nocaute Técnico (socos) Senna Fight 16/04/2011 2 1:53 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 1-0 Brasil Guilherme Benedito Nunes Decisão (unânime) WOCS 10 10/12/2010 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro Estreia no MMA.

Referências

  1. «Thiago Santos - Perfil Oficial do Lutador do UFC». ufc.com. Consultado em 3 de julho de 2019 
  2. «WOCS - Watch Out Combat Show 10» (em inglês). sherdog.com 
  3. «WOCS - Watch Out Combat Show 14» (em inglês). sherdog.com 
  4. «WOCS - Watch Out Combat Show 17» (em inglês). sherdog.com 
  5. «WOCS - Watch Out Combat Show 18» (em inglês). sherdog.com 
  6. «WOCS - Watch Out Combat Show 20» (em inglês). sherdog.com 
  7. «Patolino vence Marreta no TUF Brasil 2». taliberado.com 
  8. «Thiago Marreta vence Pedro Iriê na repescagem do TUF Brasil 2.». mmaspace.net 
  9. «TUF Brasil 2 - Episódio 10». cageofbones.com 
  10. «Thiago Marreta substitui lesionado Hester contra Mutante no UFC Rio 4». sportv.globo.com 
  11. «Andy Enz vs. Thiago Santos added to UFC 183 in Las Vegas». mmajunkie.com. 16 de Outubro de 2014 
  12. Marcelo Barone; Marcelo Russio; Raphael Marinho (4 de fevereiro de 2018). «Marreta tem nova atuação de gala, liquida Smith e anota quarto nocaute seguido». sportv.globo.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2018 
  13. Combate.com (4 de fevereiro de 2018). «Marreta, Smith, Marajó e Valentina levam bônus para casa após o UFC Belém». sportv.globo.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2018