UFC 175

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
UFC 175: Weidman vs Machida
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02014-07-05 5 de julho de 2014
Local Mandalay Bay Events Center
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Cronologia
UFC Fight Night: Swanson vs. Stephens UFC 175: Weidman vs Machida The Ultimate Fighter: Team Edgar vs. Team Penn Finale

UFC 175: Weidman vs Lyoto Machida foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship, ocorrido em 02014-07-05 5 de julho de 2014, no Mandalay Bay Events Center, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Background[editar | editar código-fonte]

O evento principal foi a disputa do Cinturão Peso Médio do UFC entre o campeão americano Chris Weidman e o desafiante Lyoto Machida, a luta ocorreria no UFC 173, porém foi mudada por conta de uma lesão de Weidman.[1]

Wanderlei Silva iria enfrentar Chael Sonnen em uma das lutas mais esperadas do ano para os brasileiros, porém Wanderlei faltou aos exames exigidos pela Comissão Atlética de Nevada e foi automaticamente retirado do card. Para seu lugar, Vitor Belfort foi selecionado e voltará a lutar no estado de Nevada após o polêmico caso de TRT.[2] Semanas depois, Sonnen caiu em um teste antidoping surpresa e também fora retirado do card.[3]

Era esperado que Santiago Ponzinibbio enfrentasse Ildemar Alcântara, porém sofreu uma ruptura no menisco do joelho direito e não poderá realizar o combate. Kenny Robertson será seu substituto.[4]

Stefan Struve enfrentaria Matt Mitrione, porém ele passou mal no vestiário e desmaiou, e sua luta foi cancelada de última hora.

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Médios Estados Unidos Chris Weidman (c) derrotou Brasil Lyoto Machida Decisão unânime (49–45, 48–47 e 49–46) 5 5:00 Nota 1
Galos Feminino Estados Unidos Ronda Rousey (c) derrotou Canadá Alexis Davis Nocaute (socos) 1 0:16 Nota 2
Médios Jamaica Uriah Hall derrotou Brasil Thiago Santos Decisão unânime (29–28, 29–28 e 30–27) 3 5:00
Galos Estados Unidos Russell Doane derrotou Estados Unidos Marcus Brimage Decisão dividida (29–28, 28–29 e 30–27) 3 5:00
Card Preliminar (Fox Sports 1)
Galos Estados Unidos Urijah Faber derrotou Estados Unidos Alex Caceres Finalização (mata-leão) 3 1:09
Meio-Médios Estados Unidos Kenny Robertson derrotou Brasil Ildemar Alcântara Decisão unânime (30–26, 30–26 e 30–26) 3 5:00
Médios Brasil Bruno Santos derrotou Estados Unidos Chris Camozzi Decisão dividida (28–29, 29–28 e 29–28) 3 5:00
Galos Porto Rico Rob Font derrotou Estados Unidos George Roop Nocaute (soco) 1 2:19
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Meio-Médios Estados Unidos Luke Zachrich derrotou Brasil Guilherme Vasconcelos Decisão unânime (30–27, 30–27 e 29–28) 3 5:00
Médios Estados Unidos Kevin Casey vs. Estados Unidos Bubba Bush Sem resultado 1 1:01 Nota 3

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Médio do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso Galo Feminino do UFC.
Nota 3 Casey havia vencido por nocaute técnico. A luta foi movida para Sem Resultado após testar positivo para drostanolona no antidoping.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]