UFC on Fuel TV: Barão vs. McDonald

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC on Fuel TV: Barão vs. McDonald
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02013-02-16 16 de fevereiro de 2013
Local Wembley Arena
Cidade Inglaterra Londres, Inglaterra
Público 10 349
Arrecadado US$1 300 000
Cronologia
UFC 156: Aldo vs. Edgar UFC on Fuel TV: Barão vs. McDonald UFC 157: Rousey vs. Carmouche

O UFC on Fuel TV: Barão vs. McDonald, UFC on Fuel TV 7 ou até mesmo UFC Londres foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo UFC que aconteceu no dia 16 de fevereiro de 2013 no Wembley Arena em Londres, Inglaterra. [1]E foi transmitido pelo canal por assinatura americano Fuel TV.

O evento aconteceu no dia 16 de Fevereiro de 2013 na Wembley Arena em Londres, Inglaterra. Esta foi a sexta vez que Londres sediou um evento do UFC. [2]

De acordo site de estatísticas oficial do UFC, o "FightMetric", esse evento entrou para a história da organização como o mais longo de todos os tempos. As 12 lutas deste evento duraram ao todo 2h48m39s[3].

Background[editar | editar código-fonte]

Em 6 de Dezembro de 2012 foi anunciado que Renan Barão colocaria em jogo o Cinturão Interino dos Galos contra Michael McDonald. [4]

Em 13 de Dezembro de 2012 foi anunciado que o co-main event seria entre Dennis Siver e Cub Swanson.[5] Porém Siver foi retirado da luta por motivos não divulgados e foi substituído por Dustin Poirier.[6]

Justin Edwards era esperado para enfretnar Gunnar Nelson no evento, porém Edwards foi obrigado a se retirar da luta devido à uma lesão e foi substituído por Jorge Santiago.[7]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Fuel TV)
Categoria Método Round Tempo Notas
Galos Brasil Renan Barão derrotou Estados Unidos Michael McDonald Finalização (triângulo de braço) 4 3:57 Nota 1
Penas Estados Unidos Cub Swanson derrotou Estados Unidos Dustin Poirier Decisão Unânime (29-28, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Meio-Pesados Inglaterra Jimi Manuwa derrotou França Cyrille Diabaté Nocaute Técnico (lesão) 1 5:00
Meio-Médios Islândia Gunnar Nelson derrotou Brasil Jorge Santiago Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Meio-Pesados Nova Zelândia James Te-Huna derrotou Canadá Ryan Jimmo Decisão Unânime (29-27, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Meio-Médios Estados Unidos Matthew Riddle e Inglaterra Che Mills Sem Resultado 3 5:00 Nota 2
Card Preliminar (Facebook)
Leves Brasil Reneé Forte derrotou Inglaterra Terry Etim Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Leves Estados Unidos Danny Castillo derrotou Inglaterra Paul Sass Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00
Penas Inglaterra Andy Ogle derrotou Estados Unidos Josh Grispi Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Médios Inglaterra Tom Watson derrotou Bulgária Stanislav Nedkov Nocaute Técnico (socos) 2 4:42
Galos Inglaterra Vaughan Lee derrotou Japão Monotobu Tezuka Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Moscas Inglaterra Phil Harris derrotou Estados Unidos Ulysses Gomez Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00

Nota 1 Pelo Cinturão Interino dos Galos do UFC.
Nota 2 Originalmente, vitória de Riddle por decisão dividida, mas testou positivo para substâncias proibidas e o resultado foi alterado.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

  • Luta da Noite (Fight of the Night): Inglaterra Tom Watson vs. Bulgária Stanislav Nedkov
  • Nocaute da Noite (Knockout of the Night): Inglaterra Tom Watson
  • Finalização da Noite (Submission of the Night): Brasil Renan Barão[8]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]