UFC 215

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UFC 215: Nunes vs. Shevchenko II
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02017-09-09 9 de setembro de 2017
Local Rogers Place
Cidade Canadá Edmonton, Canada
Público 16.232
Arrecadado US$ 2.028.307
Cronologia
UFC Fight Night: Volkov vs. Struve UFC 215: Nunes vs. Shevchenko II UFC Fight Night: Rockhold vs. Branch

UFC 215: Nunes vs. Shevchenko II foi um evento de artes marciais mistas (MMA) produzido pelo Ultimate Fighting Championship, ocorrido no dia 9 de setembro de 2017, no Rogers Place, em Edmonton, Alberta.

Background[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o plano era que o UFC 215 acontecesse no dia 19 de agosto, em local a ser anunciado nos Estados Unidos, provavelmente na cidade de Seattle, possivelmente com o Campeão Peso-Mosca do UFC, Demetrious Johnson. No entanto, o plano foi vetado no dia 26 de junho, por motivos não revelados.[1] Portanto, o UFC 215 foi movido para o dia 9 de setembro, data que inicialmente ocorreria o UFC 216, a ser realizado no Rogers Place, em Edmonton, Alberta, Canadá. O evento foi renomeado como UFC 215.[2]

Enquanto o UFC tem sido um palco com inúmeros eventos em todo o Canadá, este será o primeiro em Edmonton (segundo em Alberta, após o UFC 149, em 2012).

O embate principal da noite seria entre o campeão Demetrious Johnson e o desafiante Ray Borg. Mas no dia anterior ao evento foi anunciado que a luta tinha sido cancelada. Ray Borg passou mal devido a uma doença viral e foi considerado sem condições de subir ao octógono. Assim a luta entre Nunes e Shevchenko foi promovida a luta principal do evento.[3]

Um ataque de peso gordo das mulheres entre Sara McMann e Ketlen Vieira deveria ter lugar no UFC 214, mas no dia 7 de julho foi anunciado que a luta foi movida para este evento.[4]

O ex-campeão dos Cinturão Peso Pesado do UFC Junior dos Santos deveria enfrentar Francis Ngannou, mas, em 18 de agosto, foi anunciado que ele foi retirado do cartão depois de ter sido notificado pela USADA de uma possível violação de doping. Ele foi marcado após um teste de drogas fora da competição realizado em 10 de agosto..[5] Dos Santos testou positivo para hidroclorotiazida e sua equipe está atualmente trabalhando no teste de 2 suplementos como uma possível fonte para isso.[6] Por sua vez, Ngannou foi retirada do cartão depois que as autoridades de promoção consideraram que um adversário adequado não poderia ser organizado..[7][8]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Galos Feminino

Brasil Amanda Nunes (c)

derrotou

Quirguistão Valentina Shevchenko

Decisão Dividida (47-48, 48-47 e 48-47)

5

5:00

Nota 1

|

Meio Médios

Brasil Rafael dos Anjos

derrotou

Estados Unidos Neil Magny

Finalização (Katagatame)

1

3:43

|

Moscas

Estados Unidos Henry Cejudo

derrotou

Brasil Wilson Reis

Nocaute (Socos)

2

0:25

|

Meio Pesados

Suécia Ilir Latifi

derrotou

Austrália Tyson Pedro

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

3

5:00

|

Penas

Estados Unidos Jeremy Stephens

derrotou

Estados Unidos Gilbert Melendez

Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 30-25)

3

5:00

|

Card Preliminar (Fox Sports 1)
Galos Feminino

Brasil Ketlen Vieira

derrotou

Estados Unidos Sara McMann

Finalização (Katagatame)

2

4:16

|

Galos Feminino

Canadá Sarah Moras

derrotou

Estados Unidos Ashlee Evans-Smith

Finalização (Chave de Braço)

1

2:51

|

Penas

Estados Unidos Rick Glenn

derrotou

Canadá Gavin Tucker

Decisão Unânime (29-27, 30-25 e 30-24)

3

5:00

|

Leves

Estados Unidos Alex White

derrotou

Canadá Mitch Clarke

Nocaute Técnico (Chute Frontal e Socos)

2

4:36

|

Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Pesados

Índia Arjan Bhullar

derrotou

Brasil Luis Henrique

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Leves

Canadá Kajan Johnson

derrotou

Brasil Adriano Martins

Nocaute (Soco)

3

0:49

|

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Galo Feminino do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

Referências

  1. http://mmajunkie.com/2017/06/with-aug-19-event-scrapped-edmonton-now-hosts-ufc-215-on-sept-9
  2. http://mmajunkie.com/2017/04/ufc-216-slated-for-sept-9-in-edmonton
  3. «Ray Borg passa mal e luta com Demetrious Johnson é cancelada». Sportv 
  4. Staff (7 de julho de 2017). «Sara McMann vs. Ketlen Vieira moved to UFC 215 in Edmonton». mmafighting.com. Consultado em 7 de julho de 2017 
  5. John Morgan (18 de agosto de 2017). «Junior Dos Santos notified of potential doping violation, pulled from UFC 215». mmajunkie.com. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  6. Staff (20 de agosto de 2017). «Junior Dos Santos rep: Team wants 2 supplements tested for source of Hydrochlorothiazide». mmajunkie.com. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  7. Dave Doyle (28 de agosto de 2017). «Francis Ngannou is officially off UFC 215». mmafighting.com. Consultado em 28 de agosto de 2017 
  8. Staff (28 de agosto de 2017). «UFC 215 lineup set with 2 title fights in Edmonton, including Demetrious Johnson's quest for record». mmajunkie.com. Consultado em 28 de agosto de 2017 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]