UFC 220

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
UFC 220: Miocic vs. Ngannou
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02018-01-20 20 de janeiro de 2018
Local TD Garden
Cidade Estados Unidos Boston, Massachusetts
Cronologia
UFC Fight Night: Stephens vs. Choi UFC 220: Miocic vs. Ngannou UFC on Fox: Jacaré vs. Brunson 2

UFC 220: Miocic vs. Ngannou foi um evento de artes marciais mistas (MMA) produzido pelo Ultimate Fighting Championship, realizado no dia 20 de janeiro de 2018, no TD Garden, em Boston, Massachusetts.[1]

Background[editar | editar código-fonte]

Uma luta pelo Cinturão Peso Pesado do UFC entre o atual campeão, Stipe Miocic, e Francis Ngannou, servirá como a principal do evento.[2]

O evento também terá uma luta pelo Cinturão Peso Meio-Pesado do UFC, entre o atual campeão Daniel Cormier, e o desafiante Volkan Oezdemir.[3]

Uma luta no peso-meio-médio entre o vencedor do The Ultimate Fighter: American Top Team vs. Blackzilians, também nos meio-médios, Kamaru Usman, e Emil Weber Meek, foi originalmente agendada para o UFC 219. No entanto, devido a um suposto problema no visto de Meek, que afetou seu horário de viagem, o embate foi adiado, e depois reprogramado para este evento.[4] Porém, um dia após o anúncio, foi transferido para o UFC Fight Night: Stephens vs. Choi, que aconteceu uma semana antes deste evento.[5]

Uma luta no peso-meio-médio entre Abdul Razak Alhassan e Sabah Homasi foi originalmente agendada para o UFC 219, mas depois foi transferida para este evento. O combate aconteceu anteriormente no UFC 218, quando Alhassan ganhou através de um polêmico nocaute técnico.[6][7]

Charles Rosa enfrentaria neste evento o recém-chegado na promoção, Dan Ige. Mas, em 22 de dezembro, Rosa retirou-se por causa de uma lesão no pescoço.[8] Espera-se que Ige permaneça no card e enfrente o novato Julio Arce.[9]

Arnold Allen enfrentaria neste evento o vencedor do The Ultimate Fighter: América Latina 2, no peso-leve, Enrique Barzola. No entanto, Allen foi retirado da luta em 11 de janeiro, devido a supostos problemas no visto, que restringiram sua capacidade de viajar.[10] Ele foi substituído pelo recém-chegado na organização, Matt Bessette.[11]

Jamie Moyle enfrentaria Maryna Moroz neste evento. No entanto, Moyle saiu do confronto durante a semana que antecedeu o evento, citando uma lesão não revelada.[12] Por sua vez, funcionários da promoção anunciaram que Moroz seria reprogramada para atuar num evento futuro.[13]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Pesados Estados Unidos Stipe Miocic (c) derrotou Camarões Francis Ngannou Decisão Unânime (50-44, 50-44 e 50-44) 5 5:00 Nota 1
Meio-Pesados Estados Unidos Daniel Cormier (c) derrotou Suíça Volkan Oezdemir Nocaute Técnico (Socos) 2 2:00 Nota 2
Penas Estados Unidos Calvin Kattar derrotou Estados Unidos Shane Burgos Nocaute Técnico (Socos) 3 0:32
Meio-Pesados Estados Unidos Gian Villante derrotou Brasil Francimar Barroso Decisão Dividida (30-27, 28-29 e 30-27) 3 5:00
Galos Porto Rico Rob Font derrotou Brasil Thomas Almeida Nocaute Técnico (Chute na Cabeça e Socos) 2 2:24
Card Preliminar (Fox Sports 1)
Penas Estados Unidos Kyle Bochniak derrotou Estados Unidos Brandon Davis Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Meio-Médios Gana Abdul Razak Alhassan derrotou Estados Unidos Sabah Homasi Nocaute (Soco) 1 3:47
Moscas Estados Unidos Dustin Ortiz derrotou Brasil Alexandre Pantoja Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Penas Estados Unidos Julio Arce derrotou Estados Unidos Dan Ige Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Penas Peru Enrique Barzola derrotou Estados Unidos Matt Bessette Decisão Unânime (30-27, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Leves Rússia Islam Makhachev derrotou Brasil Gleison Tibau Nocaute (Soco) 1 0:57

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Pesado do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso Meio-Pesado do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

Referências

  1. Staff (30 de outubro de 2017). «UFC 220 set for Jan. 20 in Boston». mmajunkie.com. Consultado em 31 de outubro de 2017. 
  2. Simon Samano (6 de dezembro de 2017). «Stipe Miocic-Francis Ngannou heavyweight title fight targeted for UFC 220». mmajunkie.com. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  3. Steven Marrocco (29 de novembro de 2017). «Daniel Cormier vs. Volkan Oezdemir title fight confirmed for UFC 220». mmajunkie.com. Consultado em 29 de novembro de 2017. 
  4. Ariel Helwani (13 de dezembro de 2017). «Kamaru Usman vs. Emil Meek rescheduled for UFC 220». mmafighting.com. Consultado em 13 de dezembro de 2017. 
  5. Staff (14 de dezembro de 2017). «Kamaru Usman vs. Emil Meek rescheduled for UFC Fight Night 124 in St. Louis». mmajunkie.com. Consultado em 14 de dezembro de 2017. 
  6. Shaun Al-Shatti (3 de dezembro de 2017). «After controversial finish, Abdul Razak Alhassan vs. Sabah Homasi rematch booked for UFC 219». mmafighting.com. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  7. Staff (14 de dezembro de 2017). «Abdul Razak Alhassan vs. Sabah Homasi shifted to UFC 220». mmajunkie.com. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  8. Staff (22 de dezembro de 2017). «Charles Rosa says he's out of UFC 220 bout vs. Dan Ige with injury». mmajunkie.com. Consultado em 23 de dezembro de 2017. 
  9. Marcel Dorff (3 de janeiro de 2018). «Julio Arce enters short notice against Dan Ige at UFC 220 in Boston». mmadna.nl. Consultado em 3 de janeiro de 2018.  (em neerlandês)
  10. Nolan King (11 de janeiro de 2018). «Arnold Allen out of UFC 220 bout against Enrique Barzola». mma-today.com. Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  11. Ryan Sprague (11 de janeiro de 2018). «UFC 220: Matt Bessette booked to fight Enrique Barzola». fansided.com. Consultado em 12 de janeiro de 2018. 
  12. Dann Stupp and Matt Erickson (17 de janeiro de 2018). «Maryna Moroz vs. Jamie Moyle pulled from Saturday's UFC 220 card». mmajunkie.com. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  13. Thomas Gerbasi (17 de janeiro de 2018). «Moyle-Moroz bout scrapped». ufc.com. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]