UFC on Fox: Weidman vs. Gastelum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UFC on Fox: Weidman vs. Gastelum
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02017-07-22 22 de julho de 2017
Local Nassau Veterans Memorial Coliseum
Cidade Estados Unidos Uniondale, Nova York
Público 11.198
Arrecadado US$1.088.332
Cronologia
UFC Fight Night: Nelson vs. Ponzinibbio UFC on Fox: Weidman vs. Gastelum UFC 214: Cormier vs. Jones II


UFC on Fox: Weidman vs Gastelum (também conhecido como UFC on Fox 25) foi um evento de artes marciais mistas (MMA) produzido pelo Ultimate Fighting Championship, realizado no dia 22 de julho de 2017, no Nassau Veterans Memorial Coliseum em Uniondale, Nova York.[1]

Background[editar | editar código-fonte]

O evento será o primeiro que o UFC recebe em Long Island.[1]

O evento é esperado para ser encabeçado por um combate no peso-médio, entre o ex-Campeão Peso Médio do UFC, Chris Weidman, e o vencedor do The Ultimate Fighter: Team Jones vs. Team SonnenKelvin Gastelum.[2]

Um combate no peso-pena entre dois ex-desafiantes ao título dos penas, Ricardo Lamas e Chan Sung Jung, foi originalmente programado para ser o combate co-principal do evento.[3] A luta foi originalmente programada para ocorrer em julho de 2013, no UFC 162, mas Jung foi retirado da luta para lutar pelo título contra o então campeão, José Aldo, no UFC 163.[4] No dia 12 de Maio, a luta foi confirmada para o UFC 214.[5]

Um combate no peso-meio-pesado entre Gian Villante e Patrick Cummins foi originalmente reservado para o UFC Fight Night: Lewis vs. Abdurakhimov, em dezembro de 2016. No entanto, Cummins se retirou uma semana antes do evento, devido a uma infecção.[6] A luta, então, foi remarcada para este evento.[7]

Uma luta no peso-pesado entre Christian Colombo e Damian Grabowski estava prevista para acontecer no UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira. No entanto, o confronto foi descartado, pois ambos os lutadores se lesionaram.[8] A luta foi remarcada para acontecer neste evento.[9] No entanto, Colombo foi removido em 22 de junho, por motivos não divulgados, e foi substituído por Chase Sherman.[10]

Alessio Di Chirico enfrentaria Rafael Natal, mas ele foi retirado da luta semanas antes do evento, devido a uma lesão no pescoço, e foi substituído pelo recém-chegado na promoção, Eryk Anders.[11]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Fox)
Categoria Método Round Tempo Notas
Médios

Estados Unidos Chris Weidman

derrotou

Estados Unidos Kelvin Gastelum

Finalização (Katagatame)

3

3:45

|

Penas

Estados Unidos Darren Elkins

derrotou

Estados Unidos Dennis Bermudez

Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

3

5:00

|

Meio-Pesados

Estados Unidos Patrick Cummins

derrotou

Estados Unidos Gian Villante

Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

3

5:00

|

Galos

Estados Unidos Jimmie Rivera

derrotou

Brasil Thomas Almeida

Decisão Unânime (29-28, 30-26 e 30-27)

3

5:00

|

Card Preliminar (Fox)
Meio-Médios

Brasil Elizeu dos Santos

derrotou

Estados Unidos Lyman Good

Decisão Dividida (30-27, 28-29 e 30-27)

3

5:00

|

Médios

Estados Unidos Eryk Anders

derrotou

Brasil Rafael Natal

Nocaute (Socos)

1

2:54

|

Meio-Médios

Brasil Alex Oliveira

derrotou

Estados Unidos Ryan LaFlare

Nocaute (Soco)

2

1:50

|

Pesados

Estados Unidos Chase Sherman

derrotou

Polónia Damian Grabowski

Decisão Unânime (30-27, 30-26 e 30-27)

3

5:00

|

Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Penas

Canadá Jeremy Kennedy

derrotou

Estados Unidos Kyle Bochniak

Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

3

5:00

|

Galos

Equador Marlon Vera

derrotou

Estados Unidos Brian Kelleher

Finalização (Chave de Braço)

1

2:18

|

Pesados

Brasil Júnior Albini

derrotou

Estados Unidos Timothy Johnson

Nocaute (Socos)

1

2:51

|

Penas

Estados Unidos Shane Burgos

derrotou

Brasil Godofredo Pepey

Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 29-28)

3

5:00

|

Leves

Estados Unidos Chris Wade

derrotou

Estados Unidos Frankie Perez

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

3

5:00

|

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]