UFC 239

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UFC 239: Jones vs. Santos
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02019-07-06 6 de julho de 2019
Local T-Mobile Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 18.358
Cronologia
UFC on ESPN: Ngannou vs. dos Santos UFC 239: Jones vs. Santos UFC Fight Night: de Randamie vs. Ladd

UFC 239: Jones vs. Santos foi um evento de MMA produzido pelo Ultimate Fighting Championship no dia 6 de julho de 2019, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.

Background[editar | editar código-fonte]

A disputa de cinturão dos meio-pesados entre o atual campeão Jon Jones e o brasileiro Thiago Santos serviu de luta principal da noite.[1]

A disputa de cinturão dos galos feminino entre a atual campeã Amanda Nunes e a ex-campeã da categoria Holly Holm serviu de co-luta principal da noite.[1]

Sean O'Malley era esperado para enfrentar Marlon Vera no evento. Entretanto, O'Malley saiu da luta no dia 21 de junho após cair no doping por ostarina. Drako Rodriguez do King of the Cage foi chamado para substituir O'Malley, porém, o presidente da organização, Terry Trebilcock, se negou a ceder o atleta para o UFC e então Nohelin Hernandez foi chamado de última hora para enfrentar Vera.[2]

Melissa Gatto era esperada para enfrentar Julia Avila neste evento. No entanto, Gatto foi removida do card no dia 24 de junho por razões desconhecidas e foi substituída pela veterana Pannie Kianzad.[3]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Principal (PPV)
Categoria Método Round Tempo Notas
Meio-Pesados

Estados Unidos Jon Jones (c)

derrotou

Brasil Thiago Santos

Decisão Dividida (48-47, 47-48 e 48-47)

5

5:00

Nota 1

|

Galos Feminino

Brasil Amanda Nunes (c)

derrotou

Estados Unidos Holly Holm

Nocaute Técnico (Chute na Cabeça e Socos)

1

4:10

Nota 2

|

Meio-Médios

Estados Unidos Jorge Masvidal

derrotou

Estados Unidos Ben Askren

Nocaute (Joelhada Voadora)

1

0:05

Nota 3

|

Meio-Pesados

Polónia Jan Błachowicz

derrotou

Estados Unidos Luke Rockhold

Nocaute (Soco)

2

1:39

|

Meio-Médios

Estados Unidos Michael Chiesa

derrotou

Estados Unidos Diego Sanchez

Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 30-26)

3

5:00

|

Card Preliminar (ESPN)
Penas

Inglaterra Arnold Allen

derrotou

Estados Unidos Gilbert Melendez

Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

3

5:00

|

Galos

Equador Marlon Vera

derrotou

Estados Unidos Nohelin Hernandez

Finalização (Mata Leão)

2

3:25

|

Palhas Feminino

Brasil Cláudia Gadelha

derrotou

Canadá Randa Markos

Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

3

5:00

|

Galos

China Song Yadong

derrotou

México Alejandro Pérez

Nocaute (Soco)

1

2:04

|

Card Preliminar (UFC Fight Pass/ESPN+)
Médios

Estados Unidos Edmen Shahbazyan

derrotou

Wales Jack Marshman

Finalização (Mata Leão)

1

1:12

|

Meio-Médios

Estados Unidos Chance Rencountre

derrotou

Áustria Ismail Naurdiev

Decisão Unânime (29-27, 29-28 e 30-27)

3

5:00

|

Galos Feminino

Estados Unidos Julia Avila

derrotou

Suécia Pannie Kianzad

Decisão Unânime (30-27, 30-26 e 30-26)

3

5:00

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Meio-Pesado do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso Galo Feminino do UFC.
Nota 3 Nocaute mais rápido da história do UFC.

[4]

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus:[5]

Referências

  1. a b Brett Okamoto (27 de março de 2019). «Jones-Santos, Nunes-Holm serão as lutas principais do UFC 239» (em inglês). espn.com. Consultado em 27 de março de 2019 
  2. Staff (2 de julho de 2019). «Nohelin Hernandez entra de última hora contra Marlon Vera no UFC 239» (em neerlandês). mmadna.nl. Consultado em 2 de julho de 2019 
  3. Nolan King and Mike Bohn (24 de junho de 2019). «UFC 239: Com Melissa Gatto fora, Pannie Kianzad retorna ao UFC para enfrentar Julia Avila» (em inglês). mmajunkie.com. Consultado em 24 de junho de 2019 
  4. «UFC 239: Jones vs. Santos». Ultimate Fighting Championship. Consultado em 1 de julho de 2019 
  5. Staff (7 de julho de 2019). «Bônus do UFC 239: Nocautes de Amanda Nunes e Jorge Masvidal lideram os bônus do UFC 239». terra.com.br. Consultado em 7 de julho de 2019