UFC 33

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC 33: Victory in Vegas
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02001-09-28 28 de setembro de 2001
Local Mandalay Bay Events Center
Cidade Estados Unidos Paradise, Nevada
Público 9 500
Vendas (PPV) 75 000
Arrecadado U$816 600
Cronologia
UFC 32: Showdown in the Meadowlands UFC 33: Victory in Vegas UFC 34: High Voltage

UFC 33: Victory in Vegas foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship, ocorrido em 02001-09-28 28 de setembro de 2001 no Mandalay Bay Events Center em Paradise, Nevada. O evento foi transmitido ao vivo no pay per view, e depois vendido em home video.

Background[editar | editar código-fonte]

O card teve como atração três lutas pelo título, Tito Ortiz vs. Vladimir Matyushenko pelo Cinturão Meio Pesado do UFC (Vitor Belfort foi incapaz de lutar devido a uma lesão no braço), Dave Menne vs. Gil Castillo pelo Cinturão Peso Médio do UFC e Jens Pulver vs. Dennis Hallman pelo Cinturão Peso Leve do UFC.[1]

UFC 33 foi o primeiro evento de MMA sancionado pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, sobre as Regras Unificadas das Artes Marciais Mistas, que foi primeiro estabilizada pelo Controle Atlético do Estado de New Jersey em 2000.

UFC 33 foi considerado um desastre por muitos, deixando de cativar o novo público do pay-per-view, devido ao grande número de decisões no card - UFC 33 foi de fato o primeiro evento em que todas as lutas principais foram para a decisão. As lutas entre Ortiz e Matyushenko e Pulver e Hallman em particular vem sendo consideradas as duas lutas mais monótomas pelo título na história do UFC.[2] Adicionalmente, a transmissão caiu e saiu mais cedo em muitos sistemas de caso (no meio da luta entre Ortiz e Matyushenko). Após esse evento, o UFC reduziu o número de lutas ao vivo a cinco e nunca mais fez três lutas pelo título em um único card do UFC.

Durante a conferência pós-luta para o UFC 111, em respostas de questões sobre a luta entediante entre Georges St. Pierre e Dan Hardy, o presidente do UFC Dana White comentou que "UFC 33 é o único que ele lembra que teve lutas horríveis."

Anos após, na conferência pós-luta do UFC 149, após um card da mesma forma, Dana White disse, "Parecia que eu estava no UFC 33 de novo".

Em 2013 após a conferência pós-luta do UFC on Fox 6, Dana White mais uma vez referenciou o UFC 33 como "o pior show que já tive".

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Meio-Pesados Estados Unidos Tito Ortiz (c) derrotou Bielorrússia Vladimir Matyushenko Decisão Unânime (50-43, 50-44 e 50-44) 5 5:00 Nota 1
Leves Estados Unidos Jens Pulver (c) derrotou Estados Unidos Dennis Hallman Decisão Unânime (49-47, 48-47 e 48-47) 5 5:00 Nota 2
Meio-Pesados Estados Unidos Chuck Liddell derrotou Brasil Murilo Bustamante Decisão Unânime (29-28, 29-27 e 29-27) 3 5:00
Meio-Médios Estados Unidos Matt Serra derrotou Bahamas Yves Edwards Decisão Majoritária (30-26, 30-27 e 29-29) 3 5:00
Médios Estados Unidos Dave Menne derrotou Estados Unidos Gil Castillo Decisão Unânime (49-43, 49-44 e 49-45) 5 5:00 Nota 3
Card Preliminar
Meio-Médios Japão Jutaro Nakao derrotou Peru Tony DeSouza Nocaute (Soco) 2 0:15
Médios Brasil Ricardo Almeida derrotou Estados Unidos Eugene Jackson Finalização (Triângulo) 1 4:06
Leves Estados Unidos Din Thomas derrotou Brasil Fabiano Iha Decisão Unânime (29-28, 29-27 e 29-28) 3 5:00

Nota 1 Pelo Cinturão Meio-Pesado do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso-Leve do UFC.
Nota 3 Pelo Cinturão Peso Médio Inaugural do UFC.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]