UFC 207

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UFC 207: Nunes vs. Rousey
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02016-12-30 30 de dezembro de 2016
Local T-Mobile Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 18 533[1]
Vendas (PPV) 1 100 000
Arrecadado US$4 750 000[1]
Cronologia
UFC on Fox: VanZant vs. Waterson UFC 207: Nunes vs. Rousey UFC Fight Night: Rodríguez vs. Penn

UFC 207: Nunes vs. Rousey foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship (UFC) que foi realizado no dia 30 de dezembro de 2016, na T-Mobile Arena, em Paradise, Nevada, nos Estados Unidos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A luta principal foi pelo Cinturão Peso-Galo Feminino entre a atual campeã Amanda Nunes e a ex-campeã Ronda Rousey.[2]

O evento também teve a disputa do Cinturão Peso-Galo Masculino entre Dominick Cruz, o atual campeão, e Cody Garbrandt, o desafiante.[3]

A revanche entre os ex-campeões do peso-pesado, Fabrício Werdum e Caín Velásquez, também era esperada. No combate anterior, em junho de 2015 no UFC 188, Werdum venceu a luta por finalização no terceiro round, unificando seu cinturão interino com o cinturão de Velásquez.[4] No entanto, após Caín divulgar uma lesão, a Comissão Atlética de Nevada vetou sua participação neste evento.[5]

Houve o combate entre John Lineker e o ex-campeão do peso-galo, T.J. Dillashaw. Esta luta pode definir o próximo desafiante ao cinturão do peso-galo.[6]

Estava programado um combate entre Matt Brown e Tarec Saffiedine neste evento, porém Brown foi colocado para lutar contra Donald Cerrone no dia 11 de novembro, três semanas antes, no UFC 206. Para substituir Brown e enfrentar Saffiedine, o escolhido foi o lutador coreano Dong Hyun Kim.

Maryna Moroz enfrentaria a brasileira Jéssica Andrade, mas Maryna se contundiu e foi substituída por Angela Hill, Campeã Peso-Palha do Invicta FC.[7] Contudo, a USADA não permitiu que Angela lutasse por causa de uma regra de antidoping.[8] Desta forma, Jéssica acabou sendo removida do card.

Sabah Homasi enfrentaria Brandon Thatch neste evento.[9] Porém Homasi se contundiu e foi trocado por Niko Price, estreante no UFC.[10]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Galos Feminino

Brasil Amanda Nunes (c)

derrotou

Estados Unidos Ronda Rousey

Nocaute Técnico (Socos)

1

0:48

Nota 1

|

Galos

Estados Unidos Cody Garbrandt

derrotou

Estados Unidos Dominick Cruz (c)

Decisão Unânime (48-46, 48-47 e 48-46)

5

5:00

Nota 2

|

Galos

Estados Unidos T.J. Dillashaw

derrotou

Brasil John Lineker

Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 30-26)

3

5:00

|

Meio-Médios

Coreia do Sul Dong Hyun Kim

derrotou

Bélgica Tarec Saffiedine

Decisão Dividida (27-30, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Moscas

Estados Unidos Ray Borg

derrotou

Estados Unidos Louis Smolka

Decisão Unânime (30-27, 30-26 e 30-26)

3

5:00

|

Card Preliminar (Fox Sports 1)
Meio-Médios

Estados Unidos Neil Magny

derrotou

Estados Unidos Johny Hendricks

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Médios

Brasil Antônio Carlos Júnior

derrotou

Itália Marvin Vettori

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Meio-Médios

República Dominicana Alex Garcia

derrotou

Estados Unidos Mike Pyle

Nocaute (Soco)

1

3:34

|

Meio-Médios

Estados Unidos Niko Price

derrotou

Estados Unidos Brandon Thatch

Finalização (Katagatame)

1

4:30

|

Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Meio-Médios

Brasil Alex Oliveira

vs.

Estados Unidos Tim Means

Sem Resultado (Joelhadas Ilegais)

1

3:33

|

Nota 1 Pelo Cinturão Peso-Galo Feminino do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso-Galo do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

  • Luta da Noite: Estados Unidos Cody Garbrandt vs. Estados Unidos Dominick Cruz
  • Performance da Noite: Brasil Amanda Nunes e República Dominicana Alex Garcia

Referências

  1. a b «Luta de Amanda Nunes bate recorde histórico de público do UFC em Las Vegas». bol.uol.com.br. 31 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de janeiro de 2017 
  2. Extra (16 de dezembro de 2016). «Vídeo do UFC 207 exalta retorno de Ronda Rousey, e Amanda Nunes provoca». extra.globo.com. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  3. Combate.com (21 de dezembro de 2016). «Cody Garbrandt vê Dominick Cruz desmotivado e promete nocauteá-lo». sportv.globo.com. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  4. Felippe Drummond Neto (21 de outubro de 2016). «Após boatos, UFC confirma Werdum vs Velasquez 2 no UFC 207». sportsusa.com.br. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  5. Combate.com (25 de dezembro de 2016). «Werdum revela pedido de desculpas de Velásquez, e faz desafio a Cigano». sport.globo.com. Consultado em 26 de dezembro de 2016 
  6. Combate.com (2 de novembro de 2016). «John Lineker enfrenta TJ Dillashaw no UFC 207, 30 de dezembro, em Vegas». sportv.globo.com. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  7. Gabriel Carvalho (7 de dezembro de 2016). «Angela Hill substitui Moroz e enfrenta Jéssica Andrade no UFC 207». olimpomma.com. Consultado em 26 de dezembro de 2016 
  8. Gabriel Carvalho (13 de dezembro de 2016). «Angela Hill não lutará contra Jéssica Andrade no UFC 207». olimpomma.com. Consultado em 26 de dezembro de 2016 
  9. Luan Silva (18 de outubro de 2016). «Brandon Thatch enfrenta Sabah Homasi no UFC 207». olimpomma.com. Consultado em 26 de dezembro de 2016 
  10. Gabriel Carvalho (9 de dezembro de 2016). «Brandon Thatch recebe novo adversário para o UFC 207». olimpomma.com. Consultado em 26 de dezembro de 2016