UFC 201

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC 201: Lawler vs. Woodley
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02016-07-30 30 de julho de 2016
Local Philips Arena
Cidade Estados Unidos Atlanta, Geórgia
Público 10 240
Vendas (PPV) 240 000
Arrecadado $1 070 000
Cronologia
UFC on Fox: Holm vs. Shevchenko UFC 201: Lawler vs. Woodley UFC Fight Night: Rodríguez vs. Caceres

UFC 201: Lawler vs. Woodley foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship ocorrido em 02016-07-30 30 de julho de 2016 na Philips Arena, em Atlanta, nos Estados Unidos

Background[editar | editar código-fonte]

Este foi o terceiro evento que a organização já recebeu em Atlanta, dando sequência ao UFC 88, em setembro de 2008, e ao UFC 145, em abril de 2012.[1]

O evento será encabeçado por uma luta valendo o Cinturão Meio Médio do UFC, entre o atual campeão, Robbie Lawler, e o n° 4 da categoria, Tyron Woodley.[2]

A luta entre o atual Campeão Peso Mosca do UFC, Demetrious Johnson, e o desafiante, Wilson Reis, era esperada para servir como o evento co-principal.[3] No entanto, em 8 de julho, foi anunciado que Johnson estava fora, devido a uma lesão não revelada, e que a luta foi adiada.[4] Reis era esperado para permanecer no card, contra o recém-chegado na promoção, Sean Santella[5] mas, poucos dias depois, Santella anunciou que a luta foi desfeita, porque o UFC disse: "ele precisava fazer alguns exames médicos, e não teve tempo suficiente".[6] Por sua vez, Reis agora vai enfrentar Hector Sandoval.[7]

Cláudio Silva era esperado para enfrentar Siyar Bahadurzada no evento. No entanto, em 16 de junho, Silva retirou-se da luta, devido a uma lesão, e foi substituído por Jorge Masvidal.[8] Contudo, Bahadurzada foi retirado da luta, em 12 de julho, citando uma doença, e foi substituído pelo vencedor do The Ultimate Fighter: United States vs. United Kingdom, Ross Pearson.[9][10]

Ray Borg iria enfrentar Fredy Serrano no evento, mas desistiu em 21 de julho, devido a uma lesão, e foi substituído por Ryan Benoit.[11]

Era esperado que Justin Scoggins enfrentasse Ian McCall, no peso-mosca. No entanto, apenas dois dias antes do evento, Scoggins anunciou que vinha sofrendo durante o corte de peso, e não iria bater o peso da categoria. O UFC retirou Scoggins do card, cancelou a luta, e McCall pesou-se, como uma alternativa, caso viesse a lutar. Scoggins anunciou que irá subir para o peso galo na sua próxima luta.[12]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Meio-Médios Estados Unidos Tyron Woodley derrotou Estados Unidos Robbie Lawler (c) Nocaute (Socos) 1 2:12 Nota 1
Palhas Feminino Polónia Karolina Kowalkiewicz derrotou Estados Unidos Rose Namajunas Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28) 3 5:00
Meio-Médios Estados Unidos Jake Ellenberger derrotou Estados Unidos Matt Brown Nocaute Técnico (Chute no Corpo e Socos) 1 1:46
Galos México Erik Pérez derrotou Estados Unidos Francisco Rivera Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 29-28) 3 5:00
Moscas Estados Unidos Ryan Benoit derrotou Colômbia Fredy Serrano Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28) 3 5:00
Card Preliminar (Fox Sports 2)
Meio-Pesados Ucrânia Nikita Krylov derrotou Estados Unidos Ed Herman Nocaute (Chute na Cabeça) 2 0:40
Meio-Médios Estados Unidos Jorge Masvidal derrotou Inglaterra Ross Pearson Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Pesados Estados Unidos Anthony Hamilton derrotou Polónia Damian Grabowski Nocaute (Socos) 1 0:14
Moscas Brasil Wilson Reis derrotou México Hector Sandoval Finalização (Mata Leão) 1 1:49
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Meio Médios Estados Unidos Michael Graves e Sérvia Bojan Velickovic Empate Majoritário (30-27, 28-28 e 28-28) 3 5:00
Leves Austrália Damien Brown derrotou Paraguai Cesar Arzamendia Nocaute (Socos) 1 2:27

Nota 1 Pelo Cinturão Meio Médio do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

  • Luta da Noite: Polónia Karolina Kowalkiewicz vs. Estados Unidos Rose Namajunas
  • Performance da Noite: Estados Unidos Tyron Woodley e Estados Unidos Jake Ellenberger

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

  1. Robbie Lawler vs. Tyron Woodley marcado para a luta principal do UFC 201, em Atlanta
  2. Staff (17 de maio de 2016). «Robbie Lawler vs. Tyron Woodley official for UFC 201 headliner in Atlanta». mmajunkie.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  3. Staff (18 de maio de 2016). «Demetrious Johnson to defend flyweight title against Wilson Reis at UFC 201». mmajunkie.com. Consultado em 18 de maio de 2016 
  4. Mike Bohn (8 de julho de 2016). «Flyweight champ Demetrious Johnson injured, out of UFC 201 title fight with Wilson Reis». mmajunkie.com. Consultado em 8 de julho de 2016 
  5. Staff (13 de julho de 2016). «Promotional newcomer Sean Santella steps in to fight Wilson Reis at UFC 201 in Atlanta». mmajunkie.com. Consultado em 13 de julho de 2016 
  6. Staff (16 de julho de 2016). «Sean Santella says short-notice UFC 201 bout against Wilson Reis has been scrapped». mmajunkie.com. Consultado em 16 de julho de 2016 
  7. Dana Becker (18 de julho de 2016). «Team Alpha Male's Hector Sandoval Takes On Wilson Reis At UFC 201». mmanews.com. Consultado em 18 de julho de 2016 
  8. Staff (16 de junho de 2016). «Jorge Masvidal replaces Claudio Silva, meets Siyar Bahadurzada at UFC 201». mmajunkie.com. Consultado em 17 de junho de 2016 
  9. Staff (12 de julho de 2016). «Illness forces Siyar Bahadurzada out of UFC 201, UFC seeks opponent for Jorge Masvidal». mmajunkie.com. Consultado em 12 de julho de 2016 
  10. Brett Okamoto (13 de julho de 2016). «Ross Pearson agrees to fight Jorge Masvidal at UFC 201». espn.go.com. Consultado em 13 de julho de 2016 
  11. Rob Tatum (21 de julho de 2016). «Ray Borg injured, Fredy Serrano now meets Ryan Benoit at UFC 201». combatpress.com. Consultado em 29 de julho de 2016 
  12. Staff (28 de julho de 2016). «Video: Weight-cutting issues force Justin Scoggins out of UFC 201 vs. McCall (updated)». mmajunkie.com. Consultado em 28 de julho de 2016