Tyron Woodley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tyron Woodley
Tyron Woodley.png
Tyron Woodley em 2016
Informações
Nome
completo
Tyron Lakent Woodley
Nascimento 17 de abril de 1982 (36 anos)
Ferguson, Missouri, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes T-Wood, The Chosen One
Universidade Universidade de Missouri
Altura 1,75 m
Peso 77 kg
Divisão Peso-meio-médio
Envergadura 188 cm
Modalidade Wrestling, BJJ, KickBoxing, Boxe.
Luta por Coconut Creek, Flórida
Equipe American Top Team
Graduação NCAA Division I Wrestling
     Faixa Marrom de Brazilian Jiu Jitsu
Período em
atividade
2006–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 22
Vitórias 18
Por nocaute 6
Por finalização 5
Por decisão 7
Derrotas 3
Por nocaute 1
Por decisão 2
Empates 1
Cartel amador
Total 7
Vitórias 7
Derrotas 0
Ligações externas
Página oficial:
tyronwoodley.com
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 30 de janeiro de 2018

Tyron Lakent Woodley (Ferguson, 17 de abril de 1982) é um lutador de artes marciais mistas estadunidense, é ex-wrestler amador pela Universidade de Missouri e atualmente é o campeão do peso meio-médio do Ultimate Fighting Championship.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

Woodley fez sua estreia no Strikeforce contra Sal Woods no Strikeforce: Lawler vs. Shields em 6 de Junho de 2009. Tyron venceu a luta por Finalização no primeiro round. Após a vitória, Woodley assinou um contrato de seis lutas com o Strikeforce.

Woodley fez sua segunda aparição no Strikeforce no Strikeforce Challengers: Kennedy vs. Cummings. Ele derrotou Zach Light por Finalização no segundo round.

No Strikeforce Challengers: Woodley vs. Bears, Woodley derrotou Rudy Bears por Triângulo de Braço. Após sua vitória sobre Bears, Woodley entrou para o jogo eletrônico EA Sports MMA da EA Sports.

Tyron venceu Nathan Coy por Decisão Dividida no Strikeforce Challengers: Lindland vs. Casey.

Em 9 de Outubro de 2010, no Strikeforce: Diaz vs. Noons II, Woodley derrotou André Galvão por Nocaute no primeiro round. Esse foi a estréia de Woodley no card principal de um evento maior do Strikeforce.

Woodley fez seu segundo main event no Strikeforce Challengers no Strikeforce Challengers: Woodley vs. Saffiedine, enfrentou Tarec Saffiedine em 7 de Janeiro de 2011 em Nashville, Tennessee. Usando seu clinch efetivo e aplicando quedas, Woodley venceu a luta por Decisão Unânime. Após a vitória, Woodley pediu para ser o desafiante n°1 pelo título dos Meio Médios. Strikeforce renovou um contrato com quatro lutas de Woddley.

No Strikeforce: Diaz vs. Daley Woodley usou uma camisa que tinha estampado na frente, "I Got Next" (Eu sou o próximo), dizendo que ele seria o próximo a disputar o Cinturão da categoria. No Strikeforce: Fedor vs. Henderson, Tyron substituiu Evangelista Santos e enfrentou Paul Daley. Woodley controlou a luta com queadas bem efetivas, e venceu Daley por Decisão Unânime.

Woodley enfrentou o canadense Jordan Mein no Strikeforce: Rockhold vs. Jardine. Woodley venceu por Decisão Dividida.

Tyron enfrentou Nate Marquardt em 14 de Julho de 2012 no Strikeforce: Rockhold vs. Kennedy pelo título vago do Strikeforce. Ele perdeu a luta por Nocaute no quarto round.

Ultimate Fightig Championship[editar | editar código-fonte]

Woodley enfrentou Jay Hieron em 2 de Fevereiro de 2013 no UFC 156 em sua estréia no UFC, substituindo o lesionado Erick Silva.[1] Woodley venceu por Nocaute aos 36 segundos do primeiro round.[2]

Woodley foi derrotado por Jake Shields em uma controversa decisão dividida no UFC 161 em 15 de junho de 2013.

Woodley retomou o caminho das vitórias ao vencer Josh Koscheck, em 16 de novembro de 2013, no UFC 167 por nocaute no primeiro round.

Após pedir para enfrentar Carlos Condit, Woodley teve seu pedido aceito e sua luta contra o 'The Natural Born Killer' foi marcada para 15 de Março de 2014 no UFC 171. Woodley ganhava a luta até o segundo round, quando deu um chute em Condit, que lesionou o joelho e não pode continuar, com isso Woodley se tornou vencedor por nocaute técnico.

Woodley enfrentou o canadense Rory MacDonald em 14 de Junho de 2014 no UFC 174 e foi derrotado por decisão unânime. Dias após a derrota, Woodley foi colocado para substituir Hector Lombard contra Dong Hyun Kim em 23 de Agosto de 2014 no UFC Fight Night: Bisping vs. Le.[3] Ele venceu por nocaute técnico com um minuto de luta.

Ele enfrentou o vencedor do TUF 17 Kelvin Gastelum em 31 de Janeiro de 2015 no UFC 183 e venceu por decisão dividida.

Woodley estava escalado para enfrentar o ex-campeão Johny Hendricks em 3 de Outubro de 2015 no UFC 192. Contudo Johny Hendricks sofreu um problema no corte de peso a poucas horas da pesagem oficial e precisou ser removido do evento.

Woodley foi escalado para enfrentar Robbie Lawler pelo cinturão do peso meio-médio do em 30 de julho de 2016, UFC 201. O anúncio de seu nome para disputar o cinturão recebeu diversas críticas de outros lutadores da categoria, por conta do seu longo período de inatividade. Não luta desde que enfrentou Kevin Gastelum.

No UFC 201, nocauteou o ex-campeão Robbie Lawler e conquistou o Cinturão Meio Médio do UFC. Na metade do 1º round Woodley acertou um forte cruzado de direita que derrubou Lawler. O desafiante foi para cima e ainda acertou vários golpes, fazendo o árbitro Dan Miragliotta interromper o combate e declarando vitória de Woodley por nocaute técnico aos 2 minutos e 12 segundos do primeiro round.

Desde que defendeu o cinturão dos Meio-Médios do ufc pela 3 vez consecutiva, Woodley tem se negado a defender o cinturão contra o desafiante número 1 da categoria, o que lhe tem rendido muitas críticas. Woodley é considerado por muitos como o pior campeão que o UFC já teve até hoje, por suas lutas serem monótonas e por sempre procurar lutas que o favorecem tanto fisicamente, quanto financeiramente.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 18-3-1 Brasil Demian Maia Decisão (unânime) UFC 214: Cormier vs. Jones II 29/07/2017 5 5:00 Estados Unidos Anaheim, California Defendeu o Cinturão Meio Médio do UFC.
Vitória 17-3-1 Estados Unidos Stephen Thompson Decisão (majoritária) UFC 209: Woodley vs. Thompson II 04/03/2017 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Defendeu o Cinturão Meio Médio do UFC.
Empate 16-3-1 Estados Unidos Stephen Thompson Empate (majoritário) UFC 205: Alvarez vs. McGregor 12/11/2016 5 5:00 Estados Unidos New York, New York Defendeu o Cinturão Meio Médio do UFC; Luta da Noite.
Vitória 16-3 Estados Unidos Robbie Lawler Nocaute (socos) UFC 201: Lawler vs. Woodley 30/07/2016 1 2:12 Estados Unidos Atlanta, Geórgia Ganhou o Cinturão Meio Médio do UFC.

Performance da Noite.

Vitória 15-3 Estados Unidos Kelvin Gastelum Decisão (dividida) UFC 183: Silva vs. Diaz 31/01/2015 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Peso casado (180lbs).Gastelum não bateu o peso.Woodley lutou com o pé fraturado.
Vitória 14-3 Coreia do Sul Dong Hyun Kim Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Bisping vs. Le 23/08/2014 1 1:01 Macau Cotai, Macau Performance da Noite.
Derrota 13-3 Canadá Rory MacDonald Decisão (unânime) UFC 174: Johnson vs. Bagautinov 14/06/2014 3 5:00 Canadá Vancouver, Colúmbia Britânica
Vitória 13-2 Estados Unidos Carlos Condit Nocaute Técnico (lesão) UFC 171: Hendricks vs. Lawler 15/03/2014 2 2:00 Estados Unidos Dallas, Texas
Vitória 12-2 Estados Unidos Josh Koscheck Nocaute (socos) UFC 167: St. Pierre vs. Hendricks 16/11/2013 1 4:38 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Derrota 11-2 Estados Unidos Jake Shields Decisão (dividida) UFC 161: Evans vs. Henderson 15/06/2013 3 5:00 Canadá Winnipeg, Manitoba
Vitória 11-1 Estados Unidos Jay Hieron Nocaute (socos) UFC 156: Aldo vs. Edgar 02/02/2013 1 0:36 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 10-1 Estados Unidos Nate Marquardt Nocaute (cotoveladas e socos) Strikeforce: Rockhold vs. Kennedy 14/07/2012 4 1:39 Estados Unidos Portland, Oregon Pelo Cinturão do Peso Meio-Médio do Strikeforce.
Vitória 10-0 Canadá Jordan Mein Decisão (dividida) Strikeforce: Rockhold vs. Jardine 07/01/2012 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 9-0 Inglaterra Paul Daley Decisão (unânime) Strikeforce: Fedor vs. Henderson 30/07/2011 3 5:00 Estados Unidos Hoffman Estates, Illinois
Vitória 8-0 Bélgica Tarec Saffiedine Decisão (unânime) Strikeforce Challengers: Woodley vs. Saffiedine 07/01/2011 3 5:00 Estados Unidos Nashville, Tennessee
Vitória 7-0 Brasil André Galvão Nocaute (socos) Strikeforce: Diaz vs. Noons II 09/10/2010 1 1:48 Estados Unidos San José, Califórnia
Vitória 6-0 Estados Unidos Nathan Coy Decisão (dividida) Strikeforce Challengers: Lindland vs. Casey 21/05/2010 3 5:00 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 5-0 Estados Unidos Rudy Bears Finalização (triângulo de braço) Strikeforce Challengers: Woodley vs. Bears 20/11/2009 1 2:52 Estados Unidos Kansas City, Kansas
Vitória 4-0 Estados Unidos Zach Light Finalização (chave de braço) Strikeforce Challengers: Kennedy vs. Cummings 25/09/2009 2 3:38 Estados Unidos Bixby, Oklahoma
Vitória 3-0 Estados Unidos Sal Woods Finalização (estrangulamento brabo) Strikeforce: Lawler vs. Shields 06/06/2009 1 4:20 Estados Unidos St. Louis, Missouri
Vitória 2-0 Estados Unidos Jeff Carstens Finalização (mata-leão) Respect Is Earned: Brotherly Love Brawl 30/04/2009 1 0:48 Estados Unidos Oaks, Pensilvânia
Vitória 1-0 Estados Unidos Steve Schnider Finalização (socos) Headhunter Productions: The Patriot Act 1 07/02/2009 1 1:09 Estados Unidos Columbia, Missouri

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Television
Ano Título Papel Notas
2010 Bully Beatdown Ele mesmo Episódio: "Hair Today, Gone Tomorrow"

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
Estados Unidos Robbie Lawler
11º campeão do peso-meio-médio do UFC
30 de julho de 2016 – presente
Atual Detentor