UFC 235: Jones vs. Smith

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
UFC 235: Jones vs. Smith
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02019-03-02 2 de março de 2019
Local T-Mobile Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 14.790
Cronologia
UFC Fight Night: Blachowicz vs. Santos UFC 235: Jones vs. Smith UFC Fight Night: Lewis vs. dos Santos

UFC 235: Jones vs. Smith foi um evento de MMA produzido pelo Ultimate Fighting Championship no dia 02 de março de 2019, no T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.

Background[editar | editar código-fonte]

A disputa de cinturão dos meio-pesados entre o campeão Jon Jones e o desafiante Anthony Smith foram a luta principal do evento.

A disputa de cinturão dos meio-médios entre o campeão Tyron Woodley e o desafiante Kamaru Usman foram a co-luta principal da noite.

Como resultado do cancelado no UFC 233, a luta entre o ex-campeão meio-médio Robbie Lawler e o estreante e ex-campeão dos meio-médios do Bellator e do ONE Ben Askren foi reagendada para esse evento.

O duelo nos galos feminino entre a ex-campeã Holly Holm e Aspen Ladd era esperado para este evento. Porém, no dia 31 de janeiro, foi reportado que a luta foi cancelada por razões desconhecidas e ambas lutadoras são esperadas para enfrentar novos oponentes em outros eventos.

Thomas Almeida e Marlon Vera estavam agendados para esse evento. Mas, Almeida saiu do combate em 31 de janeiro devido a uma lesão e foi substituído por Frankie Saenz. Entretanto, a luta foi totalmente cancelada no dia 27 de fevereiro, após Vera sair do combate devido a uma doença.

O ex-desafiante da categoria Ovince St. Preux era esperado para enfrentar Misha Cirkunov. No dia 11 de fevereiro, foi anunciado que St. Preux sofreu uma lesão e estava fora do combate. Para seu lugar, foi chamado o brasileiro Johnny Walker.

Song Yadong estava programado para enfrentar Alejandro Pérez, mas saiu do evento no dia 11 de janeiro por razões desconhecidas. Ele foi substituído por Cody Stamann.

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal (PPV)
Categoria Método Round Tempo Notas
Meio-Pesados Estados Unidos Jon Jones (c) derrotou Estados Unidos Anthony Smith Decisão Unânime (48-44, 48-44 e 48-44) 5 5:00 Nota 1
Meio-Médios Nigéria Kamaru Usman derrotou Estados Unidos Tyron Woodley (c) Decisão Unânime (50-44, 50-44 e 50-45) 5 5:00 Nota 2
Meio-Médios Estados Unidos Ben Askren derrotou Estados Unidos Robbie Lawler Finalização Técnica (Estrangulamento Buldogue) 1 3:20
Palhas Feminino China Zhang Weili derrotou Estados Unidos Tecia Torres Decisão Unânime (29-28, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Galos Brasil Pedro Munhoz derrotou Estados Unidos Cody Garbrandt Nocaute (Socos) 1 4:51
Card Preliminar (ESPN)
Penas Rússia Zabit Magomedsharipov derrotou Estados Unidos Jeremy Stephens Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Meio-Pesados Brasil Johnny Walker derrotou Canadá Misha Cirkunov Nocaute Técnico (Joelhada Voadora e Socos) 1 0:36
Galos Estados Unidos Cody Stamann derrotou México Alejandro Pérez Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Meio-Médios Estados Unidos Diego Sanchez derrotou Estados Unidos Mickey Gall Nocaute Técnico (Socos) 2 4:13
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Médios Estados Unidos Edmen Shahbazyan derrotou Estados Unidos Charles Byrd Nocaute Técnico (Cotoveladas e Socos) 1 0:38
Galos Feminino Estados Unidos Macy Chiasson derrotou Estados Unidos Gina Mazany Nocaute Técnico (Socos) 1 1:49
Palhas Feminino Estados Unidos Hannah Cifers derrotou Brasil Polyana Viana Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28) 3 5:00

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Meio-Pesado do UFC. Jones teve dois pontos deduzidos no round 4 devido a uma joelhada ilegal.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso Meio-Médio do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus:

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]