The Ultimate Fighter: América Latina 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Ultimate Fighter: América Latina 3
Informação geral
Formato Reality show
Gênero Esportes
Duração 60 minutos
Criador(es) Frank Fertitta III, Lorenzo Fertitta, Dana White
Produção
Produtor(es) Zuffa
Elenco Dana White, Forrest Griffin, e Chuck Liddell
Exibição
Emissora de televisão original Televisa, UFC Fight Pass
Transmissão original 20 de agosto de 2016
Cronologia
The Ultimate Fighter: Team Joanna vs. Team Cláudia
The Ultimate Fighter: Tournament of Champions

The Ultimate Fighter: América Latina 3 é um reality show produzido pelo Ultimate Fighting Championship, da série The Ultimate Fighter.[1][2]

Em 31 de maio de 2016, o UFC anunciou que os 16 concorrentes para esta temporada seria composta de lutadores pesos-leves de vários locais ao redor da América Latina.[1]

O elenco consistiu de lutadores provenientes de 9 países: Bedoya, da Colombia; Castillo, da Nicarágua; Cárdenas e Villaseca, do Chile; Chalo, da Venezuela; Flores, da Bolivia; Puelles, do Peru; Ganin e Rojo, da Argentina; Zamora, da Costa Rica; Bravo, Martínez, Quintanar, Rodríguez, Sabori e Villegas, do Mexico.

Os treinadores para esta temporada são os ex-Campeões Meio-Pesados do UFC, Forrest Griffin e Chuck Liddell. Ambos os lutadores aposentados foram treinadores em edições anteriores do The Ultimate Fighter.[1]

As filmagens para a temporada começaram em 16 de maio, em Buenos Aires, Argentina.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Equipes[editar | editar código-fonte]

Equipe Griffin:

Equipe Liddell:


Lutadores[editar | editar código-fonte]

  •      Equipe Griffin
    • México Martin Bravo
    • México Pablo Sabori
    • México Miguel Villegas
    • Argentina Marcelo Rojo
    • México Alejandro Martínez
    • Nicarágua Yasser Castillo
    • Costa Rica Walter Zamora
    • Bolívia José David Flores
  •      Equipe Liddell
    • Peru Claudio Puelles
    • Venezuela Ilianovich Chalo
    • México Leonardo Rodríguez
    • Argentina Javier Ganin
    • Colômbia John Bedoya
    • Chile Santiago Cárdenas
    • México Fabian Quintanar
    • Chile Juan Villaseca

Chave do Torneio[editar | editar código-fonte]

Elimination Round Quartas de final Semifinais Final
                           
           
      John Bedoya  DM
      Walter Zamora  2  
      Walter Zamora  DU
        Leonardo Rodríguez  2  
      Leonardo Rodríguez  DM
      Yasser Castillo  2  
      Leonardo Rodríguez  DU
        Martín Bravo  3  
      Javier Ganin  TKO
      Martín Bravo  1  
      Martín Bravo  DU
        Ilianovich Chalo  2  
      Ilianovich Chalo  KO
      Miguel Villegas  1  
      Martín Bravo  TKO
        Claudio Puelles  2
      Santiago Cárdenas  FIN
      Pablo Sabori  1  
      Pablo Sabori  FIN
        Claudio Puelles  1  
      Claudio Puelles  TKO
      José David Flores  1  
      Claudio Puelles  DU
        Marcelo Rojo  3  
      Juan Villaseca  FIN
 
      Marcelo Rojo  1  
      Marcelo Rojo  DU
        John Bedoya*  2  
      Fabian Quintanar  DD
      Alejandro Martínez  3  

* Martínez ficou incapaz de lutar devido a uma lesão. Bedoya foi escolhido no seu lugar para preencher as quartas de final.

Legenda
  Team Liddell
  Team Griffin
DU
  Decisão Unânime
DM
  Decisão Majoritária
DD
  Decisão Dividida
FIN
  Finalização
(T)KO
  Nocaute (Técnico)

Finale[editar | editar código-fonte]

The Ultimate Fighter América Latina 3 Finale: dos Anjos vs. Ferguson
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02016-11-05 5 de novembro de 2016
Local Mexico City Arena
Cidade México Cidade do México
Cronologia
UFC Fight Night: Lamas vs. Penn The Ultimate Fighter América Latina 3 Finale: dos Anjos vs. Ferguson UFC 205: Alvarez vs. McGregor

The Ultimate Fighter América Latina 3 Finale: dos Anjos vs. Ferguson (também conhecido como UFC Fight Night 98) é um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship que será realizado no dia 5 de novembro de 2016, na Mexico City Arena, na Cidade do México, México.[3][4]

Background[editar | editar código-fonte]

Uma luta com potencial para definir o próximo desafiante ao título dos leves entre o ex-Campeão Peso Leve do UFC, Rafael dos Anjos, e o vencedor do The Ultimate Fighter: Team Lesnar vs. Team dos Santos, Tony Ferguson, é esperada para ser a atração principal do evento.[5][6]

As finais do The Ultimate Fighter: América Latina 3, no peso-leve, deverão ocorrer neste evento.[3][7]

O vencedor do The Ultimate Fighter: Team Jones vs. Team Sonnen, no peso-médio, Kelvin Gastelum, era esperado para enfrentar Jorge Masvidal no evento, no peso-meio-médio. No entanto, em 14 de setembro, Gastelum foi removido para realizar uma substituição contra o ex-desafiante ao título dos leves, Donald Cerrone, no UFC 205, uma semana depois.[8] Posteriormente, Masvidal foi removido do card inteiramente e remarcado para enfrentar Jake Ellenberger, no mês seguinte, no The Ultimate Fighter: Tournament of Champions Finale.[9]

Como resultado do cancelamento do UFC Fight Night: Lamas vs. Penn, a luta entre Sam Alvey e Alex Nicholson foi remarcada para este evento.[10]

Guido Cannetti era esperado para enfrentar Marco Beltrán em uma revanche no evento. Os dois lutaram pela primeira vez em uma das lutas do The Ultimate Fighter: América Latina, onde Beltrán ganhou por uma decisão controversa. No entanto, em 29 de outubro, Cannetti foi retirado da luta após a USADA revelar uma potencial falha no anti-doping a partir de uma amostra colhida no dia 15 de outubro.[11] Ele foi substituído pelo ex-Campeão Peso Pena do Bellator e ex-desafiante ao Cinturão Peso Galo do UFC, Joe Soto, e a luta será disputada em peso-casado de 140 lbs (63,5 kg).[12]

Na pesagem do evento, Charles Oliveira não conseguiu bater o limite do peso-pena para sua luta com Ricardo Lamas, com nove libras (4 kg) acima das 146 lbs (66,2 kg) permitidas. Ele foi multado em 30% da sua bolsa, e a luta será disputada em peso-casado de 155 lbs (70,3 kg). Por sua vez, Lamas e os funcionários da promoção insistiram para que Oliveira não pesasse mais de 165 lbs (74,8 kg) no dia da luta, ou a luta seria cancelada.[13][14] Felipe Arantes também não bateu o peso para sua luta contra Érik Pérez, com duas libras (0,9 kg) acima do limite do peso-galo. Ele foi multado em 20% de sua bolsa.[13]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Fox Sports 1)
Categoria Método Round Tempo Notas
Leves Estados Unidos Tony Ferguson derrotou Brasil Rafael dos Anjos Decisão Unânime (48-47, 48-47 e 48-47) 5 5:00
Leves Estados Unidos Diego Sanchez derrotou Polónia Marcin Held Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-27) 3 5:00
Peso Casado (155 lbs) Estados Unidos Ricardo Lamas derrotou Brasil Charles Oliveira Finalização (Guilhotina) 2 2:13
Leves México Martín Bravo derrotou Peru Claudio Puelles Nocaute Técnico (Socos) 2 1:55 Nota 1
Leves Assíria Beneil Dariush derrotou Rússia Rashid Magomedov Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00
Palhas Femininos México Alexa Grasso derrotou Estados Unidos Heather Jo Clark Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00
Card Preliminar (Fox Sports 1)
Peso Casado (138 lbs) México Érik Pérez derrotou Brasil Felipe Arantes Decisão Dividida (28-29, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Peso Casado (140 lbs) Estados Unidos Joe Soto derrotou México Marco Beltrán Finalização (Chave de Calcanhar) 1 1:37
Meio Médios Estados Unidos Max Griffin derrotou México Erick Montaño Nocaute Técnico (Socos) 1 0:54
Galos Brasil Douglas Silva de Andrade derrotou México Henry Briones Nocaute Técnico (Cotovelada e Soco Rodado) 3 2:33
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Médios Estados Unidos Sam Alvey derrotou Estados Unidos Alex Nicholson Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Leves México Marco Polo Reyes derrotou Filipinas Jason Novelli Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28) 3 5:00
Penas Peru Enrique Barzola derrotou Estados Unidos Chris Avila Decisão Unânime (30-26, 30-26 e 30-26) 3 5:00

Nota 1 Final do The Ultimate Fighter América Latina 3.

Referências

  1. a b c Staff (31 de maio de 2016). «Cast revealed for 'TUF: Latin America 3' with coaches Forrest Griffin and Chuck Liddell». mmajunkie.com. Consultado em 31 de maio de 2016 
  2. a b Staff (31 de maio de 2016). «The Ultimate Fighter Latin America 3 Team Liddell vs. Team Griffin cast revealed». ufc.com. Consultado em 31 de maio de 2016 
  3. a b Staff (11 de abril de 2016). «Legends Liddell, Griffin to coach TUF LATAM». ufc.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  4. Thomas Gerbasi (3 de agosto de 2016). «Dos Anjos vs. Ferguson to headline in Mexico City». ufc.com. Consultado em 3 de agosto de 2016 
  5. Amy Kaplan (2 de agosto de 2016). «Rafael dos Anjos vs. Tony Ferguson confirmed to headline Mexico City». champions.co. Consultado em 2 de agosto de 2016 
  6. Staff (2 de agosto de 2016). «Rafael dos Anjos meets Tony Ferguson on November UFC card in Mexico City». mmajunkie.com. Consultado em 2 de agosto de 2016 
  7. Danny Segura (27 de outubro de 2016). «Claudio Puelles fights Martin Bravo in the TUF: Latin America 3 Final». mmafighting.com. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  8. Ariel Helwani (14 de setembro de 2016). «Donald Cerrone vs. Kelvin Gastelum in the works for UFC 205». mmafighting.com. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  9. Staff (28 de setembro de 2016). «Jake Ellenberger vs. Jorge Masvidal booked for December's TUF 24 Finale in Las Vegas». mmajunkie.com. Consultado em 28 de setembro de 2016 
  10. Staff (11 de outubro de 2016). «Sam Alvey vs. Alex Nicholson moves to UFC Fight Night 98 in Mexico». mmajunkie.com. Consultado em 11 de outubro de 2016 
  11. Danny Segura (29 de outubro de 2016). «Guido Cannetti flagged by USADA, out of TUF: Latin America 3 Finale fight with Marco Beltran». mmafighting.com. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  12. Shaun Al-Shatti (1 de novembro de 2016). «Joe Soto replaces Guido Cannetti, against Marco Beltran at UFC Fight Night 98». mmafighting.com. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  13. a b «UFC Fight Night 98 weigh-in results: Charles Oliveira badly misses weight, but fight still on». MMAJunkie.com. 4 de novembro de 2016. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  14. Ben Kiely (4 de novembro de 2016). «UFC star Charles Oliveira misses weight by his biggest margin yet». sportsjoe.ie. Consultado em 4 de novembro de 2016 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]