Vickers Vespa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vickers Vespa
Caça
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de reconhecimento
Caça leve
País de origem  Reino Unido
Fabricante Vickers Limited
Quantidade produzida 15
Primeiro voo em 1925 (93 anos)
Introduzido em 1928
Aposentado em 1940
Tripulação 2
Especificações (Modelo: Vespa V)
Dimensões
Comprimento 10,06 m (33,0 ft)
Envergadura 15,24 m (50,0 ft)
Altura 3,20 m (10,5 ft)
Área das asas 53,5  (576 ft²)
Alongamento 4.3
Peso(s)
Peso vazio 1 310 kg (2 890 lb)
Peso carregado 1 986 kg (4 380 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x Armstrong Siddeley Jaguar VIC
Potência (por motor) 490 hp (365 kW)
Performance
Velocidade máxima 224 km/h (121 kn)
Alcance (MTOW) 934 km (580 mi)
Teto máximo 7 900 m (25 900 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 2 x Metralhadora (7.7 mm)
Notas
Dados de Vickers Aircraft Since 1908[1]

Vickers Vespa foi um biplano britânico construído pela  Vickers Limited em cooperação com o exército na década de 1920. Embora o modelo não fora adotado pela Força Aérea Real, algumas unidades foram compradas pelo Estado Livre Irlandês e pela Bolívia que o utilizou durante a Guerra do Chaco. Uma versão modificada da Vespa foi usado para estabelecer um recorde mundial de altitude de 13 407 m (43 976 ft) em setembro de 1932.

Design e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Vespa foi projetado pela Vickers em um contrato privado para atender a  Especificação 30/24 do Air Ministry[2] o primeiro protótipo, o Vespa I fez o primeiro voo em setembro de 1925.[3] O Vespa, que era um monomotor biplano com fuselagem fina suspensa entre duas asas de madeira próximas, foi entregue para verificação da Força Aérea Real mas caiu devido a problemas de motor e foi seriamente danificado durante o pouso no acidente em 24 de junho de 1926.[4] O Vespa II foi então reconstruído com aço e asas cobertas de tecido mas o modelo não foi bem sucedido em encomendas da RAF.

No entanto o novo modelo chamou atenção da Bolívia, que encomendou em 1928 seis Vespa III, uma versão melhorada composta inteiramente de metal.[4] O Estado Livre Irlandês encomendou  quatro Vespa IV em 1929, e quatro Vespa V, em 1930.[5]

O protótipo do Vespa foi modificado no Vespa VI para fins de demonstração ao governo Chinês, mas não foi adquirido, então o modelo retornou para a grã-Bretanha. Ele foi reconstruído como o Vespa VII, com um motor supercompressor Bristol Pegasus S em uma tentativa de superar o recorde mundial de altitude. Em 16 de setembro de 1932 ele estabeleceu o recorde de 13 407 m (43,976 ft).[6]

Histórico operacional[editar | editar código-fonte]

Seis Vespa III foram entregues para a Bolívia em 1928, onde eles eram usados principalmente como aeronaves de conversão, embora a Bolívia viu uso limitado na Guerra do Chaco como aeronave de reconhecimento e bombardeiro estratégico, estes aviões que operam em baixa altitude foram otimizados.[7] Eles permaneceram em serviço até 1935.[8]

Os oito Vespas da Irlanda permaneceram em serviço por vários anos, operando no Corpo Aéreo Irlandês na base em Baldonnel, perto de Dublin.[5] O último modelo foi aposentado em 12 de junho de 1940.[9]

Variantes[editar | editar código-fonte]

Vickers Vespa I
Protótipo do exército para aprovação da RAF. Asas de madeira. Motorizados por um Bristol Jupiter IV radial (depois adaptado para um Jupiter VI).
Vickers Vespa II
Vespa I modificado com asas de metal.
Vickers Vespa III
Versão melhorada e completamente em metal de produção para Bolívia. Motorizado por um Jupiter VI de 455 hp (339 kW). Seis construídos.
Vickers Vespa IV
Versão de produção para o Corpo Aéreo Irlandês. Motorizado por Armstrong Siddeley Jaguar VIC de 490 hp (370 kW) . Quatro construídos.
Vickers Vespa V
Versão melhorada do Vespa IV para o para o Corpo Aéreo Irlandês. Quatro construídos.
Vickers Vespa VI
Reconstrução do protótipo para demonstração para o governo da China.
Vickers Vespa VII
Reconstrução do Vespa VI  com motor Bristol Pegasus S para quebra de recorde de altitude.

Operadores[editar | editar código-fonte]

Vickers Vespa side view.jpg
 Bolívia
 República da Irlanda
 Reino Unido

Especificações (Vespa V)

Dados de: Vickers Aircraft Since 1908[1]

Descrições gerais
Motorização
  • Número de motores: 1x
  • Tipo do motor: Convencional com 14 cilindros em radial refrigerados a ar
  • Fabricante/modelo: Armstrong Siddeley Jaguar VIC
  • Potência por motor: 490 hp (365 kW)
Performance
Armamentos

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b Andrews and Morgan 1988, p.206.
  2. A única outra aeronave projetada para atender a essa especificação foi o Short S.3b Chamois
  3. Mason, 1994, p.173.
  4. a b Andrews e Morgan, 1988, p.200.
  5. a b Andrews e Morgan, 1988, p.203.
  6. Andrews e Morgan, 1988, pp. 203-206.
  7. Andrews e Morgan, 1988, pp. 200-203.
  8. Aeroflight World Air Forces - Bolivian Air Force. [1]
  9. Irish Air Corps Aircraft 1922-1997.[2]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Andrews, C.F. and Morgan, Eric B. Vickers Aircraft since 1908, Second edition. London: Putnam, 1988. ISBN 0-85177-815-1.
  • Donald, David, ed. The Encyclopedia of World Aircraft. London: Aerospace Publishing, 1997. ISBN 1-85605-375-X.
  • Mason, Francis K. The British Bomber since 1914. London: Putnam Aeronautical Books, 1994. ISBN 0-85177-861-5.