Vickers Valiant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vickers Valiant com esquema de pintura branca anti-clarão nuclear

O Vickers Valiant foi um bombardeiro quadrijato britânico, que fez parte da força nuclear da RAF nas décadas de 1950 e 1960. O Valiant, juntamente com o Vulcan e o Victor, compunha o chamado grupo de bombardeiros-V (V-bombers), que era responsável pela dissuasão nuclear do Reino Unido. O Valiant foi originalmente desenvolvido como um bombardeiro estratégico de grande altitude, mas assim como os outros V-bombers, teve seu perfil modificado para ataques com penetração a baixa altitude. O voo a baixa altitude trouxe uma série de problemas, visto que as fixações das asas mostraram fadiga de material prematura, e a presença de corrosão intracristalina apontou para um tipo inapropriado de liga de alumínio. O Valiant havia sido o primeiro dos bombardeiros-V a se tornar operacional[1] , e sua função já estava se desviando para a de avião-tanque. Em vez de reparar ou reconstruir a frota, optou-se pela sua retirada de serviço[2] , e o Handley Page Victor assumiu então o papel de avião-tanque.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Jones 2007, pp. 79–80.
  2. Wynn 1996, pp. 464–471, 500

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jones, Barry. V-Bombers: Valiant, Vulcan and Victor. Ramsbury, Malborough, UK: The Crowood Press, Paperback edition, 2007. ISBN 978-1-86126-945-4.
  • Wynn, Humphrey. RAF Nuclear Deterrent Forces. London: The Stationery Office. 1996. ISBN 0-11-772833-0


Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.