Wendell Lucena Ramalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wendell
Wendell
Wendell (à direita) e o zagueiro Luís Pereira.
Informações pessoais
Nome completo Wendell Lucena Ramalho
Data de nasc. 21 de novembro de 1947 (71 anos)
Local de nasc. Recife, PE, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,80 m
Informações profissionais
Período em atividade 1968–1986 (18 anos)
Equipa atual Aposentado
Posição Goleiro
Função Treinador de goleiros
Clubes de juventude
1965–1968 Brasil Botafogo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1968
1969–1970
1971–1977
1977–1979
1980–1982
1982–1983
1984–1985
1986
Brasil Botafogo
Brasil Santa Cruz
Brasil Botafogo
Brasil Fluminense
Brasil Santa Cruz
Brasil Guarani
Brasil Vila Nova
Brasil Ferroviário
1 (0)

64 (0)
25 (0)
25 (0)
16 (0)
14 (0)
3 (0)
Seleção nacional
1973–1974 Brasil Brasil 7 (0)
Times/Equipas que treinou
1986
Brasil Ferroviário
Brasil Brasil (prep. de goleiros)

Wendell Lucena Ramalho (Recife, 21 ou 22 de novembro de 1947)[1] é um ex-futebolista brasileiro que jogava como goleiro.

Wendell, 2 vezes vencedor do Campeonato Pernambucano em 1969 e 1970, jogou pelo Santa Cruz antes de defender as metas do Botafogo. Enquanto goleiro do alvinegro carioca, Wendell jogou na Seleção Brasileira por 7 oportunidades entre 1973 e 1974,[1] levando 5 gols. Venceu 5 partidas pelo país, empatou uma e perdeu outra. Wendell seria o goleiro titular na Copa de 1974, porém uma lesão o impossibilitou de jogar a competição.[2] Para seu lugar, foi convocado Waldir Peres.

Ao deixar o Botafogo, Wendell jogou no Fluminense de 1977 a 1979 onde conquistou a Troféu Teresa Herrera na Espanha em 1977. Wendell jogou também no Guarani.

Quando defendia o Vila Nova de Goiás, em 1986, Wendell teve a chance de retornar ao futebol nordestino e para um time das mesmas cores do Santa Cruz. Ele foi contratado pelo Ferroviário de Fortaleza durante o Campeonato Cearense, mas chegou a atuar apenas em 3 oportunidades. Com sua experiência, Wendell foi convidado ainda na mesma competição a ser o técnico do clube cearense e terminar o campeonato estadual no comando coral. Ao encerrar a carreira, Wendell virou preparador de goleiros, com destaque para sua passagem na Seleção Brasileira, tendo trabalhado, inclusive, durante a Copa de 2006, na Alemanha.

Fonte[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Antonio Carlos Napoleão; Roberto Assaf (2006). Seleção brasileira: 1914–2006. [S.l.]: Mauad Editora Ltda. p. 307. ISBN 978-85-7478-186-0 
  2. http://jsports.uol.com.br/portal/processa.php?modulo=montasecao&secao=29&materia=57160
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.