Wretches and Kings

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Wretches and Kings"
Single promocional de Linkin Park
do álbum A Thousand Suns
Lançamento 8 de setembro de 2010
Gravação 2009 - 2010
Gênero(s) Rock industrial, rap rock, hip hop industrial
Duração 4:15
Gravadora(s) Warner Bros. Records, Machine Shop
Composição Linkin Park
Produção Mike Shinoda, Rick Rubin
Faixas de A Thousand Suns
"Blackout"
(09)
"Wisdom, Justice, and Love"
(11)

"Wretches and Kings" é uma canção da banda americana de rock Linkin Park. É a décima faixa do quarto álbum de estúdio da banda, A Thousand Suns. A canção é um single promocional, foi escrita pela banda, produzido por Mike Shinoda e co-produzido por Rick Rubin.[1]

"Wretches and Kings" está no "Linkin Park Track Pack" para download no game: Guitar Hero: Warriors of Rock. A canção foi usada na EA em sequência de abertura do MMA.

Contexto[editar | editar código-fonte]

Em consonância com o tema do álbum, o tema da música é sobre rebelião contra o governo e aqueles em cargos de poder. A música começa com uma amostra do endereço de discurso "colocar seus corpos sobre as engrenagens", dado por Mario Savio, uma figura-chave no Berkeley Free Speech Movement, no Sproul Hall, Universidade da Califórnia, Berkeley em 2 de dezembro de 1964. As letras trazem alguns traços de um comentário sobre os abusos dos poderosos. Os vocais de Shinoda são destinados a vocalizar a raiva sentida pelos oprimidos. No vocal da linha de Chester "nós, os animais, assumimos o controle", evoca o levante de indivíduos comuns contra os que estão no poder. A primeira linha, "descarga de aço, golpe final", é uma premissa prematória do conflito que vem, em que todas as apostas estão desligadas e nenhuma consideração pelas consequências são concedidas por mais tempo.[2]

Promoção[editar | editar código-fonte]

"Wretches and Kings" apresenta "Bodies upon the gears" ou "Operation of the Machine". O single promocional foi ouvido pela primeira vez no site oficial da banda e foi divulgado no Noisecreep. O ritmo da música foi ajustado para 90 BPM. A música também foi lançada para os álbuns como A Thousand Suns + como a versão ao vivo e It's The Bootleg, Muthafuckas! Volume 3: Fire Walk With Me[3] como um remix.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wood, Mikael. «Linkin Park On New Album 'A Thousand Suns,' Tour». Rolling Stone. Wenner Media. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  2. «Song Fact». Consultado em 8 de setembro de 2010 
  3. «Bootleg Volume 3: Fire Walk With Me». UndergroundHipHop.com. Consultado em 21 de setembro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Linkin Park é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.