Wubi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Wubi (ubuntu))
Ir para: navegação, pesquisa
Wubi
Wubi-logo-text.svg
Wubi screenshot.png
Desenvolvedor Agostino Russo, Geza Kovacs, Oliver Mattos, Ecology2007
Versão estável 12.04
Sistema operacional Windows
Gênero(s) instalador de sistema operativo/operacional
Licença GPL
Página oficial wubi.sf.net

Wubi é um instalador livre e oficial da distribuição do Ubuntu Linux para sistemas operacionais Windows, sob a licença GNU/GPL.[1] O objetivo do projeto é permitir a usuários do Windows que não estão habituados com o Linux para que possam utilizar o Ubuntu sem risco de perder informações durante a formatação ou reparticionamento do disco. É possível também desinstalar o Wubi a partir do Windows como se fosse um simples programa.

O Wubi vem incluso nos CDs do ubuntu, mas pode ser baixado pelo site do projeto. A diferença do que vem nos CDs é que o Wubi apenas instala o próprio sistema que está contido no CD. Já o do site do projeto, quando se instala o Wubi, ele baixa a imagem do sistema por ele mesmo e em seguida instala o sistema. A vantagem de baixar do site do projeto é que nesse modo pode-se escolher se quer baixar o Ubuntu, Kubuntu ou outra variante.

Não se trata de uma máquina virtual, e sim de uma instalação autônoma numa imagem de disco. O Wubi foi incluído no Ubuntu 8.04 Hardy Heronζ.[2][3]

O Wubi não instala o Ubuntu diretamente em uma partição própria, e não pode aproveitar o espaço livre do disco rígido para instalar o sistema operacional. Entretanto, isso pode ser feito através do LVPM (Loopmounted Virtual Partition Manager), que permite transferir a instalação gerada pelo Wubi a uma partição designada para esse fim.[1] Os usuários interessados na instalação sobre uma partição, como a habitual, e sem fazer uso de um CD, devem usar o aplicativo UNetbootin em seu lugar - que serve não somente ao Ubuntu, mas também a outras distribuições como o Slackware, Mandriva e OpenSuSE.[4]

História[editar | editar código-fonte]

A idéia original de Agostino Russo surgiu inspirada pelo Topoligilinux, que usava uma imagem de disco, e Instlux, que proporcionava um front-end para o Windows. A idéia[5] era unir os dois conceitos, através de um instalador no Windows que permitisse montar uma imagem do Ubuntu. Posteriormente, Geza Kovacs refinaria a especificação[6] e proporcionaria os primeiros protótipos.[7] Oliver Mattos desenhou a interface de usuário original em NSIS.

Posteriormente, Agostino Russo refinou o conceito da instalação, passando de uma imagem pré-criada a uma criada através de uma versão modificada do instalador do Debian. Assim nasceu o projeto Lupin, e Agostino Russo desenhou e implementou a maioria do código, com algumas contribuições de Geza Kovacs.

Mais tarde, foi redesenhado e reimplementado o front-end para Windows, transformando-se no que é usado atualmente. Hampus Wessman contribuiu com o novo sistema de download e os scripts de tradução.

Referências

  1. a b «Wubi - FAQ». Wubi. Consultado em 23 de junho de 2007 
  2. Henrik. «Discusión sobre la inclusión de Wubi en Gutsy». Ubuntu Forums. Consultado em 23 de junho de 2007 
  3. «"Installer For Windows - Ubuntu Wiki». Ubuntu. Consultado em 23 de junho de 2007 
  4. Geza Kovacs (tuxcantfly). «Instalar Ubuntu sin CD». Ubuntu. Consultado em 31 de julho de 2007 
  5. Agostino Russo (ago). «Ubuntu para usuarios de Windows». Launchpad. Consultado em 2 de setembro de 2007 
  6. Geza Kovacs (tuxcantfly). «Instalador de Ubuntu no Windows através de uma imagem EXT3 sobre NTFS». Launchpad. Consultado em 2 de setembro de 2007 
  7. Geza Kovacs (tuxcantfly). «Idea: Instalação em Windows com uma imagem NTFS?». Ubuntuforums. Consultado em 2 de agosto de 2007 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]