X (álbum de Chris Brown)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
X
Álbum de estúdio de Chris Brown
Lançamento 16 de setembro de 2014 (2014-09-16)
Gravação 2012-2014
Gênero(s)
Duração 60:16
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s) RCA Records
Cronologia de Chris Brown
Fortune
(2012)
Fan of a Fan: The Album
(2015)
Singles de X
  1. "Fine China"
    Lançamento: 29 de março de 2013 (2013-03-29)
  2. "Don't Think They Know"
    Lançamento: 17 de junho de 2013 (2013-06-17)
  3. "Love More"
    Lançamento: 16 de julho de 2013 (2013-07-16)
  4. "Loyal"
    Lançamento: 17 de dezembro de 2014 (2014-12-17)
  5. "New Flame"
    Lançamento: 30 de junho de 2014 (2014-06-30)

X é o sexto álbum de estúdio do artista norte-americano Chris Brown, com lançado em 16 de setembro de 2014 pela RCA Records, depois de uma série de adiamentos. "Fine China", "Don't Think They Know" com Aaliyah, "Love More" com Nicki Minaj, foram singles lançados em 2013 presentes apenas na versão deluxe do álbum. "Loyal" com Lil Wayne e Tyga e "New Flame" com Usher e Rick Ross foram lançadas como singles para divulgação do disco em 2014, tendo ainda "X" sendo lançada promocionalmente. O disco também conta com as participações de Akon, Brandy, Jhené Aiko, Kendrick Lamar, R.Kelly e Trey Songz. O projeto contou com a produção de Danja, Diplo e Timbaland.[1]

Após o lançamento X recebeu elogios gerais pelo publico e pela critica e vendeu 160 mil cópias na semana de estréia e foi posteriormente indicado ao Grammy Award na categoria de Melhor Álbum Urban/Contemporary

A divulgação de X foi feita através de diversas apresentações realizadas por Brown em programas televisivos, rádio e concertos especiais. "Fine China", "Don't Think They Know" e "Love More" foram apresentadas no BET Awards de 2013, com "Fine China" sendo apresentada no Billboard Music Awards do mesmo ano. "Loyal" foi divulgada no Bet Awards de 2014. Em 2015 Brown deu inicio a turnê Between The Sheets com o cantor Trey Songz por toda a America do Norte.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 8 de novembro de 2012, em entrevista com a estação de rádio Power 106 em Los Angeles, Brown estreou "Nobody's Perfect" como suposto primeiro single do seu sexto álbum, sob o título de Carpe Diem, previsto para ser lançado em 2013.[2] A música nunca foi lançada e, após concluir sua turnê Carpe Diem no final de 2012, o próximo álbum de estúdio de Brown começou a se desenvolver. A MTV News confirmou o desenvolvimento do álbum, com Brown colaborando com os produtores Timbaland, Danja e Diplo.[3] Em 26 de março de 2013 Brown confirmou o lançamento de X em várias entrevistas e listening sessions.[4] Em entrevista à Ebony Brown falou de assumir uma direção diferente e mudando de seu som infundindo-pop e sexualmente explícito visto no seu último álbum, a um tema mais maduro, emotivo e vulnerável para o disco.[5] Brown explicou o significado do título:

Ele explicou a ideia do disco:

Singles[editar | editar código-fonte]

O primeiro single do disco, "Fine China", foi lançado digitalmente em 29 de março de 2013 e enviado para as áreas radiofônicas rhythmic contemporary no dia seguinte, enquanto que nas áreas urban contemporary e contemporary hit radio foi lançado em 9 e 23 de abril.[7][8] "Fine China" alcançou a 31.ª posição da Billboard Hot 100.[9]

O segundo single, foi "Don't Think They Know" que contou com uma parceria póstuma com a cantora Aaliyah que faleceu em 2001.[10][11][12] A canção chegou ao numero 81 da Billboard Hot 100

O terceiro single foi Love More apresentado por Brown e Nicki Minaj no BET Awards de 2013. A canção foi lançada algumas semanas depois chegando ao numero 23 da Billboard.

A quarta canção escolhida para promoção do álbum, "Loyal", foi lançada em 17 de dezembro de 2013. Teve duas versões, intituladas "West Coast Version" e "East Coast Version", sendo a primeira com participação de Lil Wayne e Too Short e a segunda com Lil Wayne e French Montana.[13][14] Alcançou a nona posição na parada padrão dos Estados Unidos e a décima da UK Singles Chart.[15]

O quinto single do álbum foi a parceria entre Chris Brown e Usher. Lançada em junho de 2014, a faixa New Flame recebeu duas indicações ao Grammy e chegou ao numero 27 da Billboard Hot 100, além de liderar as paradas de R&B.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 62/100
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[16]
The A.V. Club B-[17]
Los Angeles Times 2.5 de 4 estrelas.
Entertainment Weekly B
Rolling Stone 2.5 de 5 estrelas.[18]
Hip Hop DX 3 de 5 estrelas.[19]
XXL 4/5 (XL)[20]
The Observer 3 de 5 estrelas.
Billboard 82/100[21]

X recebeu críticas positivas dos críticos de música. No Metacritic que atribui uma classificação baseada em 100 comentários críticos o álbum recebeu uma avaliação de 62 que indica uma "avaliação favorável".[22]

Marcus K. Dowling de HipHopDX declarou: "Deixando sua personalidade de lado, a habilidade de Chris Brown ter sucesso artisticamente em produzir sons em todos os três setores da Pop urbano torna este lançamento grande, ainda desarticulada de ouvir. De comercialmente dominante no R&B/Soul para cortes no coração e anseio nas faixas do estilo EDM, as tentativas de Brown em apelar para todos os cantos do espectro Pop urbano moderno são louváveis".

Miranda Johnson da revista XXL disse, " X certamente prova que o talento de Chris Brown vai sempre brilhar sobre qualquer problema que venha ao seu caminho. Dito isso, mesmo que o produto final venha após uma série de problemas com a justiça, a mistura do álbum em gêneros, produtores e colaboradores com certeza será mais um álbum no topo das paradas de Breezy".[23]

Evan Rytlewski do AV Clube declarou: "Correr por 21 faixas e 75 minutos em sua edição de luxo , X às vezes ameaça a ser muito grande e cansativo. Mas há material atraente o suficiente para suportar esse tempo de execução. Depois de um trecho conturbado que vimos o cantor encontrando novas maneiras de dentro para fora, Brown surgi com seu álbum mais forte até a data, e o primeiro desde a sua implosão em 2009, onde tolerando sua visão de mundo tóxico não é um pré-requisito para apreciá-lo ".

Comercial[editar | editar código-fonte]

X fez a sua estreia nas tabelas de sucesso pela Irish Albums Chart em território irlandês ao atingir o número 5. Dois dias após na Holanda, ficou na primeira colocação da lista publicada pela MegaCharts.[24] No Reino Unido, X estreou na quarta posição no chart geral e a primeira posição na tabela de álbuns de R&B.[25]

Nos Estados Unidos, o conjunto de faixas estreou na segunda posição da Billboard 200 vendendo 160 mil cópias e se tornando o segundo álbum de Brown mais vendido no país, superando Fortune, e ficando atrás apenas de F.A.M.E. que em 2011 vendeu 270 mil cópias na primeira semana.[24]

Posições[editar | editar código-fonte]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

X — Standard edition
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "X"  Diplo 4:20
2. "Add Me In"  
Danja 3:13
3. "Loyal" (com participação de Lil Wayne & Tyga)
Nic Nac  
4. "New Flame" (com participação de Usher & Rick Ross)
Count Justice 4:04
5. "Songs On 12 Play" (com participação de Trey Songz)
Mel & Mus 3:48
6. "101 (Interlude)"  
1:16
7. "Drown In It" (com participação de R. Kelly)
  • C. Brown
  • R. Kelly
  • Dennis-Manuel Peters
  • Daniel Coriglie
  • Mario Bakovic
  • R. Kelly
3:42
8. "Came To Do" (com participação de Akon)
  • C. Brown
  • Balding
  • Kragen
Nic Nac 3:48
9. "Stereotype"  
  • C. Brown
  • Youngblood
  • Whitmore, Jr.
  • Hills
  • Aracia
  • Bellinger
  • Johnson
Danja 3:51
10. "Time For Love"  Jean-Baptiste 3:45
11. "Lady In a Glass Dress (Interlude)"  
  • C. Brown
  • Darhyl "Hey DJ" Camper
  • Samuel "Sam Hook" Jean
DJ Camper 1:17
12. "Autumn Leaves" (com participação de Kendrick Lamar)
  • C. Brown
  • Youngblood
  • Kendrick Lamar
  • Pitts
Antoine "Bam" Macon 4:28
13. "Do Better" (com participação de Brandy)
Glass John 3:48
14. "See You Around"  
  • C. Brown
  • Jonathan Solone-Myvett
Anonymous 3:42
15. "Don’t Be Gone Too Long"  
3:21
16. "Body Shots"  
Razihel 3:42
17. "Drunk Texting" (com participação de Jhené Aiko)
  • T. Brown
  • Franks
3:47

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
 Alemanha[31] 12 de setembro de 2014 Download digital, CD RCA Records
 Países Baixos[32]
 Irlanda[33]
Suíça[34]
 Reino Unido[35] 15 de setembro de 2014
 França[36]
 Canadá[37] 16 de setembro de 2014
 Brasil[38]
 Estados Unidos[39]
Portugal Portugal[40]
 Austrália[41] 19 de setembro de 2014
 Nova Zelândia[29]

Certificações[editar | editar código-fonte]

Region Certification Certified units/Sales
South Africa (RISA) Gold 20,000^^
United Kingdom (BPI) Gold 100,000^
United States (RIAA) Platinum 1,500,000
*sales figures based on certification alone

^shipments figures based on certification alone

sales+streaming figures based on certification alone

Referências

  1. Joe Lynch (4 de agosto de 2014). «Chris Brown Sets Final Release Date for 'X' Album» (em inglês). Billboard. Consultado em 4 de agosto de 2014 
  2. «New Music: Chris Brown – 'Nobody's Perfect'». rap-up.com. Consultado em 5 de maioqqqqqqqqqaavsbsjajab de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Brown enlists Timbaland, Danja and Diplo for yet-untitled project.». mtvasia.com. Consultado em 5 de maio de 2013 
  4. Gundersen, Edna (26 de março de 2013). «He sat down with USA TODAY to preview five tracks from his new album.». USA Today. Consultado em 5 de maio dbhccvdsgse 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. a b «[EXCLUSIVE] Introducing the 'New' Chris Brown?». Ebony. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  6. «Chris Brown Calls on Rihanna, Kendrick Lamar for 'X'». Rap-Up.com. 27 de março de 2013. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  7. Mitchell, Gail (26 de amrço de 2013). «Chris Brown Shares Sneak Peek of New Album: First Single 'Fine China' Bows April». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 27 de março de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «Radio Industry News, Music Industry Updates, Arbitron Ratings, Music News and more!». FMQB. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  9. «Chris Brown - Chart history». Billboard. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  10. «Don't Think They Know (feat. Aaliyah) - Single». itunes.apple.com. Consultado em 20 de junho de 2013 
  11. «Radio Industry News, Music Industry Updates, Arbitron Ratings, Music News and more!». FMQB. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  12. «Chris Brown - Love More (feat. Nicki Minaj) - Single». iTunes Store. Consultado em 26 de julho de 2013 
  13. «Loyal (West Coast Version) [feat. Lil Wayne & Too $hort] - Single». iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  14. «Loyal (East Coast Version) [feat. Lil Wayne & French Montana] - Single». iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  15. «Chris Brown - Chart history». Billboard. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  16. Kellmam, Andy (17 de dezembro de 2013). «Chris Brown – X». AllMusic. Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  17. «Review: With X, Chris Brown gets over himself · Music Review · The A.V. Club». Consultado em 24 de setembro de 2014 
  18. «Chris Brown's New Album: X». Rolling Stone. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  19. Marcus, K Dowling (15 de setembro de 2014). «Chris Brown - X». HipHopDX. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  20. «Chris Brown Delivers Standout Hits On 'X' - XXL». XXL. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  21. Walters, Barry (3 de julho de 2012). «Chris Brown, 'Fortune' (RCA)». New York: Spin Media. Spin. Consultado em 3 de julho de 2012 
  22. «X Reviews, Ratings, Credits, and More». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  23. «Chris Brown X hit». XXL. CBS Interactive. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  24. a b c d «Chris Brown – X». dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 23 de stembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda) Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "DutchAlbums" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  25. «Chris Brown X #1 UK». officialcharts.com. Hung Medien. Consultado em 23 de stembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  26. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Billboard200
  27. «R&B/Hip-Hop Albums: Week 2012». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 23 de setembro de 2014 
  28. «2012-07-14 Top 40 R&B Albums Archive». Official Charts Company. Consultado em 9 de julho de 2012 
  29. a b «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  30. «CDJapan : X Chris Brown CD Album». Neowing. Consultado em 11 de setembro de 2014 
  31. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em alemão). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  32. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em neerlandês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  33. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  34. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em alemão). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  35. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  36. «iTunes - Musique - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em francês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  37. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  38. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown». iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  39. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  40. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown». iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  41. «iTunes - Music - X (Deluxe Version) by Chris Brown» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 24 de agosto de 2014