A Condessa de Hong Kong

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Countess from Hong Kong
A Condessa de Hong Kong (PT/BR)
 Estados Unidos/ Reino Unido
1967 • cor • 120 min 
Direção Charlie Chaplin
Roteiro Charles Chaplin
Elenco Marlon Brando
Sophia Loren
Sydney Chaplin
Tippi Hedren
Geraldine Chaplin
Género comédia romântica
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

A Countess from Hong Kong (no Brasil e em Portugal, A Condessa de Hong Kong) é um filme estadunidense e britânico de 1967, do gênero comédia romântica, produzido, dirigido, roteirizado e com música de Charlie Chaplin.

Apesar da presença de Sophia Loren, a atuação de Marlon Brando foi muito criticada por suas suposta má vontade, resultado de seus desentendimentos com o diretor e o ego de ambos. Essa obra foi considerada a pior de Charles Chaplin em toda a sua carreira cinematográfica.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Natascha, uma prostituta descendente da nobreza russa, e cuja família fugira para Hong Kong por causa da Revolução de 1917, conhece o empresário estadunidense Ogden Mears quando seu navio aporta na cidade. Ela se esconde na cabine do empresário, pois pretende entrar escondida nos Estados Unidos. Inicialmente reticente, aos poucos Ogden aceita ajudá-la.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Marlon Brando como Ogden Mears
  • Sophia Loren como Natascha
  • Sydney Chaplin como Harvey
  • Tippi Hedren como Martha
  • Patrick Cargill como Hudson
  • Michael Medwin como John Felix
  • Oliver Johnston como Clark
  • John Paul como capitão
  • Margaret Rutherford como srta. Gaulswallow
  • Peter Bartlett como Steward
  • Bill Nagy como Crawford
  • Angela Pringle como baronesa
  • Jenny Bridges como condessa
  • Arthur Gross como oficial da imigração
  • Geraldine Chaplin como garota no salão de dança
  • Angela Scoular como garota da sociedade
  • Charles Chaplin

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Foi o último filme de Charles Chaplin, que tinha 77 anos de idade, e que roteirizou, produziu, dirigiu e criou a trilha sonora, além de ter feito também uma ponta[1] .
  • Chaplin teve a idéia da história trinta anos antes de realizá-lo; na época o filme se chamaria Stowaway e seria estrelado por Paulette Goddard.
  • O orçamento de A condessa de Hong Kong foi de 3,5 milhões de dólares e arrecadou em torno de dois milhões de dólares nas bilheterias. Esta foi a maior quantia obtida por algum filme dirigido por Chaplin, mas assim mesmo foi considerado um fracasso comercial.
  • O personagem Ogden Mears foi oferecido a Rex Harrison, que não aceitou.

Referências