Aermacchi M-346

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
M-346[1]
Aermacchi M-346
Descrição
País de origem  Itália /  Rússia
Fabricante Alenia Aermacchi
Primeiro voo 15 de julho de 2004
Missão Treinador avançado / ataque leve
Tripulação 2 - instrutor e aluno
Dimensões
Comprimento 11,49[1] m
Envergadura 9,72[1] m
Altura 4,76[1] m
Área (asas) 23,52[1]
Peso
Tara 4610[1] kg
Peso total 6700[1] kg
Peso bruto máximo 9500[1] kg
Propulsão
Motores 2x Honeywell F-214-GA-200[1]
Força (por motor) 28[1] kN
Performance
Velocidade máxima 1059[1] km/h (Mach 1.2[1] )
Alcance bélico 1981[1] km
Alcance 2722[1] km
Autonomia 2.75[1] hs
Tecto máximo 13716[1] m
Relação de subida 6,705[1] m/s
Notas
9 pontos duros (2x nos trilhos da asa, 1x embaixo da fuselagem e mais 6x sob as asas, um total de 3 000 kg (6 600 lb)[1]

O Aermacchi M-346 é uma aeronave DUO-motora a jato para o treinamento militar desenvolvida pelas companhias italiana Aermacchi e russa Yakovlev.

Projectado como aeronave de treino para as Forças Aéreas da Rússia e da Itália, em 1993 foi assinado o acordo para o desenvolvimento conjunto. Esta aeronave irá substituir o Aermacchi MB-339 na Força Aérea da Itália e o Aero L-39 na russa, sendo ainda oferecido para exportação.

Yakovlev Yak-130

Diferenças com relação ao desenvolvimento levaram a separação do projeto em duas versões baseadas em um único projeto inicial. O Aermacchi M-346 receberá exclusivamente equipamentos ocidentais para o mercado mundial, enquanto o Yak-130 será oferecido para os tradicionais clientes russos. As primeiras entregas estão previstas para 2008.

Ainda em 2013, a empresa brasileira Mectron, subsidiária da Odebrecht Defesa e Tecnologia (ODT), responsável pela produção dos radares Scipio-01, mantém negociações para fornecer os radares que equiparariam as Yakovlev Yak-130. O equipamento de radar é o mesmo já utilizado com sucesso nos caças-bombardeiros produzidos pela Embraer.

O radar pode identificar um mínimo de 4 objetivos (e, talvez, no máximo 8) simultaneamente. Alvos aéreos de 5 metros quadrados podem ser encontrados a 32 quilômetros de distância, e terrestres de 100 metros quadrados, a até 80 quilômetros.

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r M-346 Master Alenia Aermacchi

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.