Panavia Tornado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Tornado ECR
Panavia Tornado IDS da Luftwaffe no Radom Air Show 2005.

O Panavia Tornado é uma família de caças bi-motor desenvolvido em conjunto pelo Reino Unido, Alemanha e Itália. Existem três versões primárias do Tornado:

Desenvolvido pela Panavia, um consórcio de três nações consistindo da British Aerospace, MBB da Alemanha, e Alenia Aeronautica da Itália, o Tornado voou pela primeira vez a 14 de Agosto de 1974 e viu acção com a Força Aérea Real Britânica no Iraque, durante a operação Tempestade do Deserto. Incluindo todas as variantes, 992 aeronaves foram construídas para as três nações parceiras e para a Arábia Saudita. Embora ainda em serviço, actualmente existem planos a serem executados para substituir estas aeronaves. O Tornado pode carregar um bomblet dispenser, sistema que libera múltiplos explosivos, que atingem uma grande área terrestre. As asas do Tornado, tal como o f-14 "tomcat", movem-se no sentido da cauda do avião, reduzindo o atrito com o ar e aumentando sua velocidade; contudo, isso reduz sua capacidade de manobras, sendo utilizado fundamentalmente para atingir maior velocidade. O Panavia Tornado possui duas metralhadoras 27mm Mauser BK-27, sendo as dos tornados gr1 e gr4 direcionadas para baixo, visto que estes foram feitos para ataques terrestres.

Operações militares[editar | editar código-fonte]

Um Tornado GR.4 da Força Aérea Britânica GR4 lança foguetes durante uma missão de combate sobre o Iraque, 22 de Abril de 2004.

O Tornado GR.4 fez a sua contribuição operacional em patrulhas durante a operação Southern Watch. O caça voou de Ali Al Salem no Kuwait, e patrulhou uma grande área no sul do Iraque. Várias vezes bombas foram largadas quando os aviões estavam sob fogo de defesas terrestres iraquianas.

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Dimensões[editar | editar código-fonte]

Pesos[editar | editar código-fonte]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Motores[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sacchetti, Renzo (Outubro, 2003). "Italy's British Tornados". Air Forces Monthly, p. 50.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons