Alfa Romeo 156

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Alfa Romeo 156» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (julho de 2014)
Alfa Romeo 156
Visão Global
Produção 1997-2007
Fabricante Alfa Romeo
Montagem Pomigliano d'Arco, Itália
Rayong, Tailândia
Modelo
Classe Executivo compacto
Carroceria 4 portas sedã
5 portas camioneta
Designer Walter de Silva do Centro Stile Alfa Romeo
Giorgetto Giugiaro (2003)
Ficha técnica
Motor 1.6L I4 16V (TS) gasolina
1.8L I4 16V (TS) gasolina
2.0L I4 16V (TS) gasolina
2.0L I4 16V (JTS) gasolina
2.5L V6 24V gasolina
3.2L V6 24V gasolina
1.9L t/c diesel (JTD)
2.4L I5 t/c diesel (JTD)
Potência 88 kW (118 hp) (156 1.6 TS)[nota 1]
Torque 106 lb/ft[nota 1]
Transmissão 5 marchas
Layout Motor dianteiro, tração dianteira / Motor dianteiro, tração nas quatro (caminhoneta)
Modelos relacionados Alfa Romeo GT
Alfa Romeo 147
Dimensões
Comprimento 4 430 mm (4,43 m)
Entre-eixos 2 595 mm (2,60 m)
Largura 1 745 mm (1,75 m)
Altura 1 415 mm (1,42 m)
Peso 1 230 kg (2 710 lb)
Tanque 63 l (16,6 US-gal)[nota 1]
Consumo 6.4L[nota 1]
Velocidade Máx. 200 km/h (124 mph)[nota 1]
Capacidade
de carga
378 l (99,9 US-gal)[nota 1]
Cronologia
Último
Último
Alfa Romeo 155
Alfa Romeo 159
Próximo
Próximo


Alfa Romeo 156 é um automóvel fabricado pela empresa Alfa Romeo, introduzido em 1997 e que veio substituir o modelo 155.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1993 a Alfa Romeo decidiu que era a hora de projetar o sucessor do Alfa Romeo 155. Havia três projetos concorrentes, um de Pininfarina, um do estúdio Italdesign e outro do Centro Stile, departamento de design da própria Alfa Romeo. Este último, sob o comando do projetista Walter de Silva foi o projeto escolhido para a o desenvolvimento e fabricação do novo carro.

A idéia era dar ao novo 156 a personalidade que o 155 nunca teve. O design foi inspirado no modelo conceitual Nuvola, que por sua vez foi baseado em três modelos históricos da Alfa Romeo: o 1900, Giulietta e Giulia. A principal característica do projeto era a utilização de linhas arredondadas, ao contrário das linhas retas utilizadas nos modelos anteriores.

A empresa estava em dificuldades financeiras e precisava que o novo modelo fosse um sucesso comercial. O projeto do substituto do Alfa Romeo 164 também estava em andamento, mas não havia recursos suficientes para o desenvolvimento simultâneo dos dois carros. O projeto do Alfa 166 foi então adiado por cerca de um ano, pois esperava-se um volume maior de vendas do 156.

Tentou-se dar ao carro um ar esportivo com referências aos antigos pilotos e aos míticos modelos GT, todos os elementos de estilo que fazem um Alfa Romeo estão presentes: ao mesmo tempo em que tem estilo marcante ainda é sóbrio e tenta evocar a presença de um motor forte e potente. Visto de lado, o carro evoca ao tigre, esguio e pronto para o ataque.

Os dois grandes mostradores de velocidade e rotação do motor, bem como os três mostradores do console central são visíveis quase que exclusivamente pelo motorista, o que acentua a sensação de esportividade. Os bancos podem ter revestimento de veludo ou podem ser Recaro ou Momo em couro.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Alfa Romeo 156 Station wagon

O Alfa Romeo 156 foi lançado em 9 de outubro de 1997 no Salão do Automóvel de Genebra. No ano seguinte recebeu o prêmio de Carro do Ano na Europa. Os motores inicialmente disponíveis eram o 1.6l (121 cv), o 1.8l (144 cv) e o 2.0l (153 cv) e o V6 de 2.5l (190 cv), todos a gasolina, e dois motores a diesel de 4 cilindros (1.9l, 106 cv) e 5 cilindros (2.4l, 137 cv). O câmbio podia ser manual de 5 ou 6 velocidades (no modelo V6), ou automático de 4 velocidades. A versão selespeed, disponível apenas no motor Twin Spark 2.0 oferecia câmbio automático de 5 velocidades com possibilidade de trocas manuais na alavanca de câmbio ou em "borboletas" atrás do volante, com tecnologia desenvolvida pela Ferrari para a Formula 1. As trocas de marcha variam conforme o estilo de direção: a 5000rpm e com pressão sobre o acelerador a 60%, as trocas levam cerca de 0.4 s. Numa condução menos esportiva, as trocas levam cerca de 1.5 s.

Em março de 2000 foi apresentado o Sportwagon, modelo station wagon do 156. Em 2001 foi introduzido o modelo GTA em versões sedan e Crosswagon. Esta versão utiliza o clássico motor V6 de 3.2 litros e 250 cv, com câmbio manual ou automático selespeed, suspensão e direção revisadas, freios redimensionados e uma série de modificações estéticas.

No início de 2002 a linha sofreu uma pequena reestilização. Externamente as alterações foram mínimas (espelhos retrovisores e guarnições dos para-choques passaram a ser pintadas na cor do veículo). Internamente o painel foi alterado, ganhando um visor multi-funções. As maiores mudanças foram mecãnicas: Um novo motor 2.0 com injeção direta com 165 cv substituiu o Twin Spark. Os modelos a diesel também tiveram a potência aumentada. Vários sistemas eletrônicos foram introduzidos: VDC, MSR, etc. Side-bags e também o controle de temperatura independente para motorista e passageiro.

Em junho de 2003 uma reestilização mais profunda foi aplicada a toda a linha. As mudanças foram mais significativas na dianteira, que ganhou nova grade e faróis.

Finalmente em 2004 a família ganhou duas novas versões: Crosswagon e Sportwagon Q4, ambas derivadas da Sportwagon, vinham com tração 4x4 e motor a diesel, e apresentavam apelo "off-road", com suspensão elevada e vários detalhes em plástico fosco.

Desde o início da sua produção até hoje já foram comercializadas mais de 500 mil unidades dos modelos sedan, sedan GTA e SW, o que torna o 156 o maior sucesso comercial da Alfa Romeo em todos os tempos.

Em 2006 o 156 teve sua produção encerrada, sendo substituído pelo Alfa Romeo 159.

Notas

  1. a b c d e f Especificações do 156 (em português) ultimatespecs.com. Página visitada em 5 de julho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]