Arco do Triunfo do Carrossel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arco do Triunfo do Carrossel - Fachada Leste
Napoleão I passando em revista suas tropas diante do Arco do Triunfo do Carrossel em 1810.
Água-forte de Auguste Boulard (fils) após François Flameng (1901).
Um dia de revista sob o Império. Quadro de H. Bellanger e d'A. Dauzats (detalhe)
Projeção sobre o Arco do Triunfo do Carrossel durante a Noite branca de 2007

O Arco do Triunfo do Carrossel (em francês Arc de Triomphe du Carrousel) é um monumento datando de 1809, construído por Napoleão I (Napoleão Bonaparte). Existem entradas sobre cada uma de suas quatro faces. Está situado no 1º arrondissement de Paris, França. Localiza-se na Praça do Carrossel, à oeste do Museu do Louvre.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Edificado em homenagem ao Grande Exército de Napoleão Bonaparte entre 1807 e 1809, o monumento está localizado diante do Louvre, sobre a esplanada que precedia a ala do Palácio das Tulherias (antes que o palácio fosse queimado, em 1871). Celebrando a vitória dos exércitos franceses na Batalha de Austerlitz, o Arco do Triunfo, desenhado por Charles Percier et Pierre-François-Léonard Fontaine, ilustra a campanha de 1805 e a capitulação de Ulm em 1807.

Descrição do Arco[editar | editar código-fonte]

Ele faz explicitamente referência aos Arcos do Triunfo do Império Romano e, notadamente, ao Arco di Settimio Severo em Roma. Os temas dos baixos-relevos ilustrando as batalhas foram escolhidos pelo diretor do Museu Napoleão (situado à época no Palácio do Louvre), Vivant Denon, e desenhados por Charles Meynier.

A quadriga, coroando o arco, é cópia dos Cavalos de Bronze de Constantino I, parelha ornando a parte superior da porta principal da Basílica de São Marcos de Veneza. Com efeito, ao voltar da Primeira Campanha da Itália (1796-1797), o exército francês, comandado pelo general do "Exército da Itália", Napoleão Bonaparte, trouxe de Veneza (1798) o original da escultura como « tesouro de guerra » e a colocou sobre o monumento. Ele foi cercado por duas "vitórias" a partir de 1808. Em 1815, após a Batalha de Waterloo e à queda do imperador Napoleão I, a França entrega a quadriga aos austríacos que logo a devolvem para a cidade dos doges, recentemente anexada ao Império Austríaco pelo Congresso de Viena. A cópia é então executada pelo escultor François Joseph Bosio em 1828.

Pode-se ler no frontispício o seguinte texto em francês :

Fachada Leste :

L'armée française embarquée à Boulogne menaçait l'Angleterre

Une troisième coalition éclate sur le continent

Les Français volent de l'océan au Danube

La Bavière est délivrée, l'armée autrichienne prisonnière à Ulm

Napoléon entre dans Vienne, il triomphe à Austerlitz

En moins de cent jours, la coalition est dissoute

Fachada Sul :

Honneur à la grande armée

Victorieuse à Austerlitz

En Moravie

Le 2 décembre 1805 jour anniversaire

Du couronnement de Napoléon

Fachada Oeste :

A la voix du vainqueur d’Austerlitz

L’empire d’Allemagne tombe

La confédération du Rhin commence

Les royaumes de Bavière et de Westphalie sont créés

Venise est réunie à la couronne de fer

L’Italie entière se range sous les lois de son libérateur

Fachada Norte :

Maître des États de son ennemi

Napoléon les lui rend

Il signe la paix le 27 décembre 1805

Dans la capitale de la Hongrie

Occupée par son armée victorieuse


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arco do Triunfo do Carrossel