Atalaia (arquitetura)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Castelo de Olivença (Duarte d'Armas, 1509): sobre o monte, à esquerda, vê-se uma atalaia.

Atalaia (do árabe "at-talai'a"), em arquitetura militar, é uma torre ou lugar elevado, de onde se vigia o território circundante. Normalmente integra o sistema defensivo de um castelo, sendo distribuídas em lugares estratégicos na área ao redor. Em caso de ameaça, os vigilantes nas atalaias davam avisos ou sinais aos defensores do castelo.

Em Portugal, alguns dos castelos de fins da Idade Média começaram como meras atalaias. Os castelos de Porto de Mós e de Ourém, por exemplo, eram originalmente atalaias destinadas à protecção do Castelo de Leiria.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • João Gouveia Monteiro, Maria Leonor Pontes. Castelos Portugueses - Guias Temáticos. IPPAR (2002). ISBN 9728736096.
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Atalaia também pode fazer referência ao vigilante que ficava nessas construções, sendo usado o termo também em textos bíblicos.