Casimiro Pinto Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Casimiro Pinto Neto (Bauru, 5 de abril de 19142 de dezembro de 1983) foi um radialista brasileiro.

Em 1931 ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, no Largo de São Francisco, onde era conhecido pelo apelido de Bauru, associação à sua terra natal. Tomou parte na Revolução Constitucionalista de 1932, integrando o Batalhão 14 de julho.

Era freqüentador, assim como outros estudantes de direito, do bar Ponto Chic, no Largo do Paiçandu, em São Paulo. Certa vez, em 1934, ditou ao garçom a receita de um novo lanche, composto por pão francês sem miolo, rosbife, rodelas de tomate, e uma mistura de queijos derretidos. Hoje o sanduíche é servido com picles também, mas este não fez parte da receita original. O lanche logo se popularizou e ficou conhecido pelo apelido de Casimiro, uma vez que os demais freqüentadores solicitavam “um lanche igual ao do Bauru”. Nasceu, assim, o famoso sanduíche Bauru.

Embora formado em Direito, nunca exerceu a profissão. Trabalhou nas Emissoras Unidas, destacando-se na área comercial e foi Titular dos cartórios da Vila Maria e do Tucuruvi, ambos em São Paulo - SP.

Referências[editar | editar código-fonte]

Receita do Bauru Original: - Pão francês sem miolo - Uma porção de queijos (a mistura é segredo) derretidos em banho-maria - Fatias de roastbeef - Rodelas de tomate .

Segundo Casimiro, essa receita incluía os elementos básicos de um lanche equilibrado em albumina, proteína e vitamina, conforme havia lido em um livreto de alimentação para crianças, da Secretaria de Educação e Saúde, escrito pelo Ex-prefeito Wladimir de Toledo Pisa,