Constituição dos Atenienses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia

A Constituição dos Atenienses (em grego antigo, Ἀθηναίων πολιτεία, translit. Athēnaion politeia) é o nome de uma obra antiga, atribuída a Aristóteles e seus discípulos, que descreve o regime político de Atenas.

Escrita provavelmente entre 332 a.C. e 322 a.C., só se tornou mais conhecida, ainda que em fragmentos, no final do século XIX, quando foi encontrada, ainda em sua forma original, no Egito. O livro registra as várias formas e alterações constitucionais pelas quais passou a cidade de Atenas, por obra dos seus grandes legisladores, tais como Drácon, Sólon, Pisístrato, Clístenes e Péricles.

A obra também pode ser lida como uma história política da cidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.